Doenças autoimunes afetam 15 a 20% da população, a maioria mulheres. Conheça mais sobre elas

Elas têm surgido cada dia mais nos diagnósticos e afetam especialmente as mulheres.

45,521 views   |   35 shares
  • Nos últimos 40 anos as doenças autoimunes têm aumentado, segundo pesquisas. Elas costumam ser temidas por seu grau de dificuldade no diagnóstico e tratamento. Elas podem afetar qualquer pessoa, porém, alguns grupos são mais propensos a sofrer com os distúrbios que atacam o organismo.

  • São comuns as ocasiões em que a doença está se manifestando por muito tempo e os sinais costumam ser entendidos apenas depois de 5 anos ou mais ou um diagnóstico incorreto acontece. Como os sintomas são diversos e comuns a outras doenças, é muito difícil prevenir a passagem dos sintomas para uma doença mais complicada como lúpus, vitiligo ou artrite reumatoide. A atenção e autoavaliação contam muito para que o tratamento possa ser iniciado brevemente.

  • O grupo de doenças autoimunes é vasto assim como os sintomas. Elas podem atingir os órgãos ou os sistemas do organismo. Seu nome é uma dica do que a doença faz ao organismo: o sistema imunológico fica desorientado e ataca a si mesmo, destruindo as células e atrapalhando na homeostase. Ele entende que algo não vai bem e luta para salvar o organismo, mas acaba destruindo parte dele.

  • Mulheres

  • Na totalidade da estatística das doenças autoimunes as mulheres sofrem com elas 3 vezes mais que os homens. Em doenças mais específicas, como lúpus, elas são 9 vezes mais atingidas. Entre as 10 maiores causas de morte em mulheres abaixo de 65 anos estão as doenças autoimunes.

  • Sintomas

  • Como são várias as doenças os sintomas são extensos: Dores de cabeça, ansiedade, confusão mental, problemas com a atenção, problemas de pele como erupções, vermelhidão, descamação ou acnes e outras dermatites, alergias, asma, secura na boca, resfriados constantes, desajustes na tireoide, cansaço ou hiperatividade, alterações no peso, mal-estar frequente, dor muscular, fraqueza, rigidez e dor, exaustão, problemas estomacais e intestinais. Como estes sintomas são comuns a muitos problemas modernos o diagnóstico pode ficar difícil de ser realizado.

  • Principais Doenças Autoimunes

    • Lúpus: doença inflamatória crônica cujos sintomas podem surgir em diversos órgãos como a pele, os rins, o cérebro ou outros de forma lenta e progressiva ou rapidamente.

    • Esclerose Múltipla: doença neurológica e crônica que ataca o sistema nervoso central, provocando lesões cerebrais e medulares.

    • Psoríase: Doença da pele relativamente comum, crônica e não contagiosa. Os sintomas podem desaparecer com o tempo e reaparecer. Descamações e outros incômodos na pele são detectados.

    • Tireoidite de Hashimoto: ataca a glândula da tireoide, afetando a produção de hormônios e podendo destruir a glândula.

    • Vitiligo: A pigmentação da pele sofre alterações causando manchas por toda a extensão do corpo.

    • Diabetes do tipo 1: doença crônica caracterizada pela destruição parcial ou total das células pancreáticas, o que causa impedimento na produção de insulina e altera o sangue.

    • Doença Celíaca: a ingestão de glúten causa inflamação e reações intestinais. Alimentos preparados com farinha de trigo não devem ser ingeridos.

    • Artrite Reumatoide: doença que afeta principalmente as articulações limitando ou até perdendo as funções motoras.

    • Doença de Graves: gera uma anomalia no funcionamento da glândula tireoide.

    • Anemia Hemolítica: a concentração de glóbulos vermelhos no sangue se torna baixa e interfere no bom funcionamento do organismo.

  • Advertisement
  • Algo observado pelos médicos nas pessoas que manifestam a doença é o fator genético. Pouco se sabe sobre a prevenção, portanto, é importante que as pessoas avaliem sintomas que perduram há muito tempo e conversem com um médico, especialmente quando têm parentes diretos que manifestaram a doença. O entendimento ainda é o melhor caminho para que o tratamento inicie mais rápido e situações piores não ocorram.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Compartilhe agora...

Michele Coronetti é secretária, mãe de seis lindos filhos, gosta de cultura e pesquisas genealógicas.

Doenças autoimunes afetam 15 a 20% da população, a maioria mulheres. Conheça mais sobre elas

Elas têm surgido cada dia mais nos diagnósticos e afetam especialmente as mulheres.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr