É isso que acontece com seu cérebro quando você sofre uma desilusão amorosa

Especialista em neurologia explica exatamente o que ocorre com o cérebro quando sofremos uma desilusão amorosa e dá dicas de como superá-la.

7,006 views   |   8 shares
  • Segundo o especialista em neurologia comportamental da Universidade de Iowa nos Estados Unidos, Antoine Bechara, nosso cérebro é o órgão responsável por comandar todos os sentimentos e as emoções. Ainda que o coração dispare quando nos aproximamos de um ex-amor, nosso cérebro é o grande vilão de tal sentimento.

  • O médico explica que o "efeito de um fora" é tão alarmante que podemos ficar mais apaixonados e, isso ocorre porque, quando nos privamos de alguma coisa, ou quando nos tiram algo, nosso corpo passa a sentir mais necessidade de ter aquilo.

  • Um exemplo disso está na sede, fome e amor, o cérebro se sobrepõe porque são circuitos similares. O paladar possui quatro sabores primários, no entanto, sabemos que há infinitos sabores e tudo depende da maneira com que são combinados, o mesmo irá suceder com as emoções.

  • Observe o que especialista Antoine Bechara ensina sobre o que realmente acontece com nosso cérebro quando sofremos uma desilusão amorosa:

  • Existem dois sistemas cerebrais, de acordo com o neurologista, o primeiro é direcionado pela amígdala e córtex-pré-frontal, esses são responsáveis por algumas emoções e sensações que sentimos.

  • Amígdala

  • A amígdala é responsável por produzir rapidamente sensações com respostas automáticas, como por exemplo a sensação do frio na barriga. Quando isso ocorre é uma forma de alertá-lo de alguma ameaça, ou seja, o "ex está se aproximando".

  • Córtex pré-frontal

  • O córtex pré-frontal está ligado ao processo de tomada de decisões, como também remete às lembranças do seu ex.

  • Toda vez que você retoma essas lembranças, elas provocam as mesmas sensações e emoções, ainda que já tenha se passado muito tempo e vocês estejam a um oceano de distância, essas emoções retornam com a mesma proporção e intensidade de antes.

  • Conflito

  • O grande sofrimento ocorre porque você deseja esquecer, mas, infelizmente, essas lembranças provocam dor e desconforto, isso faz com que surjam conflitos no cérebro, pois os circuitos cerebrais continuam ativos alimentando esse amor.

  • Advertisement
  • Entretanto, a necessidade de superar e seguir em frente também pesa nessa "balança". Um acaba sempre superando o outro, mas, isso depende do que você escolhe pesar a mais na "balança".

  • Como superar?

  • Para o neurologista, o coração sempre irá tomar as melhores decisões. Nem sempre racionalizar tudo irá resolver os problemas, mas, se o coração não colaborar, é melhor então racionalizar, porque ao menos é possível livrar-se do problema.

  • Foque no negativo

  • Se você deseja esquecer, ative seu cérebro nos momentos ruins que vocês tiveram juntos; se você centrar sua mente nos momentos felizes, você não irá esquecer o ex, mas, quanto mais fortes forem as lembranças ruins, mesmo que isso possa machucá-lo, mais rápido será o esquecimento.

  • Ocupe sua mente

  • Uma mente vazia buscará o que não deve, se você quer mesmo esquecer, ocupe-se de boas coisas, comece um novo hobby, faça um curso, aprenda um novo idioma, pois quanto mais ocupado estiver, mais rápido será o processo de esquecimento.

  • Mantenha-se longe

  • Evite lugares onde vocês sempre estiveram e não mantenha contato. "A distância e não o tempo", pode ser uma grande aliada nessa situação, porque você não está vendo a pessoa, pois é mais difícil esquecer alguém que se vê constantemente. Não esqueça de que o amor é como um vício, precisamos nos manter longe, pois poderá haver recaídas; se desejamos realmente esquecer, manteremos distância.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Compartilhe com seus amigos!

Roberta Preto, 33. Formada como tradutora e intérprete, escritora, mãe. Apaixonada pela vida, em uma eterna busca por conhecimento. Espero que minhas palavras possam ser uma luz na vida das pessoas. Sonho em ajudar a humanidade a tornar-se livre da escravidão da ignorância.

É isso que acontece com seu cérebro quando você sofre uma desilusão amorosa

Especialista em neurologia explica exatamente o que ocorre com o cérebro quando sofremos uma desilusão amorosa e dá dicas de como superá-la.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr