Assumindo a responsabilidade pelo bem-estar físico, emocional e espiritual de nossa família

É nossa responsabilidade como pais cuidar das necessidades de nossa família. É um dever sagrado que Deus nos deu e do qual prestaremos contas a Ele.

1,919 views   |   2 shares
  • Um rei que viveu aqui nas Américas cerca de 130 anos antes de Cristo ensinou a seu povo:

  • “E não permitireis que vossos filhos andem famintos ou desnudos; nem permitireis que transgridam as leis de Deus e briguem e disputem entre si.”(Discurso do Rei Benjamim, como relatado no Livro de Mosias)

  • Embora, já tenham se passado mais de dois mil anos, o ensinamento é válido em nossos dias.

  • É nosso dever cuidar de nossas famílias, vesti-los, alimentá-los, educá-los moralmente para o convívio social e ensinar-lhes as verdades de nossa religião.

  • Bem-estar físico

  • Toda a família deve ter boa saúde, e é esperado que os pais cuidem e ensinem os filhos a cuidarem de si através de hábitos saudáveis de higiene corporal, cuidados com os dentes, alimentação saudável e em quantidade adequada, exercícios físicos e o distanciamento de substâncias nocivas como álcool, drogas, tabaco e outros.

  • Também devemos cuidar para que andem arrumados, vestidos o melhor possível dentro de nossas condições financeiras. Que tenham um lar adequado, onde possam desfrutar do convívio familiar de maneira saudável, que atenda às suas necessidades higiênicas, nutricionais, de salubridade, aprendizado e descanso. Devemos com pais:

    • Cuidar da saúde das crianças através da vacinação, cuidados médicos e odontológicos.

    • Evitar que abusem de açúcar e sódio (refrigerante e salgadinhos de pacote, por exemplo)

    • Incentivá-los a brincarem ao ar livre e a praticarem exercícios físicos.

    • Oferecer sempre água, frutas e verduras.

  • Bem-estar emocional

  • Uma criança que brinca é uma criança feliz. Devemos dar a nossos filhos oportunidades de lazer, diversão, convívio com outras crianças, convívio familiar em um ambiente onde se sintam amados, aceitos, apoiados, bem-vindos, guiados, amparados e educados por pais bondosos e que dão exemplo. Um lar onde não haja contendas constantes nem abuso físico ou emocional. Todos sabem que brigas e desentendimentos acontecem, mas essas devem ser evitadas. Se acontecerem, devem ser apaziguadas, e os limites relembrados, sem violência e sem gritos. O tom de voz no lar deve ser suave e caloroso, embora muitas vezes deva ser firme.

  • As crianças têm direito à assistência médica, dentária e psicológica em caso de necessidade. Bem como seu cônjuge. Esse não deve se sentir sobrecarregado ou que tem toda a responsabilidade com o bem-estar da família. Pai e mãe, marido e mulher, embora com funções distintas, são responsáveis pelo bem-estar dos filhos e de cuidar de si mesmos e um do outro. Ombros amigos, ouvidos atentos, abraços, beijos ajudam muito no bem-estar emocional de todos. Se tivermos que pecar com relação ao amor, que seja no excesso e não na falta.

  • Advertisement
    • Abrace e beije seus filhos sempre.

    • Diga-lhes que os ama e que foram muito desejados.

    • Cuide para que saibam evitar abusos e que confiem em vocês para contar caso aconteça.

    • Ajude-os a elevar sua autoestima.

    • Cuide para que tenham a melhor educação escolar que possam proporcionar.

    • Cuide de seu cônjuge devotadamente. Ele é o companheiro da sua vida. Faça-o feliz em tudo que for possível.

  • Bem-estar espiritual

  • Desde os primórdios, a humanidade sente a necessidade de buscar algo além de si mesma, além deste mundo material. Todas as culturas do mundo buscam uma divindade. É, pois, uma das necessidades humanas o contato com o divino.

  • Devemos ajudar nossa família a viver experiências de contato com O Superior. De acordo com nossas crenças, devemos ensinar nossos filhos a evitarem o materialismo, a busca desenfreada por prazeres e gratificações, ensiná-los a buscar o bem e a evitar o mal do mundo. É nosso dever também ensinar o amor, o respeito e o serviço ao próximo.

  • Realizar conselhos de família pelo menos uma vez

  • por semana para ensino religioso, resolver problemas, definir a agenda da família, planejar e fazer passeios e outras atividades divertidas, traçar metas.

  • Estudar juntos as escrituras sagradas da família

  • todos os dias por pelo menos meia hora. As crianças pequenas terão dificuldade em ficar quietas, mas tenha certeza, elas estão aprendendo. Isso pode ser feito pela manhã ou antes de dormirem.

  • Orem juntos

  • uns pelos outros diariamente. Dê a cada um a oportunidade de oferecer a oração, mesmo as crianças menores.

  • Criem o hábito de orar

  • para agradecer pelo alimento antes das refeições.

  • Frequentem seu local de adoração

  • e busquem viver os ensinamentos nos quais creem.

  • Criem projetos de serviço ou de caridade para sua família fazer juntos

  • Ensine seus filhos a respeitar as pessoas, principalmente a serem bons com os idosos, ceder lugares a eles, ceder a vez, ajudar em toda situação. Ser gentis com os colegas da escola, ajudar os solitários a se sentirem bem-vindos e aproveitar toda oportunidade de servir.

  • Ensinar claramente princípios e valores. Dar limites

  • O líder religioso Quentin L. Cook aconselhou: “Os pais precisam ter a coragem de filtrar ou monitorar o acesso à Internet, à televisão, aos filmes e à música. Os pais precisam ter a coragem de dizer não, de defender a verdade. (...) A maturidade espiritual precisa florescer em seu lar.”

  • Advertisement
  • Sabemos que criar uma família com suas necessidades atendidas não é fácil. Não conseguiremos sempre fazer tudo. Porém, nosso Deus que nos deu essa incumbência é o primeiro Pai de nossos filhos. Ele conhece suas necessidades e sabe como ajudar os pais. O conselho dado a Josué na bíblia vale para todas as famílias: "Não to mandei eu? Esforça-te, e tem bom ânimo; não temas, nem te espantes; porque o Senhor teu Deus é contigo, por onde quer que andares."

  • (Josué 1:9)

  • É reconfortante saber que podemos buscá-Lo para nos ajudar a cumprir nossa missão, pois Deus nunca nos ordena que façamos algo sem que previamente tenha preparado um caminho para o cumprimento de suas ordens.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Compartilhe agora...

Stael Ferreira Pedrosa é escritora free-lancer, tradutora, desenhista e artesã, ama literatura clássica brasileira e filmes de ficção científica. É mãe de dois filhos que ela considera serem a sua vida.

Website: http://tedandoumaideia.blogspot.com.br/

Assumindo a responsabilidade pelo bem-estar físico, emocional e espiritual de nossa família

É nossa responsabilidade como pais cuidar das necessidades de nossa família. É um dever sagrado que Deus nos deu e do qual prestaremos contas a Ele.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr