Focando no Salvador: Preparando e protegendo nossa família

Há sinais de tempestades ao nosso redor, precisamos nos preparar para proteger nossa família.

1,624 views   |   shares
  • Todos os dias, ocorrem fatos que provam a nossa fé, medem nossa constância e firmeza no evangelho em que acreditamos. Diariamente, tempestades, das mais variadas possíveis, testam nossas forças e nossa fé no Salvador.

  • Essas tempestades podem surgir através de doenças, mortes de entes queridos, divórcio, perda de um filho, desemprego, intrigas, etc. Sejam quais forem as tempestades que enfrentamos, precisamos estar preparados para proteger a nós mesmos e a nossa família. Precisamos estar focados nos ensinamentos de Jesus Cristo. É o que nos diz Adrián Ochoa, um renomado administrador e especialista religioso: "Há sinais de tempestades ao nosso redor. Vamos olhar para o alto e preparar-nos."

  • Há pouco mais de um ano, quando ainda estava grávida, fui à clínica para realizar alguns exames de rotina, naquela ocasião eu faria um exame de ultrassom. Eu e meu marido estávamos muito ansiosos para rever o rostinho de nossa filhinha e saber mais sobre o bebê forte e saudável que crescia a cada dia em meu ventre. Porém, isso não aconteceu. O tempo que a médica levou para ligar o aparelho sobre minha barriga e pronunciar as palavras “lamento, mas seu bebê morreu” pareceu insignificante diante da imagem que vimos, mas foi tempo suficiente para formar a mais longa tempestade que já enfrentei até hoje. Apesar de acreditar firmemente no amor de Deus e entender que Sua vontade se baseia nesse grande amor que Ele tem, não só por mim, mas por cada um de nós, eu estava inconformada.

  • Eu não percebi de imediato, mas a tempestade já tinha se alastrado em grandes proporções. Com o ocorrido, o meu marido foi muito atencioso com minhas necessidades. Mas ele estava desprotegido. Ao atentar para esse fato, olhei em volta, relembrando os detalhes que foram, pouco a pouco despercebidos, alimentando a tempestade que cobria todo o céu.

  • Minha primeira reação foi a de questionar a Deus. Estava desesperada ao ver a força dessa tempestade destruir a fé de minha família, e lembro de ter feito uma oração e ter perguntado: “O que mais o Senhor quer de nós? Por que isso tudo aconteceu conosco?”

  • Mais tarde, depois da oração, tive a inspiração de conversar com meu marido e falar o que estava sentindo. Esperei-o chegar do trabalho para lhe contar minhas impressões e para que voltássemos a fazer as coisas que nos aproximam do Salvador. Nós recomeçamos a ler as escrituras diariamente, a nos reunirmos todas as semanas para tratar de assuntos espirituais a fim de nos fortalecer, passamos a ir à igreja com mais ânimo.

  • Advertisement
  • Hoje, ao relembrar desse fato, vejo que não segui o conselho de Adrián Ochoa: “Nunca se esqueça de olhar para cima.” Independentemente do tipo de tempestade que estejamos enfrentando, precisamos olhar para cima e focalizar no Salvador, no amor incondicional que Ele tem por nós! Precisamos fazer isso, não só pelo nosso próprio bem, mas para proteger aqueles que amamos e que podem ficar extremamente feridos e magoados, caso falhemos.

  • Tenho certeza que todos nós passamos por terríveis tempestades. O importante é aprender com elas e fortalecer nossa fé e convicção no Salvador. Hoje, ao ver sinais de tempestades, que procuremos fazer os seguintes passos, a fim de nos preparar, proteger nossas famílias e focalizar no Salvador:

    1. Olhar para cima;

    2. Compreender que o tempo de Deus é diferente do nosso;

    3. Buscar ajuda daqueles que amamos e em quem confiamos;

    4. Orar;

    5. Ler as escrituras;

    6. Realizar reunião com a família semanalmente;

    7. Frequentar a Igreja;

    8. Olhar sempre para cima!

  • Para concluir, há uma belíssima canção que nos ajuda a entender a importância de sempre olhar para cima. Seja qual for o tamanho da tempestade que abale o barco das nossas vidas, devemos ter a convicção de que a fé no Senhor nos dá:

  • “Tais águas não podem a nau tragar,

  • Que leva o Mestre do céu e mar.

  • Pois todos ouvem o tem mandar: ‘Sossegai! Sossegai!’

  • Pois todos ouvem o teu mandar: ‘Paz, não temais!’”

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Nos ajude a divulgar a mensagem...

Jarleyde Oliveira é graduada pela Universidade Federal Rural de Pernambuco, é professora de crianças e adolescentes - Matemática.

Focando no Salvador: Preparando e protegendo nossa família

Há sinais de tempestades ao nosso redor, precisamos nos preparar para proteger nossa família.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr