Prós e contras da gravidez depois dos 50 anos

Se você deseja engravidar depois dos 50 anos, este artigo vai ajudar você e seu parceiro nos prós e contras da gravidez.

1,381 views   |   11 shares
  • A decisão mais importante na vida de um casal é a de tornar-se pais. Essa, além de ser a mais importante, também é a mais difícil, e a melhor das escolhas que os cônjuges podem decidir juntos. Entretanto, ela deve ser feita com sabedoria, porque essa escolha mudará a vida do casal e são mudanças para toda a vida.

  • Sabemos que em algum momento da vida todos nós teremos que tomar decisões importantes que não podem ser adiadas. Ainda que não estejamos preparados para elas, teremos que escolher, já que algumas decisões não podem esperar, dentre elas, está a de ser mãe depois dos 50 anos.

  • Esta é uma decisão que precisa ser feita entre marido e mulher, ambos precisam decidir juntos se vale a pena ou não gerar um filho com idade mais avançada, pois há vantagens e desvantagens nessa gravidez.

  • Aqui estão os prós e contra da gravidez depois dos 50 anos:

  • Prós

  • Maturidade

  • O benefício de ser mãe depois dos 50 anos está na maturidade. Não existe mais ansiedade em excesso, nem dúvidas se vocês são capazes de serem pais e possuem firmeza para criarem um filho, porque a bagagem, experiências que vocês possuem, os tornam firmes e fortes para ajudar essa criança a passar por tudo o que ela irá precisar para se desenvolver.

  • Estabilidade financeira

  • Geralmente, pais depois dos 50 anos possuem uma estabilidade financeira, pois são autossuficientes em todos os sentidos para proporcionar o melhor para seu filho.

  • Estabilidade emocional

  • Normalmente, após os 50 anos os pais tendem a ser mais seguros de si mesmos e do seu casamento, eles são mais comprometidos com os convênios matrimonias e não temem encarar os desafios que vêm com a responsabilidade de pais. Eles possuem um melhor preparo na correção e ensino do filho em cada etapa da vida dele.

  • Contra

  • Maiores chances de aborto

  • Segundo estudos, mulheres com mais de 45 anos têm até 60% de chances de aborto quando engravidam com os próprios óvulos. Se a partir dos 45 anos já é perigo, imagina depois dos 50 anos? Para os pesquisadores, os riscos tendem a crescer mais ainda.

  • Restrição do crescimento intrauterino

  • Quando o feto não atinge o tamanho esperado ou determinado pelo seu potencial genético, considera-se uma restrição do crescimento intrauterino. Normalmente, ele é identificado clinicamente quando o peso fetal está abaixo do percentil 10 para a idade gestacional.

  • Advertisement
  • Diabete gestacional

  • Geralmente, a diabete gestacional é um problema que surge durante a gravidez e se normaliza sozinha após o nascimento do bebê. A gestante adquire uma quantidade de açúcar no sangue maior que o normal.

  • Pressão alta

  • Normalmente, a pressão alta é um fator preocupante na gravidez, pois acaba gerando um problema gravíssimo que pode causar sérios danos, como levar à grávida e seu bebê a óbito. O problema é conhecido como pré-eclâmpsia, ele elimina através da urina toda proteína do corpo.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Gostou? Compartilhe com seus amigos!

Roberta Preto, 33. Formada como tradutora e intérprete, escritora, mãe. Apaixonada pela vida, em uma eterna busca por conhecimento. Espero que minhas palavras possam ser uma luz na vida das pessoas. Sonho em ajudar a humanidade a tornar-se livre da escravidão da ignorância.

Website: https://pages.hotmart.com/h7009598f/ebook-15-passos-para-educar-um-filho/

Prós e contras da gravidez depois dos 50 anos

Se você deseja engravidar depois dos 50 anos, este artigo vai ajudar você e seu parceiro nos prós e contras da gravidez.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr