Menino de 3 anos morre tragicamente por ‘UM erro’ dos pais. A mãe diz que sua morte poderia ter sido totalmente evitada

Não deixe o mesmo acontecer com seu filho!

162,430 views   |   134 shares
  • Você passa a ter muita responsabilidade quando se torna pai ou mãe. Entre outras coisas, seu papel é fazer tudo o que estiver ao seu alcance para manter seus filhos longe do perigo. Todos os pais se esforçam para corresponder a essa expectativa, mas, às vezes, a falta de conhecimento atrapalha.

  • Christine Miller, de Colorado Springs, nos Estados Unidos, está aumentando a conscientização de uma causa comum de morte que levou seu filho de 3 anos. E o que ela tem a dizer poderá surpreendê-lo.

  • Como ocorreu a tragédia

  • Em uma publicação de cortar o coração, a mãe diz: "Hoje faz 12 anos que vi esse lindo sorriso pela última vez, beijei seu doce rosto ou senti seus pequenos braços envolverem o meu pescoço".

  • Ela prossegue contando o que tirou a vida do filho. "Se eu ao menos soubesse do perigo dos assentos de elevação para as crianças pequenas, se alguém tivesse me avisado, eu o teria colocado em uma cadeirinha com cinto de 5 pontos... e essa simples diferença teria mudado tudo".

  • Christine diz: "Eu não precisaria ficar imaginando como meu filho estaria agora, mas poderia abraçá-lo, dizer a ele que eu o amo, vê-lo se tornar um homem. Mas perdi tudo isso por causa de UM erro".

  • 12 years ago today was the last time I saw this beautiful smile, kissed his sweet face or felt his little arms wrap...

    Posted by Car Seat Consultants on Monday, May 29, 2017
  • Crianças pequenas são frágeis

  • A dolorosa história de Kyle Miller é contada em um vídeo do YouTube que tem o propósito de a aumentar a conscientização sobre o perigo do assento de carro para crianças. Há 12 anos, Kyle foi posto em seu assento de elevação, quando um motorista cruzou o sinal vermelho e atingiu o veículo em que estava. "Kyle foi arremessado para fora da van e morreu no impacto". O assento de elevação não foi suficiente para salvar a criança.

  • Advertisement
  • O vídeo esclarecedor prossegue salientando que "os quadris de uma criança pequena não estão desenvolvidos o suficiente para resistir à pressão do cinto de segurança sobre o abdômen devido ao impacto de uma colisão". Na verdade, uma pesquisa mostra que você nem sequer deveria deixar seu filho sentar-se em uma cadeirinha virada para frente até, pelo menos, os dois anos de idade.

  • Mudanças na lei

  • Desde 1º de janeiro de 2017, o Estado da Califórnia vem aplicando uma nova lei que ajuda a prevenir mais fatalidades no futuro. "Crianças com menos de dois anos devem viajar em uma cadeirinha virada para trás, a não ser que ela pese 18 quilos ou mais, OU tenha 1 metro ou mais de altura".

  • O que diz a lei no Brasil

  • No Brasil, segundo este site do Governo Federal, os bebês de até 1 ano devem ser transportados no bebê conforto, de costas. As crianças entre 1 e 4 anos devem ficar na cadeirinha presa com o cinto. Dos 4 aos 7 anos e meio, a criança pode usar o assento de elevação. A partir dos 7 anos e meio, as crianças podem ficar presas apenas ao cinto do carro, sem necessidade de assento de elevação, e sempre no banco de trás. Somente a partir dos 10 anos de idade a criança poderá andar no banco da frente.

  • Isso é o que acontece a uma criança em um acidente quando ela está virada para frente e quando está virada para trás:

  • As estatísticas são assustadoras

  • Estatísticas americanas mostram que o uso indevido de assentos de elevação é um grande problema para crianças pequenas. Embora o número de crianças envolvidas em acidentes fatais varie de um estado para o outro, "em todos os estados, 43% das crianças que morreram estavam sendo transportadas indevidamente".

  • Advertisement
  • We're turning Bella back to rear facing at 3 1/2 years old in a Nuna Rava! I lost my oldest son in a car accident when...

    Posted by Car Seat Consultants on Wednesday, March 22, 2017
  • No Brasil, um levantamento do DPVAT mostra que "mais de 20 mil crianças morrem ou ficam inválidas em decorrência dos acidentes de trânsito a cada ano. As indenizações pagas por morte de crianças em acidentes de trânsito giram em torno de seis por dia e feridos com invalidez permanente supera a média de 50 diários."

  • Muitas dessas pequenas vidas poderiam ter sido salvas se tivessem sido presas adequadamente nos assentos ou cadeirinhas do carro.

  • DIVULGUEM para salvar uma vida

  • Em sua publicação no Facebook, Christine implora aos pais de todos os lugares que comecem a tomar consciência do assunto.

  • Ela diz: "Por que não estamos falando disso?! Por que não há campanhas de conscientização? Tentamos proteger nossos filhos de tudo, pesticidas, alimentos transgênicos, quinas de móveis afiadas e câncer; no entanto, nós os colocamos em assentos de carro pouco seguros".

  • Advertisement
  • Parem de se preocupar com o que pode acontecer se seus filhos comerem uma barra de cereal não orgânica, em vez disso, tenham certeza de estarem usando a cadeirinha para o carro adequadamente.

  • Se você vir alguém usando um assento de carro incorretamente, fale. Não permita que eles descubram da maneira mais difícil, mesmo que possa parecer estranho ou constrangedor dizer aos pais que eles estão fazendo algo errado. Isso pode literalmente salvar a vida de seus filhos."

  • Traduzido e adaptado por Erika Strassburger do original 3-year-old boy tragically dies from parent's 'ONE mistake'; Mother says his death was completely preventable.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Clique abaixo para compartilhar
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr