Policial teve seu jantar pago por um anônimo. Ao tentar rastreá-lo, ele fica espantado com o que descobre sobre seu passado

Ter descoberto quem fez isso já foi surpreendente. Mas quando o passado da pessoa foi revelado, tudo fez sentido.
  • Nos Estados Unidos é comum ver os civis pagando, de vez em quando, uma refeição para os policiais. Esse hábito americano talvez não fosse a única razão para que o oficial Joseph Quinn tivesse sua refeição paga naquela noite.

  • No último dia 21, ele fez uma parada na pizzaria Villa Borghese, em Helmetta, Nova Jersey, para pegar alimento para levar. E quando foi pagar a conta, descobriu que alguém que não queria se identificar já havia pago para ele.

  • A investigação

  • Então, ele voltou para o trabalho e, curioso para descobrir quem foi o anônimo que tinha praticado aquele ato de bondade, fez algumas investigações. Finalmente descobriu o nome: Mikayla Raji, uma menina de apenas 8 anos.

  • Enquanto o oficial Quinn aguardava o seu pedido ficar pronto naquela noite, ele puxou conversa com a pequena Mikayla. "Ela tinha uma jaqueta esportiva e eu perguntei se era de futebol ou de softball e ela disse que era softball", disse ele à Fox 29. Depois de conversar por alguns minutos, ele saiu andando enquanto ainda aguardava seu pedido.

  • Então a menina virou para a sua mãe, Mimi Raja, e fez um pedido inesperado. Aproximou-se e perguntou-lhe, baixinho, se elas poderiam pagar a refeição do policial. Foi então que o dono da pizzaria comunicou-lhe que sua conta já havia sido paga por um anônimo.

  • Uma revelação surpreendente

  • Enquanto tentava rastrear Mikayla, o policial fez uma descoberta impressionante: a mãe de Mikayla e seu pai, Tommy, eram agentes de polícia de Perth Amboy, mas ele foi morto tragicamente em serviço, quase nove anos atrás. Sua mãe estava grávida de Mikayla quando isso aconteceu. Então, ela nunca chegou a conhecer o seu pai.

  • Na semana seguinte, o policial fez questão de encontrá-la para agradecer por aquele gesto tão generoso. A menina disse ao Fox 29 que quis fazer isso pelo policial "porque ele merece respeito e bondade". E "isso me faz lembrar um pouco do meu pai e como ele era um policial".

  • Advertisement
  • O oficial chamou-a de "espírito bom" e disse: "Obviamente, ao ir lá naquele dia os nossos caminhos se cruzaram, e eu e Mikayla teremos uma amizade de longa duração".

  • Os frutos da generosidade

  • Devido ao coração enorme de Mikayla, e por ser órfã de um policial que morreu trabalhando, os membros do Departamento de Polícia de Jamesburg decidiram criar uma página no GoFundMe para angariar fundos para pagar os estudos da menina. Eles conseguiram arrecadar cerca de 13,5 mil Dólares até agora.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Compartilhe o resultado com seus amigos...

Erika Strassburger mora no Rio Grande do Sul, tem bacharelado em Administração de Empresas, escreve e traduz artigos para o site Família, é cristã SUD, pintora amadora de telas a óleo e mãe de três lindos guris, o mais velho com Síndrome de Down.

Website: http://erikastrassburger.blogspot.com.br/

Policial teve seu jantar pago por um anônimo. Ao tentar rastreá-lo, ele fica espantado com o que descobre sobre seu passado

Ter descoberto quem fez isso já foi surpreendente. Mas quando o passado da pessoa foi revelado, tudo fez sentido.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr