Márcia Cabrita lutava há 7 anos contra o 3º câncer mais comum em mulheres

A doença é silenciosa e pode rapidamente atingir outros órgãos. Por este motivo, exames preventivos anuais são muito importantes para todas as mulheres.

7,880 views   |   7 shares
  • A televisão brasileira ficou um pouco mais triste. Após sete anos de uma batalha contra o câncer descoberto no ovário, a atriz e comediante Márcia Cabrita faleceu devido à doença.

  • Aos cinquenta e três anos e com muitos trabalhos em sua carreira, a atriz que recentemente fazia parte do elenco de uma novela na emissora a qual trabalhava, teve que se afastar devido ao agravamento da doença. Passou os dez últimos dias hospitalizada, mas a doença mais uma vez saiu vencedora, levando à morte da atriz.

  • Márcia passou por várias fases durante o tratamento, a revolta na descoberta da doença, o momento de luto, a dor, a perda dos cabelos, o otimismo durante o tratamento, e para relatar tudo isso ela mesma criou um blog para falar abertamente sobre o assunto. Lá ela servia inclusive de conselheira para outras pacientes.

  • Até agora não me manifestei porque minha ficha não caiu. Pra mim parece que tudo isso é um pesadelo, e que logo vou...

    Posted by Coisas da Marcia Cabrita on Sunday, November 12, 2017
  • Câncer de Ovário

  • O câncer de ovário é um câncer silencioso e por este motivo os exames anuais com o especialista são tão importantes para todas as mulheres, pois na verdade é a forma de diagnosticar a doença em seu início.

  • A maioria dos casos de câncer nesta região é diagnosticada em estágio avançado, o que torna a doença bastante letal. Segundo os dados, a doença pode afetar mulheres em todas as idades, sendo mais comum acima dos cinquenta anos.

  • Não há causa aparente estabelecida para o câncer no ovário, o que já se sabe a respeito é que alguns fatores podem contribuir para o desenvolvimento da doença, dentre eles:

  • Advertisement
    • Obesidade

    • Tabagismo

    • Herança genética

    • Ausência de gravidez

    • Terapia hormonal

  • Os principais sintomas da doença são dor abdominal, cólicas, aumento do volume abdominal, problemas urinários, alterações no ciclo menstrual, dor nas costas e dor durante a relação sexual. Ao primeiro sinal de que algo não vai bem deve-se procurar ajuda de um ginecologista para verificar e analisar os sintomas.

  • Caso o diagnóstico seja positivo para o câncer de ovário, é importante saber que há tratamentos que podem impedir o avanço da doença e até erradicá-la de uma vez por todas, dependendo do estágio em que ela se encontra. A cirurgia para a retirada do útero, a quimioterapia, a radioterapia são as formas mais indicadas para o tratamento da doença.

  • Cuidar da saúde optando por bons hábitos alimentares, praticando exercícios físicos, tendo boas horas de sono, evitando vícios e fazendo exames preventivos é essencial para prevenir esta e outras doenças.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Compartilhe em um segundo!

Renata Finholdt é formada na área de Recursos Humanos com enfâse em treinamentos.

Márcia Cabrita lutava há 7 anos contra o 3º câncer mais comum em mulheres

A doença é silenciosa e pode rapidamente atingir outros órgãos. Por este motivo, exames preventivos anuais são muito importantes para todas as mulheres.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr