5 sintomas da gravidez que são normais, mas que podem ser perigosos para a saúde da grávida e do bebê

Veja 5 sintomas da gravidez estranhos, mas normais. Entretanto, se não cuidarmos esses mesmos se agravam e tornam-se extremamente perigosos.

18,508 views   |   18 shares
  • Segundo o site revistacrescerglobo, estes são os 5 sintomas de gravidez que são estranhos, porém normais. Contudo, se eles se agravarem, tornam-se perigosos.

  • 1. Prisão de ventre normal

  • Algumas mulheres sentem dificuldade de ir ao banheiro, antes mesmo de estarem grávidas e a situação tende a piorar com a gravidez. Pesquisas apontam que 38% das grávidas sofrem de prisão de ventre, pois a constipação intestinal é um problema decorrente da progesterona. Entretanto, a situação pode ser melhorada com uma alimentação mais saudável que seja rica em fibras e a ingestão de muito líquido.

  • Prisão de ventre anormal

  • Quando as fezes estão muito ressecadas elas costumam ter o formato de bolinhas, alcançando o grau máximo de ressecamento e causando maiores complicações. Há casos de endurecimento do bolo fecal, ou seja, a formação do fecaloma. Nesses casos, é preciso o uso do supositório para ser retirado. O tratamento deve ser feito no hospital.

  • Também pode ocorrer da grávida se esforçar ao máximo para evacuar, causando uma inflamação de veias do intestino, conhecidas como hemorroidas. Elas tendem a gerar certo desconforto. O médico é a pessoa mais preparada para auxiliar nesta situação, porque ele está a par da saúde de sua paciente.

  • 2. Cólica normal

  • Na primeira gestação e, principalmente, no primeiro trimestre a maioria das grávidas sentem cólicas abdominais leves e sem sangramentos. Isso pode parecer estranho e até incomodar, contudo, elas são normais. As cólicas deixam de incomodar entre a oitava e a décima semana de gestação, e isso se ocasiona porque há uma adaptação do útero devido ao crescimento do feto.

  • Cólicas anormais

  • Quando as cólicas aumentam tornando-se dolorosas e insuportáveis, contendo também sangramento, isso pode ser perigoso tanto para grávida quanto para o feto. A mulher grávida deve ser encaminhada urgentemente para um pronto-atendimento, pois cabe ao médico avaliar a saúde da mãe e do feto com exames específicos.

  • 3. Sangramento normal

  • Geralmente, poucas gotas de sangue na cor escura não são tão perigosas na gravidez, pois há casos de ferida no colo do útero, ou um vaso que tende a parar de sangrar espontaneamente.

  • Entretanto, é importante procurar o profissional qualificado para não haver dúvidas, pois quando há sangramento na gravidez devem ser vistos sempre como um sinal de alerta. Somente o médico é o profissional preparado para avaliar a situação do sangramento, assim cabe a ele decidir o que é melhor para a grávida e o feto.

  • Advertisement
  • Sangramento anormal

  • De acordo com os estudos científicos, o início da gestação tende a ser o mais agravante para abortos espontâneos. Lamentavelmente, de 15 a 20% das grávidas passam por essa tristeza.

  • Geralmente, um sangramento anormal surge na grávida quando ela sofre uma perda de sangue na cor vermelho vivo e com coágulos. Trata-se de um alerta gravíssimo, pois pode ser resultado de um problema na placenta, que talvez esteja descolando. No entanto, cabe somente ao médico averiguar o que ocasionou o problema. Ele possui preparo e capacidade para lidar com a situação.

  • 4. Dor de cabeça normal

  • Normalmente, grávidas tendem a ser mais sensíveis e não precisa de muito para que elas se sintam estressadas. Devido a tais situações, aparece a dor de cabeça que se origina da tensão da musculatura do pescoço. O melhor a ser feito é buscar meios de aliviar a dor. Também é preciso manter a calma, evitar situações de estresse, fazer alongamentos, principalmente na área do pescoço. Entretanto, o médico precisa estar ciente da situação, assim é possível manter a grávida e o feto seguros.

  • Dor de cabeça anormal

  • Quando a dor de cabeça é intensa e constante deve-se buscar ajuda do profissional especializado, principalmente se houver outros sintomas como: pressão alta e visão borrada (dificuldades para enxergar claramente). É preciso ajuda médica de imediato. Há casos de aumento violento da pressão arterial, conhecido como eclampsia.

  • 5. Falta de ar normal

  • As mudanças no corpo da mulher grávida tende a afetar a saúde em determinados aspectos que pode gerar às vezes uma falta de ar até o sexto mês de gravidez, pois o útero trabalha para adaptar o corpo, ele empurra o intestino contra o diafragma e isso faz com que haja dificuldade na respiração. Todavia, é importante lembrar que essa sensação de falta de ar precisa ser suportável e tranquila. Praticar ioga pode ajudar na reeducação de respirar e também ajuda para que essa falta de ar seja leve.

  • Falta de ar anormal

  • Quando a grávida sente falta de ar ao ponto de precisar de repouso constante, isso pode ser ocasionado de doenças respiratórias ou mesmo cardiológicas, como asma, pneumonia.

  • Procurar ajuda médica é importante, pois o médico é capaz de diagnosticar quais motivos resultam estes problemas, portanto, é preciso buscar ajuda de imediato pelo bem-estar do feto e da grávida.

  • Advertisement

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Compartilhe com seus amigos!

Roberta Preto, 33. Formada como tradutora e intérprete, escritora, mãe. Apaixonada pela vida, em uma eterna busca por conhecimento. Espero que minhas palavras possam ser uma luz na vida das pessoas. Sonho em ajudar a humanidade a tornar-se livre da escravidão da ignorância.

Website: https://pages.hotmart.com/h7009598f/ebook-15-passos-para-educar-um-filho/

5 sintomas da gravidez que são normais, mas que podem ser perigosos para a saúde da grávida e do bebê

Veja 5 sintomas da gravidez estranhos, mas normais. Entretanto, se não cuidarmos esses mesmos se agravam e tornam-se extremamente perigosos.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr