8 atitudes sábias para o momento em que estiver com raiva de um familiar

Momentos familiares onde a raiva predomina podem ser transformados em tristeza permanente no lar.

3,190 views   |   5 shares
  • O tempo vai passando e os maus hábitos ou atitudes do cônjuge ou de um filho incomodam cada vez mais. Ainda que conversas já aconteceram e os sentimentos foram expostos, a impressão que se tem é de que a pessoa continua agindo daquela maneira apenas para provocação e para prejudicar o relacionamento familiar. Mas nem sempre é assim.

  • A psicologia não é muito clara sobre os sentimentos e como lidar com eles, porém muita ajuda pode ser conseguida com os especialistas. Se a raiva é sentida com frequência, uma mudança rápida é necessária porque ela é um sentimento destruidor. Especialmente no lar, ela pode ferir permanentemente e causar danos irreparáveis. Para controlar, algumas atitudes podem ser tomadas:

    1. O filho adolescente não te responde e finge que as pessoas ao seu redor não existem. O cônjuge continua gastando sem consciência de seus atos mesmo já tendo sido alertado centenas de vezes. Momentos de rebeldia e hábitos ruins acontecem e a melhor forma de manter a calma é se distrair com algo. Tirar o foco daquele momento que não está trazendo bons sentimentos será o mais sábio. Mais tarde, já com maior clareza de pensamentos, um plano pode ser elaborado para continuar tentando resolver o que causa aborrecimento.

    2. Depois de se retirar do ambiente nocivo ou simplesmente sair de perto da pessoa que está causando a raiva, questionar os próprios pensamentos é importante. Muitas vezes o que a outra pessoa faz não é tão grave assim, mas quem está perto recebe de forma negativa. O filho que não respondeu pode estar preocupado com alguma responsabilidade e não ter ouvido e o cônjuge com problemas de controle financeiro pode estar sinceramente tentando abandonar seu mau hábito e precisa de ajuda e compreensão. Isso ajudará a acalmar e enxergar o momento por outro ângulo.

    3. Uma maneira de ajudar a acalmar é respirar profundamente. Os pensamentos serão mais fáceis de serem controlados e a química da raiva deve esvaecer.

    4. Ouvir uma música relaxante também ajuda.

    5. Algumas pessoas conseguem organizar os pensamentos escrevendo. Isso é ótimo para aliviar o estresse e preparar planos para as ações posteriores.

    6. Exercícios físicos contribuem para a eliminação do sentimento ruim. Fazer algo que gosta, correr um pouco, pedalar, suar e manter o corpo ocupado ajuda significativamente a banir a raiva e um sentimento de paz toma o controle.

    7. Pesquisas mostraram que orar ou nutrir sentimentos bons pela pessoa que causa raiva afasta o negativismo e equilibra os sentimentos.

    8. Desabafar com gritos ou com violência não acalma ao contrário do que muita gente acredita. A pessoa que extravasa a raiva desta maneira apenas contribui para fortalecer os sentimentos negativos. O ideal é escolher algo para relaxar e amenizar a química da ira com coisas positivas.

  • Advertisement
  • Agir impulsivamente na hora da raiva não trará benefícios a nenhum familiar. O controle sobre esse sentimento destruidor não é fácil, mas pode ser conseguido com essas dicas preciosas. Preservar o relacionamento conjugal e familiar ajudará a manter o ambiente propício ao crescimento mútuo e à felicidade.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Gostou? Compartilhe com seus amigos!

Michele Coronetti é secretária, mãe de seis lindos filhos, gosta de cultura e pesquisas genealógicas.

8 atitudes sábias para o momento em que estiver com raiva de um familiar

Momentos familiares onde a raiva predomina podem ser transformados em tristeza permanente no lar.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr