O arroz deve ser preparado desta única maneira para evitar o envenenamento. A maioria das pessoas faz errado

A forma que você prepara o arroz está errada e pode estar fazendo MUITO mal a sua saúde!

27,777 views   |   188 shares
  • O arroz pode conter uma substância cancerígena chamada arsênio. Este debate iniciou no Reino Unido porque grande parte do arroz consumido no Reino Unido contém altas quantidades da substância.

  • O arsênio está presente naturalmente no meio ambiente, então pode ser encontrado no solo, na água e no ar. Segundo pesquisas, o arroz tem 10 vezes mais arsênio inorgânico do que outros alimentos.

  • Felizmente, o INCQS (Instituto Nacional de Controle de Qualidade em Saúde), da Fiocruz (Fundação Oswaldo Cruz), testou recentemente 193 amostras de arroz produzido Brasil e todas estavam abaixo do limite de arsênio permitido: 0,3 mg por quilo de alimento, segundo reportagem do BBC.

  • O arroz é um dos alimentos mais consumidos no Brasil, e na maioria das vezes, é consumido diariamente pelas famílias brasileiras, por isso é importante prepará-lo de forma que seja seguro para a saúde.

  • Risco à saúde

  • Dependendo da quantidade exposta, o arsênio está ligado a uma série de risco à saúde, como doenças cardíacas, diabetes, danos ao sistema nervoso e até cânceres.

  • Cuidado ao preparar o arroz

  • O arroz pode conter toxinas industriais e pesticidas além do arsênio, e isso pode afetar sua saúde. Por isso que o modo de preparo do arroz é muito importante porque ele pode diminuir os níveis das toxinas e principalmente do arsênio.

  • A forma mais comum de preparo do arroz é utilizar o dobro de água para a quantidade de arroz, por exemplo, se você está fazendo um copo de arroz, você acrescenta 2 copos de água. Mas segundo pesquisas, esse modo de preparo não é o ideal.

  • Qual é a maneira correta?

  • Andy Meharg, um especialista da Universidade Queen em Belfast, na Irlanda, fez testes com o arroz para descobrir qual é a melhor forma de prepará-lo a fim de diminuir as substâncias tóxicas.

    • O primeiro teste foi com o método mais convencional, 2 copos de água para um de arroz.

    • No segundo teste, ele usou 5 copos de água para um de arroz.

    • No terceiro teste, ele deixou o arroz de molho durante a noite.

  • Advertisement
  • No segundo teste, os níveis de arsênio foram reduzidos pela metade. Já no terceiro método, os níveis da toxina foram reduzidos em 80%.

  • Então, na próxima vez que você fizer arroz, deixe o arroz de molho por algumas horas ou escolha aumentar a quantidade de água.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Compartilhe com seus amigos e familiares..

Rachel De Castro é esposa, escritora e gerente do Familia.com.br, com formação em ciência política. Acredita que o mundo já tem críticos demais por isso decidiu motivar e inspirar pessoas. Para contatá-la, visite seu website.

Website: http://instagram.com/racheldecastro

O arroz deve ser preparado desta única maneira para evitar o envenenamento. A maioria das pessoas faz errado

A forma que você prepara o arroz está errada e pode estar fazendo MUITO mal a sua saúde!
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr