10 dicas reais para melhorar sua autoestima e seu casamento

Nervosismo, estresse e insegurança quanto a si mesma são venenos para o casamento. Veja como se sentir mais confiante e salve sua relação.

34,477 views   |   70 shares
  • Por ser mulher, posso afirmar que todas nós temos algum grau de insegurança dentro de nós. Há dias em que o espelho é nosso aliado, mas há outros em que gostaríamos de não ter que encarar nossa imagem. Mas não devemos nos abalar por momentos assim. Não podemos deixar que os dias em que acordamos de mal com nós mesmas sejam mais frequentes que aqueles em que estamos dispostas a buscar a felicidade. O casamento sofre com isso. Mude algumas atitudes. Seu marido vai agradecer.

  • 1. Saiba que ninguém é perfeito

  • Não existe um só ser que nunca tenha errado. Mas há muitos que não aprendem com seus erros e preferem se lamentar em vez de tentar acertar. Acreditam que somente eles passam por infortúnios. Tornam-se introspectivos, afastando aqueles que desejam ajudá-los. O primeiro a sofrer com esse tipo de atitude é a própria pessoa. Em seguida, seu cônjuge. Não permita que isso aconteça a vocês.

  • 2. Diga não à autopiedade

  • Sentir pena de si mesma não ajuda em nada. Quanto maior a autopiedade, menor é a capacidade de olharmos para fora, de enxergarmos as necessidades do outro. Isso desgasta o relacionamento e impede a felicidade do casal.

  • 3. Confie no seu taco

  • Quando vocês se casaram, estavam seguros do amor que tinham um pelo outro. Por que você acha que as coisas mudaram? As pessoas envelhecem, suas responsabilidades aumentam e a atenção se volta para os filhos e para as tarefas cotidianas. Mas não podemos deixar tudo isso sufocar o casamento. Acredite que você e ele, juntos, são indestrutíveis.

  • 4. Ame-se

  • Se você não se ama, não é capaz de amar ninguém. Parece uma bobagem, não é? Mas se colocarmos sempre os outros à frente de nós mesmos, nos esgotaremos. Um dia, vamos olhar no espelho e não nos reconheceremos naquela imagem. Antes de qualquer coisa, façamos o que é preciso para nos sentirmos bem conosco, sempre. Assim, ficará mais fácil cuidar do outro e alimentar positivamente o casamento.

  • 5. “Dondoqueie”

  • Não se sinta culpada por querer fazer uma visitinha ao seu cabelereiro e à sua manicure sempre que achar necessário. Não se culpe por deixar os afazeres domésticos para tomar um suco com uma amiga. Não se culpe por gastar seu dinheiro com coisas para você. Você sabia que o bem-estar de sua família depende disso? São momentos como esses que nos ajudam a recarregar as baterias e a andarmos mais confiantes pelos caminhos da vida.

  • 6. Não se questione tanto

  • Se você não sabe fazer alguma coisa, pergunte. Se não entende algo, peça explicação. Se não gosta de um fato, mude-o. Nós somos o que acreditamos ser. Se nos colocarmos para baixo, criticando a nós mesmos e apontando somente nossos erros, não teremos nenhuma qualidade. Nossos cônjuges não são obrigados a conviver com tamanho pessimismo. Então, cuide de seus pensamentos, pois tudo vai se encaixar sem a necessidade de tanto esforço para atingirmos a perfeição.

  • Advertisement
  • 7. Queira sempre mais

  • A natureza do ser humano é seguir sempre em frente. Então, não podemos nos deixar abater com pequenos reveses. Isso seria o mesmo que doutrinar nossa mente a pensar de forma retrógrada. Em vez de crescer e conquistar, estaríamos lutando para perder tudo o que temos. Buscar melhorias, ter objetivos e manter-se ocupada com trabalhos que enaltecem é acreditar em si mesmo.

  • 8. Cuidado com o ciúme excessivo

  • Saber que é amado e que você acha seu marido a pessoa mais admirável do mundo é ótimo para ele (e para você). Mas sufocá-lo com atitudes incabíveis por não ter segurança de que você é tudo aquilo que ele deseja é o mesmo que pedir para que ele se afaste física e psicologicamente. Não faça isso. Ele está com você porque a ama.

  • 9. Não dê ouvidos ao que os outros falam de você

  • Sempre haverá alguém pronto a fazer críticas e agir de forma negativa quando a vir. Mas, em vez de acreditar no que essa pessoa fala, compadeça-se dela. Ela tem um problema consigo mesma, mas está tranferindo-o a você. Não se deixe abalar pelo que os outros são capazes de dizer ou fazer. A ignorância deles não pode ser a causa do seu sofrimento.

  • 10. Não inveje

  • O olhar das mulheres sempre se volta para o objeto que desejam ter para si. Mas, em vez de invejar o que o outro é ou tem, busque um meio de adquirir essas qualidades. Confie no seu poder. Jamais acredite que você não é merecedora daquilo que conquista. Não inveje os louros alheios, conquiste-os para si.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Compartilhe com seus amigos e familiares..

Fernanda Trida é jornalista, médica veterinária, dona de casa, esposa, mãe de Marcela, com três anos, e de João, com um ano de idade.

10 dicas reais para melhorar sua autoestima e seu casamento

Nervosismo, estresse e insegurança quanto a si mesma são venenos para o casamento. Veja como se sentir mais confiante e salve sua relação.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr