6 dicas seguras para desmamar seu filho adequadamente

Muitas mamães sofrem porque seus bebês ja estão crescendo, e ainda estão mamando. Mas quando chegar a hora, veja como desmamar seu bebê adequadamente.

9,903 views   |   4 shares
  • Desmamar um filho não é tarefa automática, implica disciplina e preparo da mãe e da criança, se possível é algo que deve ser pensado com alguma antecedência para facilitar o momento de desmamar. Alguns critérios devem ser observados antes desta decisão:

    • Certifique-se de que o bebê tenha completado pelo menos seis meses de vida alimentando-se somente do peito.

    • Caso precise interromper a amamentação antes da idade mínima, comunique ao pediatra, pois este irá lhe dar orientações ou indicar uma consulta com uma nutricionista.

    • Permita que ele amamente até os dois anos de idade, intercalando com outros alimentos a partir do sexto mês, assim ele crescerá mais saudável.

    • Siga com a orientação de profissionais até que a criança possa se alimentar de “tudo”, dando preferência a alimentos saudáveis e naturais.

  • Assim como muitas crianças apresentam dificuldade para deixar o peito, é comum que algumas mães também apresentem insegurança, seja pelo apego àquele momento dela com o filho, por medo da reação da criança, ou preocupada em dar outros alimentos. Mas é elementar que isto deva acontecer mais cedo ou mais tarde.

  • Cada uma das minhas filhas reagiu diferentemente ao desmame, porém aconteceu sem grandes transtornos, pois eu já havia me preparado, dando prioridade à saúde e estabelecido limites.

  • Destaquei algumas dicas que considero importantes:

    1. A partir dos seis meses de vida de seu filho, comece a introduzir outros alimentos em sua dieta. Isso não só é outra forma de saciar a fome, mas vai fornecer-lhe vitaminas e aguçar o paladar.

    2. Vá diminuindo gradualmente o número de mamadas diárias, para que seu bebê não sofra com uma interrupção brusca.

    3. Não faça do peito um consolo. Com criatividade é possível distrair, acalmar e ajudá-lo a resolver seus pequenos problemas.

    4. Evite amamentar em público, assim a criança ficará condicionada a mamar quando for oferecido e não a todo o momento. Além disso, você evitará alguns constrangimentos quando a criança estiver maior.

    5. É natural que a produção de leite diminua ou pare, pois é estimulada pelas mamadas, mas se ocorrer que o peito continue produzindo, causando assim desconforto, você pode ir a um Banco de Leite Humano(BLH), caso tenha um em sua cidade, lá você poderá aprender como fazer a ordenha e, se desejar ajudar muitos bebês prematuros que não tem como se alimentar, poderá ser uma doadora. Geralmente os profissionais recolhem o leite em sua própria residência no horário que você agendar.

    6. Reforce o relacionamento com seu filho após desmamar dando-lhe muita atenção e carinho.

  • Advertisement
  • Você também pode conversar com seu médico sobre a utilização de medicamentos que inibam as glândulas mamárias, mas lembre-se que medicamentos podem interromper drasticamente a produção prejudicando assim seu filho. Não se automedique.

  • Curta o inusitado momento quando seu pequeno começa a deliciar-se com variados alimentos, é sempre bem engraçado!

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Clique abaixo para compartilhar

Lília Santos Oliveira graduada em Comunicação Social, Bacharel em Relações Públicas pela Faculdade Juvêncio Terra.

 

6 dicas seguras para desmamar seu filho adequadamente

Muitas mamães sofrem porque seus bebês ja estão crescendo, e ainda estão mamando. Mas quando chegar a hora, veja como desmamar seu bebê adequadamente.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr