Como preparar uma boa marmita

Opção para quem quer economizar nas refeições e ainda garantir uma comida de qualidade.

614 views   |   2 shares
  • Com o preço das refeições em restaurantes nas alturas, muitas pessoas têm voltado para a boa e velha marmita quando o assunto é refeição e almoço fora de casa. Mas a dúvida sobre como preparar uma marmita que seja adequada, saudável e ao mesmo tempo prazerosa e gostosa continua desde muito tempo atrás.

  • Alguns alimentos simplesmente não combinam com a marmita, eles mudam de textura e até de sabor quando são reaquecidos, causando horror em quem conta com eles na hora da fome.

  • Já outros parece que foram recém-cozidos e têm a mesma aparência e sabor do momento em que ficaram prontos.

  • Preparar uma boa marmita é coisa para poucos. Na verdade era, porque agora sua próxima marmita poderá ser deliciosa se seguir estas dicas:

  • Primeiramente, toda marmita precisa ser acondicionada em um local. O melhor deles é o pote de vidro, que não interfere no sabor dos alimentos, além de ser simples de higienizar. No entanto, o peso que os potes de vidro têm e o risco de quebrarem no meio do caminho faz com que muitas pessoas optem por potes de plástico. Se esta for sua opção, na hora de aquecer os alimentos no micro-ondas transfira tudo para um prato, evitando assim que seja liberado para seu alimento produtos tóxicos da composição do pote.

  • Se você tem o hábito de levar saladas, deixe-as acondicionadas em outro pote separado da comida que será aquecida. Importante também que ela não deve estar temperada, coloque as folhas e legumes secos evitando assim que estraguem até a hora do consumo.

  • Frituras não são uma boa ideia para colocar na marmita, elas mudam de sabor e perdem toda sua textura crocante. Prefira alimentos assados que permanecem firmes e saborosos mesmo após algumas horas.

  • Alguns alimentos aceitam muito bem o reaquecimento e por este motivo podem fazer parte da sua marmita: arroz, feijão, macarrão (com pouco molho), grelhados e legumes cozidos.

  • Outro cuidado importante é o tempo que sua marmita vai ficar fora de refrigeração. O tempo máximo que isso pode acontecer é de até três horas, depois deste tempo ela já pode estar contaminada e, se consumida, causar algum problema digestivo.

  • Ovos e marmita não combinam. Eles estragam facilmente. Sendo assim, é melhor evitá-los para evitar um risco desnecessário.

  • Você pode comer muito bem levando marmita, basta prepará-la com o cuidado necessário.

  • Advertisement

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Leia o artigo, viva os ensinamentos e compartilhe!

Renata Finholdt é formada na área de Recursos Humanos com enfâse em treinamentos.

Como preparar uma boa marmita

Opção para quem quer economizar nas refeições e ainda garantir uma comida de qualidade.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr