Individualidade no casamento: Quais os limites?

Este é um dos assuntos mais incompreendidos nas relações interpessoais. Veja quais são os seus limites na vida a dois.

2,514 views   |   1 shares
  • A maioria de nós está acostumada a lidar com limites. Quando você compra uma propriedade, a escritura define os limites desta em termos jurídicos. Muitas vezes, há uma cerca ou uma árvore que define os limites visualmente. Estes lhe permitem saber o que é seu.

  • Limites pessoais são muito parecidos, pois definem quem você é ao afirmar:

    • O que você vai fazer e o que você não vai fazer,

    • O que você gosta e o que você não gosta, e

    • Quão perto você vai estar de alguém e quão perto você vai deixar alguém chegar de você.

  • Quatro Atributos

  • Limites eficazes possuem quatro atributos. Eles devem ser:

    1. Bondade

    2. Gentileza

    3. Respeito

    4. Firmeza

  • Muitas vezes, a crença é que os limites são maus, desagradáveis, feios, e duros. Isso só produz brigas e consequentemente a perda dos limites. Quando você se sente confortável consigo mesmo os atributos vêm mais fácil, porque você determinou a si próprio ser bondoso, gentil, uma pessoa respeitosa.

  • Este é um dos assuntos mais incompreendidos nas relações interpessoais. Os limites são os seus princípios e valores em ação. Em outras palavras, eles definem o que faz você ser quem é - eles lhes dão a firmeza com a qual os outros podem contar. Você deve se sentir bem sendo quem é tanto quanto se sente bem respirando.

  • Com relação ao amor

  • Limites definem quem você é e também sua maneira de amar. Pense nisso por um momento. É interessante observar a reação de alguém que ouve essa afirmação pela primeira vez. Eles costumam dizer que nunca consideraram esse ponto e querem saber mais. Pense nas pessoas que você realmente gosta que estejam perto. Como elas são? Geralmente elas gostam de ser quem são. Seus valores e princípios ajudam você a se sentir seguro e tranquilo estando com elas, e você acredita que pode confiar em quem elas são. Adicione a esta lista o fato de ser divertido estar com estas pessoas. Agora você tem os atributos de um amigo. Mesmo com o passar do tempo essas coisas não mudam, são constantes e você desenvolve um amor por aquelas pessoas. Os principais pontos são os seguintes: Ter uma definição clara do que é confortável para você e aplicá-la consistentemente.

  • Você é um holograma?

  • Um holograma é uma imagem tridimensional projetada com a aparência de realidade que, porém, é oca e sem substância. Uma pessoa sem limites pode parecer como um holograma, ter toda a aparência de realidade, mas nenhuma essência que se possa alicerçar ou com a qual se possa contar. Os acontecimentos passam através deles, sobre eles, e acima deles. Eles podem facilmente tornar-se um capacho onde os outros limpam os pés. Quando isso foi explicado para uma cliente, ela exclamou com os olhos arregalados, "Oh não... é assim que me sinto. Eu sou a Dora capacho." Lembre-se que os limites lhe dão caráter, solidez.

  • Advertisement
  • Então, Como fazer isso?

  • Considere os seguintes cenários e diálogo sugeridos. Lembre-se que suas respostas precisam ser bondosas, gentis, respeitosas e firmes.

    1. Seu cônjuge lhe chamou por um nome desrespeitoso. Olhe seu cônjuge nos olhos e diga, “Não me chame por esse nome, eu não mereço ser chamado assim e não o faça nunca mais.” Você pode pensar, "Acho que a resposta seria. 'Eu vou chamá-lo por qualquer nome que eu queira. ’" Você, mais uma vez, repete a mesma frase, "Não me chame por esse nome, eu não mereço ser chamado assim e não o faça nunca mais." Então você sai do ambiente. O próximo desafio é como você agirá quando voltar? Afinal, você é bondoso, gentil, uma pessoa respeitosa, e é assim que trata seu cônjuge. Então, o que acontece se o seu cônjuge fizer de novo? Você repete a mesma afirmação, de novo, sem mudar o conteúdo não importa quantas vezes seja necessário.

    2. Seu cônjuge falou com você rudemente, ou zombou de você, ou ridicularizou você na frente dos outros. O processo é o mesmo. "Não fale comigo rudemente (ou não zombe de mim, ou não me ridicularize), eu não mereço ser tratado de maneira rude (ou ser criticado, ou ser ridicularizado), não o faça nunca mais."

  • Duas coisas que você deve saber

  • Primeiro: Você deve certificar-se de que não está fazendo qualquer uma das coisas acima para o seu cônjuge. Não há como esperar um tratamento que você não está disposto a dar.

  • Segundo, e muito importante de entender: As coisas podem piorar antes que fiquem melhores. A razão pela qual isso acontece é que seu cônjuge sabe lidar com você do jeito que você era e agora você mudou. Ninguém quer que você mude, então, a pressão será levá-lo de volta ao jeito que era antes para a sua conveniência. Além disso, você está sendo testado para ver se essa coisa nova é apenas um comportamento passageiro ou se a mudança é real.

  • Este processo tem funcionado muitas vezes e pode funcionar para você, basta manter o controle de si mesmo. Sua reação deve ser transformada em ação.

  • Lembre-se, seja amável, gentil, respeitoso e firme! Seu cônjuge perceberá então o que há em você para ser amado e o amor entre vocês crescerá mais e mais forte.

  • Traduzido e adaptado por Stael Pedrosa Metzger do original How to set personal boundaries in marriage.

  • Advertisement

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Leia o artigo, viva os ensinamentos e compartilhe!

Gary Lundberg is a licensed marriage and family therapist, Joy is a writer and lyricist. Together they present seminars and author books on relationships. Their website is garyjoylundberg.com, email

Website: http://garyjoylundberg.com

Individualidade no casamento: Quais os limites?

Este é um dos assuntos mais incompreendidos nas relações interpessoais. Veja quais são os seus limites na vida a dois.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr