David Beckham troca um selinho com a filha caçula e recebe muitas críticas

Especialistas explicam se essa atitude faz mal ou não para os filhos.

6,062 views   |   4 shares
  • Em uma viagem com a família à África, o ex-jogador do Manchester United, David Beckham, fez questão de publicar, entre as fotos dos locais visitados, uma em que trocava um beijinho nos lábios com sua filha caçula, Harper, de cinco anos.

  • Kiss for Daddy ❤️

    A post shared by David Beckham (@davidbeckham) on

  • A legenda da foto publicada no Instagram diz "Beijo para o papai". Ao publicá-la, ele percebeu que uma simples imagem retratando o amor entre pai e filha pode, na visão de alguns, ser interpretada como muito mais do que isso.

  • Advertisement
  • Segundo matéria publicada na Elle, "agora ele está na mira dos usuários das redes sociais" por conta de seu comportamento com a filha, muitos achando o beijo "estranho" e "errado". Um ano antes, sua mulher, Victoria Beckham, também havia publicado uma foto dando um selinho na filha, e causou a maior repercussão na internet. (clique aqui para ler).

  • Veja como reagiram alguns internautas

  • "Nos lábios??? O que está acontecendo com o mundo?"

  • "Vocês são doentes por defenderem isso. A verdade virá... isso pode ter sido aceitável na década 90, mas os tempos mudaram e não vamos mais permitir isso. A inocência das crianças deve ser preservada."

  • "Repugnante, seu pervertido."

  • "REPUGNANTE! Que homem doente beija uma garotinha? Esta pobre menina, que aguenta isso, nunca poderá ter um relacionamento com um homem, apenas verá exploração".

  • "Foto horrível!"

  • "Isso é errado, especialmente entre pai e filha."

  • "Não tenho certeza quanto a esta foto."

  • "Não dê ouvidos a pessoas que dizem coisas desagradáveis e palavras odiosas. Mantenha o amor entre todos os seus filhos, é lindo de ver."

  • "O que há de errado com as pessoas? Vocês não têm nenhum relacionamento de amor puro na sua vida?"

  • "Quem enxerga algo doentio na foto é o mais doente."

  • "Absolutamente adorável!"

  • "Adoro ver vocês, pai e filha, compartilhando seu amor."

  • "Puro amor entre pai e filha!"

  • "Tenho 28 anos e ainda beijo meus pais e avós nos lábios."

  • De cada comentário negativo, dezenas de outros foram postados em defesa da demonstração de afeto entre pai e filha. E David parece não se abalar, tampouco se arrepende por demonstrar amor por seus filhos de forma tão afetuosa, tanto que manteve sua foto no Instagram. A imagem recebeu mais de 1,8 milhões de curtidas.

  • O que dizem os especialistas

  • Há divisão de opiniões também entre os especialistas. Veja o que é dito contra e a favor desse hábito:

  • A favor

    • Um selinho com os lábios cerrados é apenas uma demonstração inocente de afeto

    • Cria proximidade entre pais e filhos

    • Torna a criança uma pessoa mais afetuosa no futuro, sendo mais capaz de receber e demonstrar amor, principalmente a seu cônjuge e filhos, de acordo com a PhD em psicologia, Samantha Rodman

  • Advertisement
  • A psicóloga Olga Tessani disse ao Delas iG: "Muitos enxergam o selinho com uma conotação de estimulação sexual, mas se trata apenas de um hábito pouco usual socialmente, sem conotação nenhuma. A malícia e o preconceito estão nos olhos de quem o vê fora de seu contexto familiar."

  • "É fundamental não transformar o selinho em um hábito, uma forma frequente de carinho, mas uma bitoquinha em um momento de brincadeira não tem nenhum problema", disse a psicóloga Ana Cássia Maturano ao G1.

  • O psiquiatra Fábio Barbirato não vê nada de mal nos selinhos. Ele disse a O Globo: "Não existem estudos que mostrem que os pais beijarem a boca dos filhos cause algum prejuízo. É uma coisa singela, pura. O beijo na boca se torna sexualizado quando tem o desejo sexual.

  • Contra

    • É uma prática de conotação sexual

    • Pode induzir a criança a beijar outras pessoas fora do círculo familiar

    • Pode transmitir doenças

  • A psicóloga Patrícia Gugliotta, mestre em saúde mental pela Universidade da Unicamp, disse ao G1, "Eu não sou a favor desse contato. Não que haja sexualidade, mas a criança nem sempre consegue entender até onde ela pode ir". Ela ressalta que há várias outras maneiras de se demonstrar afeto.

  • A psicóloga americana, Charlotte Reznick, é mais radical: "Quando uma criança chega a 5 ou 6 anos, e começa a ter consciência sexual, o beijo nos lábios pode ser estimulante para ela", ela disse a O Globo.

  • Advertisement
  • Você acha natural ou inapropriado pais e filhos trocarem selinhos?

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Compartilhe agora...

Erika Strassburger mora no Rio Grande do Sul, tem bacharelado em Administração de Empresas, escreve e traduz artigos para o site Família, é cristã SUD, pintora amadora de telas a óleo e mãe de três lindos guris, o mais velho com Síndrome de Down.

Website: http://erikastrassburger.blogspot.com.br/

David Beckham troca um selinho com a filha caçula e recebe muitas críticas

Especialistas explicam se essa atitude faz mal ou não para os filhos.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr