Mulher com barriga enorme pensou que estava grávida de gêmeos, mas o ultrassom revelou algo a mais

Foi surpreendente porque eles NÃO fizeram fertilização in vitro!

27,328 views   |   11 shares
  • Danielle Thrasher, de 34, deu à luz em agosto às suas filhas Lyla, Maya, Arya e quando contava apenas 27 semanas e cinco dias de gravidez, ela contou no Gofundme sobre a experiência incrível. Ela e o marido Joseph Odom descobriram a gravidez no dia 4 de março de 2017, "depois de dois anos longos e carregados de emoção, finalmente Deus respondeu nossas orações! Estávamos tão entusiasmados depois de ver esse pequeno sinal após todos os resultados negativos que sofremos, finalmente seríamos pais! Que legal!".

  • Na primeira consulta o médico disse ser possível que Danielle estivesse esperando gêmeos. Ela ficou muito feliz e no primeiro ultrassom, para sua alegria e do marido, eles descobriram o que já esperavam: trigêmeos! Eles estavam em choque e a alegria se misturou à ansiedade enquanto os felizes papais agradeciam pela bênção de ter trigêmeos e se perguntavam: "será que vamos conseguir cuidar de três?", e "será que Deus realmente nos abençoou?".

  • O casal conta que após algumas semanas de orações, conseguiram sentir-se confiantes e prontos para enfrentar essa maravilhosa jornada.

  • Gravidez gemelar é uma gravidez de alto risco e que demanda um cuidado contínuo e rotineiro. Uma das rotinas é o ultrassom. E no terceiro mês, em um desses ultrassons de rotina, Danielle notou que a médica técnica parecia um pouco confusa. Ela perguntou se havia algo errado e a médica, séria, disse: "Sinto muito em dizer isso, mas você está esperando quatro bebês e não três". A mamãe agora parecia realmente preocupada: "O quê? Quatro?". Ela olhou para o marido e balbuciou "o que vamos fazer agora?". A resposta rápida e tranquila dele acalmou os receios de Danielle: "qual o problema? Um bebê a mais? A gente dá conta, querida".

  • Advertisement
  • No entanto, nem tudo era perfeito. Com o aumento dos riscos, Danielle foi encaminhada a outros médicos para avaliação do risco. Os médicos lhe informaram dos riscos da gravidez de quadrigêmeos. Segundo os médicos, uma gestação como a dela é arriscada e não dura mais que 24 ou 26 semanas e que os bebês teriam apenas 40% de chances de sobrevivência.

  • Após explicar tudo isso, o médico disse algo que segundo Danielle foi como "uma tijolada" em sua cabeça: "Nós gostaríamos de oferecer uma redução seletiva para garantir que os bebês sobrevivam e você tenha uma gravidez saudável". Ou seja, sacrificar um dos bebês para que os outros tenham mais chances. No caso, seria feita uma amniocentese para determinar se algum bebê possui defeito cromossômico e isso ajudaria no processo de redução.

  • Danielle simplesmente não acreditava no que estava ouvindo. Sacrificar um para que os outros pudessem sobreviver? Em lágrimas e desespero ela disse que jamais faria isso. Sentiu que precisava voltar para casa e orar a respeito. "No dia seguinte", conta Danielle, "liguei para o consultório médico para dizer-lhes que não queríamos fazer o procedimento, que queria manter meus quatro bebês. Estávamos prontos para permitir que Deus se encarregasse de tudo".

  • Na próxima semana, foi necessário um ultrassom, devido a um sangramento, para ver se tudo estava bem. Os quatro bebês estavam crescendo bem. O médico aconselhou repouso, pois já estava se aproximando o dia do parto.

  • Advertisement
  • Danielle e Joseph Odom tiveram seus bebês quadrigêmeos - que só acontecem a cada 700.000 gestações, no dia 17 de agosto, devido a complicações como pressão alta da mãe e problemas de nutrição e oxigênio para os bebês.

  • Como era de se esperar, as bebês tiveram que ficar internadas até que conseguissem ganhar peso e respirar sozinhas. Os médicos estão contentes com o ganho de peso das pequenas, porém uma das meninas - Maya, tem tido maiores problemas. No entanto, elas deixaram o hospital no último dia 11 de novembro.

  • Uma história inspiradora de esperança, fé e vitórias.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Compartilhe com seus amigos!

Stael Ferreira Pedrosa é escritora free-lancer, tradutora, desenhista e artesã, ama literatura clássica brasileira e filmes de ficção científica. É mãe de dois filhos que ela considera serem a sua vida.

Website: http://tedandoumaideia.blogspot.com.br/

Mulher com barriga enorme pensou que estava grávida de gêmeos, mas o ultrassom revelou algo a mais

Foi surpreendente porque eles NÃO fizeram fertilização in vitro!
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr