Mãe percebe manchas pretas nas narinas de seu bebê, então ela encontra o motivo dentro de casa

Este produto está presente na casa de muitas famílias. Cuidado que ele pode ser perigoso para a saúde.

171,317 views   |   1,047 shares
  • Meghan Budden estava fazendo a higiene de seu bebê em seu apartamento em Nova Jersey. Quando limpava o nariz do pequeno, descobriu que havia pequenas manchas pretas nele.

    Mais tarde enquanto o alimentava, notou as mesmas manchas pretas em seu nariz.

    Meghan, intrigada, olhou ao redor e viu sobre a mesa duas velas perfumadas que ela havia acendido na noite anterior. Então, ela juntou as peças. As velas que queimaram por cerca de seis horas durante a noite deveriam estar relacionadas às manchas. Para certificar-se, ela deu uma segunda olhada na embalagem.

    No rótulo, escrito em letras pequenas havia um aviso: não queimar por mais de três horas seguidas. O que acontecera era que as velas começaram a produzir fuligem, uma substância perigosa.

    De acordo com o site Cashins, "Respirar as minúsculas partículas pode causar doença coronária, asma, bronquite e outras doenças respiratórias. O site ainda relata que a exposição às partículas de fuligem chega a causar aproximadamente 20.000 mortes por ano só nos Estados Unidos. Os dados também mostram que a fuligem anualmente provoca quase 300.000 ataques de asma e 2 milhões de dias de trabalho perdidos devido a problemas respiratórios".

    Se Meghan continuasse a utilizar as velas da maneira como fizera, estaria pondo em risco tanto a vida de seu filho quanto a própria. Os especialistas recomendam regularmente cortar o pavio da vela e queimar por apenas algumas horas.

  • Perigos ao se utilizar velas

    Não apenas a utilização de velas pode causar graves acidentes, como queimaduras devido a incêndios a partir de uma vela que se deixa queimando durante a noite. Outros problemas também alertam para o uso consciente de tais materiais. Um estudo feito na Carolina do Sul, Estados Unidos, apurou que velas podem emitir substâncias tão tóxicas e prejudiciais quanto o cigarro. Isso porque a parafina, que é a matéria-prima das velas, é um derivado do petróleo que, ao ser queimada, libera duas substâncias tóxicas: o tolueno e o benzeno, que podem causar asma, eczema, problemas de pele e até câncer.

    Segundo o Daily News, o problema maior é quando as velas são acesas em ambientes pouco ventilados e de maneira contínua, como em Igrejas católicas. Um estudo holandês apurou que o ambiente das igrejas onde se acendem várias velas que queimam continuamente pode haver mais substâncias causadoras de câncer que ao ar livre. O condutor da pesquisa do Daily News Amidi Hamidi informa que acender uma vela de vez em quando e por até 3 horas, não faz mal.

  • Velas perfumadas

    As velas sem aroma já são um problema quando usadas sem moderação. O aroma que se adiciona às velas também emite substâncias que perturbam o sistema endócrino, são os chamados ftalatos - que podem causar problemas de fertilidade e até o câncer. A queima simultânea, ou por longos períodos desse tipo de vela, expõe o organismo ao formaldeído (derivado do formol) e o acetaldeído que são também cancerígenos.

Compartilhe o resultado com seus amigos...

Stael Ferreira Pedrosa é escritora free-lancer, tradutora, desenhista e artesã, ama literatura clássica brasileira e filmes de ficção científica. É mãe de dois filhos que ela considera serem a sua vida.

Website: http://tedandoumaideia.blogspot.com.br/

Mãe percebe manchas pretas nas narinas de seu bebê, então ela encontra o motivo dentro de casa

Este produto está presente na casa de muitas famílias. Cuidado que ele pode ser perigoso para a saúde.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr