Pesquisa alerta: Uso do Omeprazol aumenta risco de câncer de estômago

O câncer de estômago pode ser uma doença silenciosa. Apenas quando os sintomas já são muito aparentes é que normalmente é detectado, e com isso as chances de cura são cada vez menores.

2,858 views   |   14 shares
  • Cada vez mais, devido a correria dos tempos modernos, as pessoas sofrem de problemas gástricos, tais como: refluxo, gastrite, úlceras gástricas, dentre outros, e por conta destas doenças alguns dos remédios mais receitados como tratamento é o conhecido Omeprazol e seus variáveis, como Lanzoprazol e Pantoprazol.

  • Acontece que recentemente, em uma pesquisa feita pelas Universidades de Hong Kong e Londres, esses medicamentos foram apontados como potenciais aumento de risco para o câncer gástrico.

  • O aumento da prescrição deste tipo de medicamento tem aumentado consideravelmente por todo o mundo, o que fez com que mais pesquisas fossem realizadas a fim de detectar possíveis problemas. Alguns estudos anteriores já mostravam a tendência para este tipo de doença aumentada para pessoas que precisavam utilizar este medicamento, porém, agora, o foco da pesquisa passou a ser pessoas que erradicaram a bactéria H.Pillory e continuam o uso de medicamentos como Omeprazol para o tratamento de doenças gástricas.

  • As considerações desta pesquisa apontam que as chances de desenvolvimento de câncer estomacal nestes casos aumentam para 4,55%.

  • Sessenta e três mil pessoas foram analisadas do ano de 2003 até o ano de 2015, algumas delas tratadas com Omeprazol ou suas variáveis e outras medicadas com outro tipo de medicamento. Ao final do ano de 2015 mais de cento e cinquenta pessoas foram diagnosticadas com câncer de estômago. As chances de diagnóstico positivo para a doença eram muito maiores para os medicados com Omeprazol e aumentavam a cada ano utilizando o medicamento.

  • Após essa pesquisa ser anunciada, o instituto recomenda que a prescrição de Omeprazol, pantoprazol ou lanzoprazol seja cauteloso.

  • Quando procurar ajuda médica

  • Aos primeiros sinais de que algo não vai muito bem em seu sistema gástrico o melhor a fazer é buscar ajuda profissional, evitando assim o uso inadequado de medicamentos.

  • Sintomas como náuseas, estufamento, azia, dores na barriga, dores no estômago, emagrecimento sem causa aparente podem ser sinais de várias doenças gástricas e precisam ser investigadas adequadamente.

  • Exames como endoscopia, ressonância magnética, exames de sangue podem indicar o problema e o tratamento correto pode ser prescrito pelo médico especialista.

  • Advertisement
  • Os problemas gástricos podem ser evitados mantendo uma alimentação adequada, rica em fibras, frutas e verduras, evitando alimentos em conserva, fumo e bebidas alcoólicas e aumentando o consumo de água.

  • Se você já faz uso deste tipo de medicamento pode conversar com seu médico e verificar a possibilidade de um novo tratamento.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Leia o artigo, viva os ensinamentos e compartilhe!

Renata Finholdt é formada na área de Recursos Humanos com enfâse em treinamentos.

Pesquisa alerta: Uso do Omeprazol aumenta risco de câncer de estômago

O câncer de estômago pode ser uma doença silenciosa. Apenas quando os sintomas já são muito aparentes é que normalmente é detectado, e com isso as chances de cura são cada vez menores.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr