Estudo revela porque a criança deve comer um ovo por dia

Um alimento saudável e de baixo custo que pode ser essencial para o correto desenvolvimento das crianças.

6,072 views   |   25 shares
  • Os dois primeiros anos do bebê são fundamentais para seu crescimento. Pesquisas são feitas ao redor do mundo a fim de proporcionar aos pais oportunidades para garantir um bom desenvolvimento físico e mental para seus filhos.

  • Uma pesquisa realizada nos Estados Unidos e no Equador mostrou que o ovo, quando oferecido todos os dias aos bebês, auxilia em seu crescimento e evita o raquitismo e a atrofia muscular. Ela foi realizada com bebês de 6 a 9 meses em um local de poucos recursos e muito simples no Equador, onde mais de 160 bebês participaram. A metade deles recebeu um ovo por dia em sua alimentação enquanto a outra metade não. Para completar a pesquisa, avaliações de peso e altura foram feitas em todos os bebês.

  • Depois de 6 meses os dados foram processados e a conclusão foi a de que os bebês que receberam o ovo na alimentação tinham melhor peso e altura que os que não receberam. Eles também apresentaram menor chance de ficar abaixo do peso em até 74%. No fator raquitismo e atrofia muscular elas apresentaram 47% menos chance de desenvolver.

  • Nutrientes

  • A proteína do ovo já foi objeto de estudo ao longo das décadas, e por conter vitamina B12 também entre seus nutrientes ele pode ser considerado um alimento essencial para bebês. Outras substâncias presentes no ovo também favorecem imensamente o desenvolvimento dos pequeninos.

  • O cálcio favorece a abstenção do raquitismo e pode ser encontrado nos ovos. Os ácidos graxos semelhantes aos contidos no salmão, atum e sardinha e também no leite materno são essenciais para um bom desenvolvimento cerebral, para a proteção da visão infantil e contribuem positivamente com o sistema nervoso.

  • As vitaminas e os minerais presentes no ovo são A, D, E, K, K2, complexo B, Betaína, Cálcio, Colina, Ferro, Fósforo, Magnésio, Potássio, Selênio, Sódio e Zinco.

  • O ovo também contém poder antioxidante que ajuda na imunidade, além de proporcionar outros benefícios à saúde.

  • Como oferecer

  • A melhor forma de adicionar o ovo à alimentação do bebê é cozido ou mexido, preparado com pouco óleo. Ele pode ser incluído aos poucos juntamente com a introdução a novos alimentos, amassado e esfarelado e oferecido em conjunto com purês de legumes e as tradicionais papinhas, com a textura adequada para a idade do bebê. O pediatra ou nutricionista orientará para que a alimentação seja balanceada e nutritiva, proporcionando o conhecimento dos vários sabores e texturas.

  • Advertisement
  • Alergias

  • Alguns pais temem oferecer o ovo precocemente ao bebê pelo risco de eles terem alergias. A orientação é de que o alimento seja oferecido em pequena quantidade no início para dar tempo ao sistema imunológico de reconhecer o novo produto. Feito isso e aumentando a quantidade gradativamente, o bebê só terá benefícios.

  • A criança pode continuar comendo seu ovo diário durante toda a infância caso deseje. Apesar da ciência já ter condenado o colesterol que o ovo pode proporcionar e prejudicar a saúde, a maneira como o alimento é preparado e como o restante da alimentação diária é feita determinará se o malefício será maior que o benefício. Por isso ovos cozidos ou mexidos são os mais indicados, além de uma alimentação mais natural, evitando produtos industrializados e fast foods repletos de gorduras insalubres.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Compartilhe em um segundo!

Michele Coronetti é secretária, mãe de seis lindos filhos, gosta de cultura e pesquisas genealógicas.

Estudo revela porque a criança deve comer um ovo por dia

Um alimento saudável e de baixo custo que pode ser essencial para o correto desenvolvimento das crianças.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr