Fui traída novamente: Quebrando o ciclo e juntando os cacos

Quando a traição se repete é sinal que a situação ou as pessoas não se transformaram.

12,464 views   |   6 shares
  • Muitos casais passam pelo sofrimento da traição, mas conseguem refazer suas vidas pela valorização dos aspectos positivos da união, pela transformação de atitudes e, essencialmente pelo afeto que os une. Mas quando a traição passa a ser contínua, muita coisa precisa ser revista e reanalisada a favor do equilíbrio emocional das pessoas envolvidas.

  • Caso você esteja vivendo essa situação e seu cônjuge, mesmo diante de seu perdão, voltou a traí-la, reflita sobre as questões abaixo:

  • 1- O que mudou?

  • Faça uma análise sobre a relação de vocês antes da primeira traição e verifique o que mudou até agora. É importante que depois do primeiro perdão vocês dois tenham feito novas combinações, transformando atitudes e reinventado o convívio matrimonial. Apenas voltar e continuar uma relação insatisfatória para ambos não significa nada e a tendência é que a convivência piore e novas traições aconteçam. É importante analisar que: "Trair pode estar relacionado à infelicidade no relacionamento, a uma característica da personalidade, um momento de descontrole emocional e muitas outras razões" segundo matéria deste site.

  • 2- Seu esposo mudou?

  • Uma traição pode ser consequência de uma relação que não vai bem, mas, invariavelmente, é consequência de uma pessoa que não está bem consigo mesma. Ao trair novamente, seu marido pode estar demonstrando que não se transformou, não buscou caminhos que o levassem a agir diferente. Uma pessoa descomprometida com suas próprias escolhas dificilmente será fiel, afinal, não demonstra lealdade nem a si próprio.

  • 3- Você realmente perdoou?

  • Conforme esclarece Eduardo Yabusaki, psicólogo e terapeuta sexual, no site Vya Estelar: "O elo de respeito e confiança, uma vez rompido, precisa ser reconstruído. Isso no dia a dia do relacionamento; é uma tarefa árdua e exigente". Assim, quem opta por perdoar e continuar junto precisa pensar bem, analisar o que vale ou não a pena e, principalmente, se a outra pessoa faz por merecer, isso é, se você acredita que pode dar um novo voto de confiança para ela. Afinal não se pode reconstruir uma relação baseada em cobranças; uma vez que se propôs a relevar, tem que cumprir sua parte.

  • Advertisement
  • 4- Como quebrar o ciclo?

  • A partir da análise das questões acima, podemos concluir que para quebrar o ciclo das traições uma grande transformação precisa ser operada em seu esposo, por ele mesmo, e na relação como trabalho dos dois. Caso nenhum de vocês estejam dispostos a isso, o fim da relação é eminente. Lembre-se que fechar um ciclo representa não deixar que as mesmas situações voltem a abalar você. A ajuda de um profissional pode ser de grande ajuda para que vocês voltem a se comunicar e entendam qual a melhor decisão a ser tomada. O importante é que mudanças aconteçam e que sejam urgentes e significativas, seja no intuito de continuarem juntos ou partirem para uma separação.

  • 5- Como juntar os cacos?

  • Depois de sofrer uma traição é natural que a vida entre em processo de caos, mas é preciso colocá-la em ordem e deixar que o próximo ciclo flua. Ficar amargando o sofrimento só vai piorar as coisas para você. Esqueça a indignação e deixe de tentar responder perguntas do tipo: Como ele foi capaz? e Por que ele fez isso comigo? O melhor a fazer é sair da posição de vítima e enfrentar a situação com a cabeça erguida, afinal você não tem nada a se envergonhar. E se seu marido optou pela separação, vale refletir sobre a afirmação da matéria Como Agir Diante de Uma Traição:"Quando alguém não quer mais a gente, temos que olhar para frente e deixar o resto no passado. Se essa pessoa tiver que ser sua, ela será, e você não será responsável por isso, apenas o tempo".

  • Seja para manter seu casamento ou para aceitar uma provável separação é relevante determinar o fim do caos em sua vida e a quebra definitiva do ciclo das traições. Para tanto será preciso acreditar que a traição não é atributo natural do ser humano e muitos relacionamentos sobrevivem quando os cônjuges se afastam desse engano. Lembre-se que você merece ser feliz e lute por isso!

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Clique abaixo para compartilhar

Mediadora de Conflitos, educadora com MBA em Gestão Estratégica de Pessoas, apresentadora do programa Deixa Disso com dicas de relacionamentos. Dois livros publicados: “Uma fênix em Praga” e “Mediando Conflitos no Relacionamento a Dois”.

Website: https://www.youtube.com/user/SuelyBuriasco

Fui traída novamente: Quebrando o ciclo e juntando os cacos

Quando a traição se repete é sinal que a situação ou as pessoas não se transformaram.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr