5 erros que muitos recém-casados cometem, mas não deveriam

Os 5 erros que a maioria dos recém-casados comete e, se não evitados, levarão muitos relacionamentos ao fim.

4,971 views   |   10 shares
  • Geralmente, percebe-se ansiedade, pressa e imaturidade na juventude. Devido a isso, cresce o número de divórcios entre os casais jovens, que precisam atravessar "pontes" pelas quais nunca imaginavam passar na relação, entretanto, essas pontes tornam-se essenciais para um relacionamento duradouro e devem ser atravessadas em parceria.

  • Infelizmente, a maioria dos jovens desiste na primeira ponte, todavia, há aqueles que perseveram juntos, e nesse percurso desfrutam alegria, pois após muitas travessias eles descobrem o verdadeiro amor e zelo pela relação e também desfrutam da felicidade.

  • Veja os 5 erros que muitos recém-casados cometem que acabam destruindo o amor no lar:

  • 1. Rebaixar o cônjuge

  • Relacionamentos conjugais deveriam ser felizes e perdurar, mas, isso não é o que acontece, já que a maioria deles não dura mais que 5 anos, devido às ofensas maldosas por parte de um dos cônjuges, levando a parceira a desenvolver diversos tipos de sentimentos como o de inferioridade e medo.

  • 2. Envolver familiares

  • A imaturidade de jovens casais é um dos motivos de divórcio, pois o casal deveria comunicar-se entre si sobre seus conflitos e não procurar pai e mãe para dizer como se deve viver o relacionamento. Ainda que pais e amigos tenham suas experiências, e, com certeza, muitos de seus conselhos são de grande ajuda, mesmo assim, é preciso lembrar que os conflitos de marido e mulher precisam ser solucionados dentro do lar e não fora dele.

  • 3. Abuso

  • Geralmente, o abuso se inicia no namoro, porém, muitas mulheres se iludem e acreditam que depois do casamento tudo melhora. Ao contrário, a tendência é sempre piorar.

  • De início o abuso ocorre no casamento na parte verbal, através de pequenas ofensas, entretanto, os anos vão passando, e, como tais abusos não foram arrancados no namoro, como ervas daninhas eles se espalham na relação, destruindo tudo que havia de belo e bom. Ou seja, eles desenvolvem-se a ponto de passar de verbais para o abuso físico e, quando muitas mulheres se dão conta, já é tarde demais para elas, pois tanto seu emocional quanto suas vidas estão destroçadas pela violência de um parceiro egoísta e descontrolado.

  • 4. Não ter tempo

  • O grande erro de muitos no início ou meio de um relacionamento é não encontrar tempo para sua parceira. E isso torna-se perceptível quando o tempo tornou-se escasso e simplesmente passou.

  • Há pessoas que se deparam com o fim de uma vida, e outros com fim da relação, para esses restam apenas o remorso de não ter escolhido a pessoa amada ao invés do trabalho, dos amigos, do futebol ou das redes sociais, pois tudo isso poderia ter esperado, menos o tempo com a família, esse tempo não deixa recado, apenas lições.

  • Advertisement
  • Todo casal, não importa qual seja a idade, precisa descobrir meios de encontrar tempo para estarem juntos. Mesmo quando a vida esteja corrida, ainda assim, eles precisam desfrutar um momento que seja deles, onde possam compartilhar seus anseios, suas metas e sonhos.

  • 5. Fazer do outro a segunda opção

  • O amor precisa ser nutrido e requer muito cuidado, ele jamais deve ser colocado em segundo plano na vida de um casal. Caso o façam, perde-se o interesse em cultivá-lo, pois a vida é cheia de dificuldades, e, quando se percebe, o amor deixou de existir por falta de nutrição tanto do marido quanto da esposa.

  • Casamento requer adaptações que levam uma vida, porém, é importante ressaltar que no início da relação essas adaptações são mais dolorosas, pois muitos se casam com um certo nível de imaturidade. Então, vale lembrar que por mais que os amigos e os familiares sejam valiosos e por mais que você ame o videogame ou seu celular, nada é mais precioso que o cônjuge e nenhuma dessas coisas deveria ocupar o lugar dele em sua vida.

  • Lembre-se de dar prioridade aos convênios feitos no matrimônio, ou seja, o que é importante para um precisa ser importante para o outro.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Nos ajude a divulgar a mensagem...

Roberta Preto, 33. Formada como tradutora e intérprete, escritora, mãe. Apaixonada pela vida, em uma eterna busca por conhecimento. Espero que minhas palavras possam ser uma luz na vida das pessoas. Sonho em ajudar a humanidade a tornar-se livre da escravidão da ignorância.

5 erros que muitos recém-casados cometem, mas não deveriam

Os 5 erros que a maioria dos recém-casados comete e, se não evitados, levarão muitos relacionamentos ao fim.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr