Será que eu tenho depressão pós-parto?

É indiscutível que o amor que temos por nosso bebê é imenso, mas por alguma razão, ? s vezes nos vemos incapazes de cuidá-lo como queremos por falta de energia e motivação.

2,748 views   |   2 shares
  • Ter um bebê é uma experiência única. Ter um bebê nos muda completamente, tanto nos nossos sentimentos como nos nossos pensamentos. Mas essas mudanças não ocorrem sem consequências: muitas mulheres passam por elas com dificuldade, enquanto outras não experienciam as mesmas dificuldades. É indiscutível que o amor que temos por esse bebê é imenso, mas por alguma razão, às vezes não sentimos felicidade e, em alguns casos, vemo-nos incapazes de cuidar dele como queremos por falta de energia e motivação.

  • Para a maioria das mulheres é difícil reconhecer que tem depressão pós-parto, porque elas acham que o cansaço que sentem e outros sintomas são normais devido à falta de descanso. É importante reconhecer quais sintomas são mais do que um cansaço, pois reconhecê-los nos motiva a fazer algo para melhorar e nos sentirmos mais felizes como mulheres e mães. A seguir, estão algumas formas de reconhecer a depressão pós-parto:

  • 1. Você sente um cansaço excessivo

  • é inevitável sentir-se cansada quando temos somente três horas de sono, mas quando esse cansaço não nos permite levantar da cama, sabemos que isso não é normal. Quando o cansaço é tanto que não conseguimos cuidar de nosso bebê, é hora de avaliar nossa condição.

  • 2. Você experimenta emoções extremas

  • é muito normal, pelo mesmo cansaço e pelos hormônios, sentir-se triste ou irritada durante o dia. O que pode ser depressão pós-parto é quando sentimos tristeza inexplicável, raiva, frustração, ódio, sentimo-nos distantes de nosso bebê, e inconstantes durante o dia todo, todos os dias, e por mais que queiramos, não conseguimos sentir felicidade e alegria.

  • 3. Você não consegue dormir

  • o cansaço que se experimenta nos primeiros meses é realmente extremo, por isso é normal ver uma mãe pegando no sono na primeira oportunidade possível. Quando você não consegue dormir mesmo que seu bebê esteja dormindo, ou mesmo quando você tem a oportunidade, leve isso em conta, pois pode ser um sinal de depressão. É difícil encontrar depressão sem um certo nível de ansiedade, e essa, por menor que seja, pode fazer com que você não consiga dormir.

  • 4. Seu apetite torna-se irregular

  • : cada mulher é diferente, mas quando o seu apetite muda de forma drástica, seja porque você não come quase nada ou está comendo demais, é hora de avaliar se você precisa de ajuda. Isso pode ser visto em seu peso nos três primeiros meses após o parto, se você estiver aumentando ou diminuindo de peso muito rápido, consulte seu médico.

  • Advertisement
  • É importante mencionar que, para ter depressão pós-parto, você precisa apresentar a maioria dessas características, e que todas essas juntas não a deixam cuidar e desfrutar de seu bebê mesmo que esse seja seu maior desejo. Se você suspeita que esse possa ser o seu caso, consulte seu médico para um check-up hormonal. O importante é saber que não irá durar para sempre, e que existem maneiras de ajudá-la a finalmente desfrutar de seu bebê da maneira que você sempre quis.

  • Traduzido e adaptado por Sarah Pierina do original ¿Puede ser que tenga depresión pos-parto?, de Denhi Chaney.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Se gostou, compartilhe o artigo...

Denhi Chaney é formada pela Universidade de Brigham Young com mestrado em Terapia de Casal e Familiar. Ela também é esposa e mãe de um filho.

Será que eu tenho depressão pós-parto?

É indiscutível que o amor que temos por nosso bebê é imenso, mas por alguma razão, ? s vezes nos vemos incapazes de cuidá-lo como queremos por falta de energia e motivação.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr