Menina de 3 anos quase morre afogada ao cair em máquina de lavar; a mãe explica o que aconteceu

Acidentes domésticos são a principal causa de morte de crianças até 9 anos. Leia aqui 5 maneiras de proteger as crianças.

3,302 views   |   6 shares
  • Criança de 3 anos quase se afoga ao cair em máquina de lavar http://www.portaldosdistritos.com.br/crianca-de-3-anos-quase-se-afoga-ao-cair-em-maquina-de-lavar/

    Posted by Portal dos distritos on Wednesday, May 17, 2017
  • Nesta terça-feira, dia 16, Kezia Rocha Ramos, da cidade de Brejetuba, Espírito Santo, preparava o almoço quando percebeu que sua filha Isabelli, de 3 anos, havia subido em uma cadeira e caído dentro da máquina de lavar roupa.

  • Aos 8 meses de gestação, Kezia tentou puxar a filha pelas pernas de dentro da máquina, mas devido à sua condição e ao peso da menina ela não conseguiu imediatamente. Quando conseguiu, desesperada, Kezia fez massagem cardíaca na filha que apenas cuspiu um pouco de água, mas não reagiu, fazendo com que sua mãe ainda mais aflita gritasse por socorro, segundo o G1.

  • Os pais conseguiram levá-la a um hospital em Vitória, cerca de duas horas de distância, onde Isabelli chegou em estado grave. Mas, felizmente, está bem e se recuperando. O pai disse ao Extra que "Cheguei a pensar que havia perdido minha filha, mas Deus existe."

  • A história de Isabelli, infelizmente, não é uma exceção. Segundo o Ministério da Saúde, acidentes domésticos ainda são a principal causa de morte de crianças até 9 anos, seguidos pelos acidentes de trânsito. Embora os dados sejam de 2014, não houve grandes mudanças até a atualidade. Sufocamentos e afogamentos, intoxicação, engasgos, queimaduras e traumas são as principais causas.

  • Advertisement
  • Os acidentes domésticos e como prevenir

  • 1. Sufocamento e afogamentos

  • A idade da criança é inversamente proporcional ao risco. Quanto mais jovem, maior o risco. Bebês e crianças pequenas podem se afogar em pouca quantidade de água como um balde, o vaso sanitário, a banheirinha e até a máquina de lavar como foi o caso de Isabelli.

  • Para evitar, as crianças jamais devem estar perto de água, ainda que pouca, sem a supervisão de um adulto. Se houver piscinas ou tanques em casa, esses devem estar inacessíveis às crianças, mesmo que elas saibam nadar. Nunca deixe baldes com água, máquina destampada ou banheiros abertos quando os pequenos começam a se movimentar pela casa e até por volta dos 6 anos. No caso de piscinas, cisternas, poços, etc., nem mesmo os adolescentes devem estar acerca sem supervisão. Não é seguro deixar crianças brincarem com sacolas plásticas ou ter objetivos potencialmente sufocantes no berço ou ao alcance dos pequenos.

  • 2. Intoxicação

  • Medicamentos, inseticidas, pesticidas, álcool, produtos de limpeza e até alimentos também são causa de grande índice de mortalidade acidental infantil. Em caso de intoxicação, ingestão de medicamentos e outras substâncias, leve a criança imediatamente para atendimento médico de emergência, levando, se possível, a embalagem do produto. Produtos químicos e medicamentos devem ser guardados trancados à chave e fora de alcance das crianças.

  • 3. Engasgos

  • O engasgo pode se dar ao amamentar ou ingerir alimentos impróprios para a idade e brinquedos que tenham partes pequenas que possam ser engolidas. Para evitar, amamente a criança com a cabeça um pouco levantada e faça-a arrotar antes de deitá-la. Não dê alimentos impróprios, duros demais (peles torradas, coco, balas, pirulitos, etc.) e nem as deixe brincar com objetos pequenos como moedas e botões. Compre brinquedos de acordo com a idade e com o selo do Inmetro.

  • 4. Queimaduras

  • Um dos acidentes mais comuns geralmente são devidos a panelas e outros utensílios com líquidos ou óleo quente que a criança puxa para si. Também com superfícies aquecidas ao alcance da criança como ferros de passar, chapas, churrasqueiras, tampa do forno, etc. Deve-se evitar o acesso da criança à cozinha ou áreas de churrasco, serviço, etc. Deve-se ter cuidado também com álcool e combustíveis em geral e fogos de artifício.

  • 5. Traumas

  • Quedas de lugares altos, janelas, escadas, locais escorregadios, choques, etc. São muitas as maneiras em que uma criança pode se ferir gravemente. É dever dos pais fornecer um ambiente seguro para as crianças, usando proteção para escadas, grades nas janelas, objetos que possam servir de "escada" para a criança escalar móveis, proteção para tomadas e quinas de móveis. Além disso, é bom evitar guardar objetos pesados ou pontiagudos em local alto de onde possam cair e ferir a criança como ferros de passar e objetos cortantes.

  • Advertisement
  • Quando se trata da segurança dos pequenos todo cuidado é pouco. Como diz o ditado: Melhor prevenir que remediar.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Compartilhe com seus amigos!

Stael Ferreira Pedrosa é escritora free-lancer, tradutora, desenhista e artesã, ama literatura clássica brasileira e filmes de ficção científica. É mãe de dois filhos que ela considera serem a sua vida.

Website: http://tedandoumaideia.blogspot.com.br/

Menina de 3 anos quase morre afogada ao cair em máquina de lavar; a mãe explica o que aconteceu

Acidentes domésticos são a principal causa de morte de crianças até 9 anos. Leia aqui 5 maneiras de proteger as crianças.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr