5 paradoxos do casamento que os maridos devem aprender

Ao longo do caminho, percebi que há alguns princípios que parecem paradoxais aos homens e que fazem uma diferença significativa neste que é o mais íntimo dos relacionamentos - O casamento.

749 views   |   1 shares
  • Eu me sentia confiante quanto ao meu conhecimento do que era preciso para ser um bom marido. Eu tinha visto o meu pai e outros grandes modelos, e agora chegara a vez de colocar em prática o que havia aprendido. Mas, de alguma forma, ficou claro que eu não tinha observado o suficiente. O desafio eram algumas coisas que pareciam óbvias para a mente masculina (ou, pelo menos, a esta mente aqui) e simplesmente não funcionou muito bem. Pam e eu estávamos determinados a ter um casamento maravilhoso juntos, no entanto parecia ser eu o causador involuntário de problemas em nosso relacionamento. Ao longo do caminho, percebi que há alguns princípios que parecem paradoxais aos homens e que fazem uma diferença significativa neste que é o mais íntimo dos relacionamentos.

  • 1. Se você quiser ter sucesso, não seja tão ambicioso

  • Depois de seis anos de casados, tomamos a decisão de que eu iria deixar meu emprego seguro e iniciar um empreendimento. Uma semana antes do grande dia, li um artigo de uma revista cuja mensagem era: se você quiser ter sucesso na construção de um negócio você tem que estar disposto a sacrificar todo o resto - incluindo a sua esposa e família, se necessário. Nós, homens, sabemos que temos que pagar o preço do sucesso, temos que nos concentrar, ser determinados, corajosos - todas essas boas qualidades viris. Felizmente, a mensagem do artigo era tão cruamente brutal que uma voz interior parecia um aviso. Imediatamente tomei uma decisão, e disse à minha mulher que eu não iria viver dessa maneira, que ela e nossos filhos estavam no centro da minha vida e se o negócio falhasse então o fracasso estaria no lugar certo. Decidimos que, domingos, segundas e sextas-feiras fossem nossos, deixando o resto da semana disponível para a construção do empreendimento. O enfraquecimento da minha ambição me deu a chance de ter sucesso onde realmente importa.

  • 2. Espontaneidade requer ponderação

  • Esta decisão foi a mais acertada. O problema é que à exceção dos domingos e os outros dois dias combinados, eu estava totalmente focado no meu trabalho, o que deixou um fardo difícil para minha esposa. Ela estava criando sozinha nossa jovem família. Além disso, ela sentia que suas responsabilidades eram de menor importância. Eu tentava periodicamente consertar as coisas trazendo presentes para casa ou tentando fazer algo sem que ela me pedisse. Isso era bom, mas insuficiente. Os grandes gestos têm maior valor quando são a cereja diária do bolo de abraços, de um telefonema rápido, da ajuda com as tarefas, do ouvir realmente - e isso não apenas de vez em quando. Os pequenos atos contínuos de amor valem muito mais que presentes caros, ainda que custem muito menos.

  • Advertisement
  • A propósito, ouvi rumores sobre um estudo que concluiu que os homens que beijam suas esposas ao se despedir para o trabalho a cada dia vivem cinco anos mais. Isso parece um bom investimento de cinco segundos.

  • 3. Se você colocar sua esposa em primeiro lugar, ela vai apoiá-lo em todo o resto

  • Eu descobri um interessante benefício desta partilha cotidiana. Pam está disposta a me apoiar de forma consistente em todas as minhas responsabilidades, até se sacrificando muito, quando ela sabe que eu não faço isso como uma concessão, mas que ela realmente está no centro da minha vida. Isso está além de simples palavras. É demonstrado pelos pequenos atos de bondade e consideração.

  • 4. Casais ganham quando um não ganha

  • Tivemos algumas discussões dolorosas. Nesses momentos, eu não conseguia entender como minha esposa não compreendia minhas explicações detalhadas sobre por que eu estava me sentindo magoado ou injustiçado. Meu instinto masculino indicava que se eu pudesse comunicar-me de forma clara o suficiente, então Pam entenderia minha lógica, me abraçaria e diria que eu estava certo. O que não me ocorreu foi que Pam também tinha sentimentos profundamente arraigados - dos quais eu estava completamente inconsciente. Quando um de nós finalmente suavizou a atitude, buscou ouvir para compreender e valorizar o que o outro estava dizendo, tudo mudou. Às vezes tivemos que pedir desculpas. Na maioria das vezes percebi que eu estava errado. Independentemente disso, o alívio de poder compartilhar, compreender e reconstruir era grande. Eu logo perceberia mais uma vez, que eu estava prestando a Pam um grande desserviço esquecendo-me de ver o melhor dela - e falhando em perceber que havia uma razão para o que ela estava sentindo. Talvez ela estivesse certa, ou talvez errada, mas o casamento não é um jogo de perder ou ganhar. Eu não ganharia nada se de alguma forma marcasse mais pontos que a minha mulher silenciando-a pelo poder do meu argumento ou o volume da minha voz. Se um de nós perde ambos perdem. Meu objetivo não deveria ser ganhar, mas vencermos juntos.

  • 5. Você encontra o que procura quando se perde no serviço ao seu cônjuge

  • O Mestre disse isso da melhor maneira: Você se encontra quando perde a si mesmo no serviço aos outros. Isso é ainda mais verdadeiro no casamento. Pam e eu fizemos uma promessa solene que seríamos sempre fiéis, apoiaríamos e amaríamos um ao outro. Talvez alguns acreditem que, se as suas necessidades ou emoções não estão sendo satisfeitas por seu cônjuge é melhor ir embora e encontrar outro relacionamento. Este é um grande engano. Liberdade e intimidade são os princípios que veem mantendo nossa promessa bem como nosso esforço em colocar o outro em primeiro lugar, sem procurar marcar pontos na criação de um grande casamento, que é o maior paradoxo de todos.

  • Advertisement
  • Traduzido e adaptado por Stael Pedrosa Metzger do original 5 marriage paradoxes for husbands to learn, de Joshua Johnson.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Clique abaixo para compartilhar

Joshua Johson é graduado pela BYU e é publicista para a editora Cedar Fort Inc localizada em Springville, Utah. 

5 paradoxos do casamento que os maridos devem aprender

Ao longo do caminho, percebi que há alguns princípios que parecem paradoxais aos homens e que fazem uma diferença significativa neste que é o mais íntimo dos relacionamentos - O casamento.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr