Mãe cria polêmica na internet com postagem explicando por que ensina seu filho a não dividir

"Meu filho NÃO é obrigado a dividir com o seu filho."

31,021 views   |   26 shares
  • MY CHILD IS NOT REQUIRED TO SHARE WITH YOURS. As soon as we walked in the park, Carson was approached by at least 6...

    Posted by Alanya Kolberg on Wednesday, April 19, 2017
  • Alanya Kolberg de Springfield, Missouri, recentemente compartilhou uma história no Facebook sobre um dia no parque onde algumas pessoas estranhas pediram para que seu filho compartilhasse seus brinquedos que consistiam de transformers, figuras de minecraft e um caminhão. Ela simplesmente instruiu seu filho a dizer "não" e não compartilhar seus brinquedos. Parece algo cruel e ruim para seu filho Carson, mas será que é mesmo?

  • Em um post no Facebook Alanya revelou detalhes do ocorrido. Segundo ela, Carson levara brinquedos para o parque para compartilhar com uma amiga com quem iria se encontrar mais tarde naquele dia, mas foi abordado por cerca de seis meninos, que exigiam que ele compartilhasse seus brinquedos, constrangendo-o.

  • Quando Carson, preocupado, olhou para sua mãe em busca de ajuda, Alanya percebeu que seu filho estava "visivelmente perturbado" e disse-lhe que simplesmente dissesse "não" e nada mais.

  • Alguns elogiaram esta mãe por seu estilo direto e por ensinar seu filho a estabelecer limites. Outros criticaram sua atitude, dizendo que ela estava sendo "dramática" e que seu filho não aprenderá a "fazer amigos" com essa atitude

  • Para a mãe de Carson aprender a dizer não e "estabelecer limites" é tão importante para o desenvolvimento de uma criança quanto aprender a compartilhar.

  • Advertisement
  • "Apenas diga não"

  • Por essa frase, Alanya diz que recebeu "olhares atravessados" de outros pais. No entanto, ela afirma que independente dos olhares, fato é que dividir alguma coisa não deve ser uma imposição. Ela compara os brinquedos a um sanduíche: "Se eu, uma pessoa adulta, entro no parque comendo um sanduíche, preciso dividi-lo com estranhos? Não!".

  • Além disso, ela pede que os pais considerem "a falta de educação" deles ao exigirem que seu filho, que não queria partilhar, fosse praticamente obrigado a fazê-lo. E compara: se fosse meu sanduíche, será que algum adulto bem-educado iria criar um caso para conseguir um pedaço?

  • O que é pior? Uma criança "visivelmente desconfortável" se recusar a compartilhar seus brinquedos com um grupo de estranhos - ou estes mesmos estranhos exigirem usar os brinquedos de outra pessoa?

  • E continua dizendo "embora conheça muitos adultos que claramente nunca aprenderam a compartilhar, conheço ainda mais pessoas que nunca aprenderam a dizer não e estabelecer limites."

  • Afinal, o que ensinar a nossos filhos? Compartilhar ou não compartilhar?

  • Segundo especialistas, o ser humano é uma das criaturas mais frágeis do planeta, no entanto, devido à nossa habilidade em compartilhar experiências uns com os outros, chegamos a dominar o planeta. E assim sendo, compartilhar é algo que deve ser ensinado?

  • Em um estudo feito por Nadia Chernyak e Tamar Kushnir e publicado na edição de outubro de 2013 da Psychological Science, com crianças pequenas confrontadas em situações em que poderiam ou não demonstrar se compartilhariam ou não, os resultados sugeriram que quando a criança mesmo ainda bem pequena precisa decidir entre compartilhar ou não, por mais que seja difícil para ela, a tendência será da criança compartilhar o que faria o outro feliz ainda que em detrimento da própria felicidade.

  • No entanto, esse princípio que parece natural pode estar sendo deturpado por pais ansiosos em agradar e satisfazer seus filhos. Antes de ensiná-los a partilhar, devemos ensiná-los a não exigir que outros o façam.

  • O caso de Alanya e seu filho mostram bem que pais equivocados sobre o que é partilhar e que direitos seus filhos têm de partilhar do que pertence a outrem, estão criando uma geração que acha que merece tudo o que deseja.

  • Segundo Lisa Sugar, escritora e fundadora do site popsugar não é assim que as coisas funcionam no mundo real. Devemos ensinar nossos filhos a lidar com a decepção, porque ela certamente virá. E não estaremos sempre lá para resolver as coisas para eles. Vamos ensinar-lhes como obter as coisas que querem através da diligência, paciência e trabalho duro.

  • Advertisement

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Clique abaixo para compartilhar

Stael Ferreira Pedrosa é escritora free-lancer, tradutora, desenhista e artesã, ama literatura clássica brasileira e filmes de ficção científica. É mãe de dois filhos que ela considera serem a sua vida.

Website: http://tedandoumaideia.blogspot.com.br/

Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr