Saiba a diferença entre distração e déficit de atenção

Especialistas explicam que NÃO é a mesma coisa!

3,696 views   |   6 shares
  • Saiba a diferença entre distração e déficit de atenção

  • "Aprender, tudo que aprendemos de novo, desenvolve neurônios, uma nova região cerebral e a capacidade cerebral. Aprender o que a gente não sabe, pois o ato de aprender tem o poder mágico de transformar as pessoas por fora e por dentro," Lúcia Willadino Braga, neurocientista.

  • Em 15 de julho de 2016 o site g1.globo apresentou uma reportagem sobre dois homens com vidas diferentes e com desafios parecidos, Manoel Francisco Neto que era analfabeto e Luiz Cláudio Galvão disléxico.

  • O hospital Sara Kubitschek, realizou uma pesquisa em adultos analfabetos, nesse estudo foi possível concluir que o cérebro pode ser treinado e ganhar mais força para tornar-se mais saudável.

  • Os pesquisadores estudaram o cérebro do pedreiro Manoel Francisco de 51 anos, citado acima, ele nasceu no sertão baiano e atualmente reside em Brasília, Manoel não teve oportunidade de aprender a ler na infância e só aos 47 anos ele adquiriu esse sonho, através dessa pesquisa.

    • Manoel passou por ressonância magnética, ele via dentro da máquina, figuras de animais, sinais, palavras e faces. E, a cada reação do cérebro a essas imagens a ressonância registrava. De início ele era analfabeto, então, no próprio hospital Manoel fora tendo aulas e adquirindo domínio da leitura, então, após um ano, Manoel tornou-se alfabetizado, assim os mesmos exames foram requisitados novamente.
  • A pesquisa mostrou um avanço fantástico no cérebro do Manoel, ele ativou funções que estavam inutilizadas e adormecidas, como alguns neurônios que estavam sem funcionamentos e esquecidos há muito tempo do lado esquerdo do cérebro e, do lado da leitura, os neurônios começaram a trabalho em grupo, eles também fizeram contatos com neurônios de outras áreas do cérebro.

  • O trabalho maravilhoso desses pesquisadores foi reconhecido e publicado em uma das revistas mais importantes do mundo, a revista científica, "Science".

    • Luiz Cláudio, vendedor de livros trata da dislexia há mais de 10 anos com um profissional especializado, apesar de toda dificuldade, ele se esforça ao máximo para vencer esse desafio. Devido a sua grande persistência, ele já cursou duas faculdades e nunca abandonou o desejo de aprender sempre mais, ainda que seu processo de aprendizado seja mais lento e rigoroso.
  • Advertisement
  • Aqui está a diferença entre distração e déficit de atenção

  • O que é distração

  • Algumas pessoas vivem distraídas, e muitos de nós, senão todos, também já vivemos um momento de distração e fizemos algumas obrigações diárias automaticamente enquanto nossa mente estava longe. A distração por diversão e lazer é constante na vida de muitas pessoas, seja crianças, adolescentes ou adultos e devemos utiliza-la com equilíbrio.

  • Entretanto, quando há uma "desordem mental", ou seja, quando há um mau funcionamento e um subdesenvolvimento de algumas partes do cérebro, considerado uma condição física, a isso damos o nome de Déficit de Atenção.

  • A distração no sentido de não concentrar-se o necessário e a pouca atenção, é motivo de preocupação para muitos adultos, por isso é preciso buscar ajuda de um profissional especializado.

  • O que é dislexia?

  • Estudos apontam que a dislexia está presente entre 5 e 10% da população em cada canto do mundo.

  • A dislexia é um transtorno neurológico que pode ser identificada por dificuldades na correção ou fluência de leitura das palavras, portanto o cérebro encontra obstáculos para não apenas reconhecer, mas também, combinar os sons que as letras do alfabeto representam.

  • Segundo o especialista Dr. Giuseppe Pastura, a dislexia não é uma doença visual, auditiva e nem mesmo a baixa capacidade intelectual. Ela não deriva-se da preguiça, falta de inteligência ou mesmo da criança ou adulto não comprometer-se mais com os estudos.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Compartilhe em um segundo!

Roberta Preto, 33. Formada como tradutora e intérprete, escritora, mãe. Apaixonada pela vida, em uma eterna busca por conhecimento. Espero que minhas palavras possam ser uma luz na vida das pessoas. Sonho em ajudar a humanidade a tornar-se livre da escravidão da ignorância.

Saiba a diferença entre distração e déficit de atenção

Especialistas explicam que NÃO é a mesma coisa!
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr