Selena Gomez revela que transplante de rins é devido a uma doença que ataca principalmente as mulheres: o Lúpus

Saiba mais sobre essa doença.

5,073 views   |   7 shares
  • Desde a revelação do seu diagnóstico de lúpus em 2015, Selena Gomez não escondeu o impacto da doença autoimune em sua saúde, carreira e qualidade de vida. Agora ela vem a público contar que se submeteu recentemente a um transplante de rins devido a esta doença que ataca principalmente as mulheres.

  • @instylemagazine

    A post shared by Selena Gomez (@selenagomez) on

  • Advertisement
  • Selena compartilhou a notícia com seus fãs em seu Instagram para explicar sua pouca aparição na mídia nos últimos meses.

  • Ela contou sobre a necessidade recém-descoberta de um transplante e que seu "sumiço" veio da necessidade de se recuperar. "Era o que eu precisava fazer para minha saúde geral", disse a estrela pop.

  • Selena também publicou uma foto de si mesma deitada em uma cama de hospital ao lado de sua amiga e doadora, a atriz Francia Raisa, sobre quem Selena escreveu: "Ela me deu o maior presente e fez um grande sacrifício ao doar seu rim para mim. Sinto-me incrivelmente abençoada. Eu te amo muito, minha irmã."

  • Selena Gomez aborda o tema de maneira tranquila, inclusive postando foto de sua cicatriz e afirma que o Lúpus continua a ser mal interpretado, mas parece que isso está mudando.

  • Advertisement
  • O que é o Lúpus

  • Dentre mais de 80 doenças autoimunes, ou seja, as que surgem devido ao sistema imunológico atacar tecidos saudáveis do corpo por engano, o lúpus é uma das mais importantes. Existem dois tipos: O lúpus cutâneo, que se restringe à pele e o Lúpus Eritematoso Sistêmico (LES), que também atinge outros órgãos, como no caso de Selena, em que a doença atacou os rins. Podem ser afetados também as articulações, o fígado e o cérebro.

  • Causas

  • Não existe uma única causa para que haja essa autoagressão por parte do sistema imunológico. Pesquisas indicam que provavelmente as causas são genéticas e ambientais, e que pessoas predispostas podem desenvolver o lúpus ao contato com algum elemento no ambiente que estimule ou induza o sistema imunológico ao erro. Exposição ao sol, ou uso de certos medicamentos podem ser os gatilhos para o surgimento da doença.

  • Fatores de risco

  • Mulheres, 90% dos casos. Idade entre 15 e 50 anos e de etnia africana, hispânica e asiática.

  • Sintomas

  • A maioria dos pacientes apresenta sintomas moderados de tempos em tempos. Às vezes se agravam, mas logo desaparecem. De acordo com o site Minha vida, os sintomas variam de acordo com a parte afetada, por isso nem toda pessoa terá todos os sintomas. Os mais comuns são:

    • Cansaço, febre e dor nas articulações que pode levar à rigidez muscular e inchaços.

    • No rosto pode surgir um rash em forma de borboleta como se esta estivesse pousada sobre o nariz e abrisse as asas sobre cada bochecha e que piora quando exposta ao sol.

    • Lesões que surgem ou pioram quando expostas ao sol e sensibilidade à luz do sol

    • Coloração irregular da pele, dedos que mudam de cor com o frio (fenômeno de Reynaud).

    • Dificuldade para respirar ou dor no peito ao encher os pulmões

    • Queda de cabelo

    • Feridas na boca

    • Linfonodos aumentados

    • Desconforto geral, ansiedade, mal-estar.

    • Cefaleia, dormência, formigamento, convulsões, problemas de visão, alterações de personalidade, confusão mental e perda de memória

    • Dor abdominal, náuseas e vômito

    • Coração: ritmo cardíaco anormal (arritmia)

    • Pulmão: tosse com sangue e dificuldade para respirar

  • Advertisement
  • Tratamento

  • O Lúpus não tem cura, já que é autoimune e crônico. Porém, é possível conviver com a doença desde que se mude alguns hábitos e use os medicamentos prescritos por um médico. Segundo a reumatologista, Lilian Tereza Lavras Costallat, professora titular da Unicamp, o paciente deve evitar exposição ao sol, prevenir-se de infecções e praticar atividade física nas fases em que a doença não estiver ativa.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Gostou? Compartilhe com seus amigos!

Stael Ferreira Pedrosa é escritora free-lancer, tradutora, desenhista e artesã, ama literatura clássica brasileira e filmes de ficção científica. É mãe de dois filhos que ela considera serem a sua vida.

Website: http://tedandoumaideia.blogspot.com.br/

Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr