Como estar atento às necessidades dos outros

A cada minuto uma pessoa próxima a nós pode estar precisando de ajuda. Mas, como reconhecer os momentos de dificuldades de outras pessoas? Como estar atento ? s necessidades dos outros?

1,625 views   |   5 shares
  • Em meio a tantas tarefas que a vida nos oferece, a que pode ser considerada mais nobre, dentre todas, é a de aliviar as cargas pesadas do nosso próximo. A cada minuto uma pessoa próxima a nós pode estar precisando de ajuda. Alguém pode estar desamparado e desencorajado a seguir adiante com a vida. Sente-se abandonada por Deus, largada aos seus problemas. Independente do problema ou da natureza da dificuldade que a outra pessoa esteja enfrentando, ela está precisando de ajuda. E, talvez, nós sejamos os únicos disponíveis a demonstrar-lhe o amor de Deus, a devolver-lhe esperanças e estender-lhe a mão, e quanto a isso devemos lembrar das seguintes palavras: “Quando você estende sua mão, o mundo enxerga o seu coração”.

  • O problema é que às vezes só vamos tomar conhecimento das necessidades de outras pessoas quando ela já as superou, ou quando o problema foi amplamente dificultado, ou pior, quando não há mais o que se fazer. Então, o sentimento de que não fizemos nada surge, a oportunidade, porém, foi perdida.

  • Mas, como perceber que nosso próximo está precisando de ajuda? Como reconhecer os momentos de dificuldades de outras pessoas? Como estar atento às necessidades dos outros? Se essas têm sido suas dúvidas, você pode estar precisando de ajuda. Fique tranquilo! Eis algumas sugestões que selecionamos pra lhe ajudar:

  • 1. Observe

  • Para saber se alguém precisa de nossa ajuda, precisamos observar. Não apenas olhar, mas observar com atenção. Devemos observar, por exemplo, o comportamento, as expressões do rosto, o modo de falar, etc. Linda K. Burton, Educadora e Especialista em Assuntos familiares, disse que devemos “primeiro observar, depois servir”.

  • 2. Escute

  • Quando alguém está passando por dificuldades é difícil não ouvir as pessoas falarem disso. Às vezes, estamos tão ocupados que não paramos para ouvir sobre os problemas dos outros. Nessas ocasiões, as pessoas estão precisando de ouvidos dispostos a escutarem. Há uma belíssima canção que diz: “Se eu escutar com o coração, eu ouço o Salvador.”

  • 3. Ame

  • A pessoa que passa por grandes dificuldades, seja emocional, financeira, conjugal, entre outras, sente-se abandonada e só. Não se sente amada. Este é o mais belo serviço que podemos oferecer a alguém: o amor genuíno. Tal como o Senhor Jesus Cristo que tem um amor incondicional por cada um de nós.

  • Advertisement
  • 4. Imite

  • Conhecemos um Ser maravilhoso que “amou o mundo de tal maneira, que entregou o Seu Filho (...), para que todos os que acreditem, não pereçam(...)”. Um modo de estar atento às necessidades de alguém é tentar ser o mais parecido possível com Deus e amar nosso próximo, e não se preocupe isso não será considerado plágio!

  • 5. Se importe

  • Às vezes, as pessoas não nos procuram nas horas de aflições por não saber qual será nossa reação, e por temerem que ficarão ainda mais magoadas. Precisamos cultivar, todos os dias, o bom hábito de se importar com os outros. Mostrar que nós os lembramos e afirmar que podem contar conosco.

  • 6. Cumprimente

  • Um simples bom diapode mudar o dia de alguém. Por muitas vezes, ficamos tão atarefados que esquecemos até de ser cortês com nossos familiares, vizinhos, colegas, amigos, etc. Exercer o ato de cumprimentar as pessoas pode ser crucial no ato de ajudar alguém!

  • 7. Sirva

  • A melhor maneira de ajudar alguém é servindo. Ao saber que temos disposição para servir estaremos convidando outros a nos procurarem em momentos conturbados. Além disso, nosso ato de serviço pode ser exemplo para outros.

  • As sugestões são simples, mas sabemos que são “por meio de coisas pequenas e simples que as grandes são realizadas.” Nós podemos ser instrumentos nas mãos de Deus para ajudar nossos semelhantes. Para fazê-los sentirem-se novamente amados e esperançosos. Todos temos essa doce obrigação, pois como nos diz a canção: “Muita coisa no mundo há que fazer Muita coisa que melhorar, abre o teu coração e dedica atenção àquele que precisar! É nobre e belo prestar um favor Servindo ao nosso irmão. Só quem isso procura merece louvor, Só esse terá galardão!”

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Compartilhe o resultado com seus amigos...

Jarleyde Oliveira é graduada pela Universidade Federal Rural de Pernambuco, é professora de crianças e adolescentes - Matemática.

Como estar atento às necessidades dos outros

A cada minuto uma pessoa próxima a nós pode estar precisando de ajuda. Mas, como reconhecer os momentos de dificuldades de outras pessoas? Como estar atento ? s necessidades dos outros?
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr