Estudo alerta: quanto menos você interagir com seus pais, menos tempo de vida eles terão

O mesmo se aplica a seus avós. Leia e entenda por que isso acontece.

3,239 views   |   31 shares
  • Convidar seus pais idosos, avós ou aquela tia solitária para passar algumas horas semanais com você e sua família pode não apenas melhorar sua qualidade de vida, mas prolongá-la, diz um estudo de 2012.

  • Pesquisadores da Universidade da Califórnia descobriram que a solidão tem boa parcela de culpa pelo declínio tão frequentemente associado à velhice. Eles acompanharam 1.600 idosos com idade média de 71 anos, e o estudo mostrou que 23% dos que se sentiam solitários morreram dentro de 6 anos. Entre aqueles que não se sentiam solitários, apenas 14% morreram.

  • Os pesquisadores ressaltaram que a solidão pode matar porque "é uma fonte comum de angústia, sofrimento e compromete a qualidade de vida em pessoas idosas."

  • Uma idosa desabafou: "Atualmente estou com 89 anos, sou viúva há 15 anos, tenho cinco filhos, 8 netos. Moro sozinha num pequeno apartamento, mas sinto muita solidão e falta de carinho de minha família. Nos fins de semana fico sem receber nenhuma ligação ou visita. Sinto tristeza e inutilidade existencial!"

  • Esse relato mostra que, infelizmente, ter família grande nem sempre é sinônimo de companheirismo. "Uma mãe cuida de dez filhos. Dez filhos não cuidam de uma mãe!" (Padre Léo).

  • Mas o que fazer para aliviar a solidão de nossos idosos?

  • Há coisas bastante eficazes e simples que podem dar mais vida aos dias de uma pessoa idosa. Confira algumas delas:

    • Convidá-la para o almoço de domingo.

    • Passar uma tarde agradável na casa dela.

    • Levar as crianças para visitá-la e, se sua saúde possibilitar, pernoitar com ela.

    • Marcar jantares ou almoços de família, pelo menos uma vez por mês, na casa dela.

    • Envolvê-la em projetos de serviço para fazer casaquinhos de tricô para bebês de mães carentes, costurar cobertores, fazer consertos ou usar outras de suas habilidades para abençoar a vida dos menos favorecidos.

    • Encorajá-la a desenvolver um hobby, como pintura em tela, artesanato, entre outros.

    • Encorajá-la a praticar exercícios físicos - caminhada, hidroginástica, dança etc. - na companhia de outros idosos.

    • Ensiná-la a usar a internet e as redes sociais, e ajudá-la a se conectar com velhos amigos e a fazer novas amizades.

    • Incentivá-la a organizar encontros regulares com os amigos da mesma faixa etária.

    • Fazer uma vaquinha para comprar um pacote turístico para ela viajar em companhia de amigos da terceira idade.

    • Levá-la junto em uma viagem em família.

  • Advertisement
  • Ideias não faltam para ajudar a melhorar a qualidade de vida de nossos pais, avós, familiares e amigos idosos. É preciso apenas uma pequena dose de boa vontade e gratidão. Quem dedicou uma vida inteira aos nossos cuidados merece, no mínimo, um pouco de nossa consideração. Mas o ideial, mesmo, é receber nossa atenção e amor.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Se gostou, compartilhe o artigo...

Erika Strassburger mora no Rio Grande do Sul, tem bacharelado em Administração de Empresas, escreve e traduz artigos para o site Família, é cristã SUD, pintora amadora de telas a óleo e mãe de três lindos guris, o mais velho com Síndrome de Down.

Website: http://erikastrassburger.blogspot.com.br/

Estudo alerta: quanto menos você interagir com seus pais, menos tempo de vida eles terão

O mesmo se aplica a seus avós. Leia e entenda por que isso acontece.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr