Mãe percebe que sua bebê parece uma boneca por causa de um detalhe genético intrigante

O médico disse a esta mãe que seu bebê nasceria um pouco “diferente”, mas o que ela viu após dar à luz deixou-a chocada

221,456 views   |   196 shares
  • Devina, um bebê de poucos dias está fazendo sucesso no mundo todo. Suas imagens viralizaram e estão deixando os internautas atordoados por seu detalhe incomum. Muitos pensam que as fotos foram alteradas no photoshop, mas não, elas são 100% autênticas!

  • Jessica Smith, do estado do Mississipi (Estados Unidos), deu à luz seu quarto bebê a quem deu o nome de Devina, no dia 1º de maio de 2017, nada de anormal até que um detalhe chamou a atenção e fez com que toda a enfermagem corresse para vê-la.

  • Devina nasceu com bastante cabelo e o mais interessante é que seus cabelos são completamente brancos como neve.

  • "Eu não sabia até ela nascer", afirmou Jessica ao site Little Things. "O médico me disse durante o parto, que ela tinha bastante cabelo, mas foi um choque quando eu a vi pela primeira vez. Tinha mesmo muito cabelo; foi louco."

  • Imediatamente seus pais a compararam à personagem Daenerys, uma princesa de Games of Thrones que tem os cabelos completamente brancos - o que, segundo eles, o fato de sua filha ter o mesmo look que a personagem fictícia, dá um toque "mágico" à aparência de Devina. Além disso, algumas pessoas a comparam a uma boneca por ser muito pequena e ter os cabelos brancos.

  • Albina? Por que Devina nasceu assim?

  • Segundo os médicos, Devina tem albinismo parcial - uma deficiência congênita em que a pessoa não tem (ou tem pouca) pigmentação na pele, pelos e olhos. Por isso Devina terá que ter seus olhos monitorados enquanto ela cresce - já que seus olhos têm pouco pigmento - o que acaba por causar dificuldades visuais e intolerância à luz. No entanto, o bebê é saudável.

  • O que determina a cor dos olhos, cabelos e pele dos seres humanos?

  • O cientista norte-americano Charles Benedict Davenport (1866-1944) concluiu em suas pesquisas que a cor da pele na espécie humana é resultante da ação de dois pares de genes (AaBb), em 50/50, sem dominância, ou seja, metade da cor materna e metade da cor paterna. Dessa forma, A e B determinam a produção da mesma quantidade do pigmento melanina e possuem efeito aditivo. É por isso que o filho de uma pessoa negra e de uma branca é meio-termo entre as duas cores, o chamado mulato ou pardo. Já o mesmo não acontece quando se trata dos olhos e dos cabelos.

  • Advertisement
  • A cor dos olhos, assim como dos cabelos é uma característica cuja herança é poligênica, ou seja, não há influência apenas dos olhos e cabelos dos pais, mas de vários genes. Esses genes produzem proteínas que vão alterar a proporção de melanina na íris e no bulbo capilar. Por isso é comum em uma família onde pai e mãe têm olhos castanhos (dominantes) nascer um bebê com olhos verdes ou hazel (folha seca), porque tinha uma avó italiana, um avô português ou mesmo um bisavô alemão. Da mesma forma nasce um bebê ruivo de pais com cabelos castanhos, porque um ancestral tinha cabelos louros e olhos azuis. Outros genes produzem manchas, raios, anéis e padrões de difusão dos pigmentos, causando assim toda a beleza da diversidade humana.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Compartilhe com seus amigos e familiares..

Stael Ferreira Pedrosa é escritora free-lancer, tradutora, desenhista e artesã, ama literatura clássica brasileira e filmes de ficção científica. É mãe de dois filhos que ela considera serem a sua vida.

Website: http://tedandoumaideia.blogspot.com.br/

Mãe percebe que sua bebê parece uma boneca por causa de um detalhe genético intrigante

O médico disse a esta mãe que seu bebê nasceria um pouco “diferente”, mas o que ela viu após dar à luz deixou-a chocada
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr