Estar acima do peso durante a gravidez aumenta o risco do bebê ter malformação

O estudo foi realizado na Suécia com mais de 1,2 milhões de nascidos vivos entre 2001 e 2014.

2,244 views   |   4 shares
  • Estar acima do peso nunca é saudável, especialmente na gravidez. Um estudo da revista médica BMJ e publicado no Huffpost Brasil, mostrou que os bebês nascidos de mulheres com excesso de peso ou obesidade estão em maior risco de malformações congênitas, como defeitos cardíacos, malformações do sistema nervoso e membros defeituosos.

  • A gravidez já é naturalmente um período de mudanças e que pode acarretar problemas tanto para a mãe quanto o bebê. Tais como aumento do volume sanguíneo, risco de embolia, além de hipertensão e diabetes gestacional e pré-eclâmpsia. Riscos que o excesso de peso só vem aumentar.

  • O estudo foi realizado na Suécia com mais de 1,2 milhões de nascidos vivos entre 2001 e 2014, e de acordo com a pesquisadora Martina Persson, os riscos já começam a partir do sobrepeso, ou seja, quando a massa corporal está entre 25 a 29, o risco do feto sofrer má-formação, se situa em 5% contra 37% nas mulheres gravemente obesas, ou seja, com o IMC igual a 40 ou superior. O dado alarmante é que aproximadamente metade das mulheres nos EUA que engravidaram são obesas ou têm excesso de peso.

  • Segundo Yara Daros, psicóloga e estudiosa de métodos de emagrecimento, a obesidade durante a gestação também está associada ao maior índice de mortalidade dos recém-nascidos, principalmente no período perinatal, além do nascimento de crianças com defeito no tubo neural, estrutura que dá origem ao cérebro e à medula. A média de peso dos bebês também é maior que o normal, o que pode provocar riscos obstétricos durante o parto, contribuindo para a maior taxa de cesáreas.

  • Melhor prevenir que remediar

  • Embora o conselho de não engravidar acima do peso seja constante por parte dos profissionais de saúde, muitas mulheres no Brasil também engravidam nessa condição. O estudo vem prover a médicos e profissionais do pré-natal de maiores meios de convencimento das mulheres da necessidade de não apenas estar no peso normal como a manter um peso saudável durante a gravidez. Os riscos são significativos demais para serem ignorados.

  • Advertisement
  • Lucy Sullivan, diretora da entidade sem fins lucrativos 1000 dias, afirma que para uma gravidez e bebês saudáveis, é necessário garantir às mulheres um peso normal, uma dieta nutritiva e acesso a um atendimento pré-natal de boa qualidade.

  • Geralmente as grávidas são submetidas à pesagem durante o pré-natal e assim é possível fazer-se um controle do ganho de peso. Caso alguma grávida esteja em dúvida, cheque a calculadora de ganho de peso na gestação aqui.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Leia o artigo, viva os ensinamentos e compartilhe!

Stael Ferreira Pedrosa é escritora free-lancer, tradutora, desenhista e artesã, ama literatura clássica brasileira e filmes de ficção científica. É mãe de dois filhos que ela considera serem a sua vida.

Website: http://tedandoumaideia.blogspot.com.br/

Estar acima do peso durante a gravidez aumenta o risco do bebê ter malformação

O estudo foi realizado na Suécia com mais de 1,2 milhões de nascidos vivos entre 2001 e 2014.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr