6 metas financeiras para o casal antes do casamento

O planejamento financeiro deve acontecer antes bem antes do "sim" no altar. Quanto mais organizado e previdente o casal for, menos problemas terão relativos ? s finanças.

18,025 views   |   44 shares
  • O casamento é um dos acontecimentos mais importantes e mais esperados da vida de uma pessoa. Quando os namorados decidem se casar, começam a idealizar muitas coisas: sua família já formada, seus filhos, uma casa bem decorada com um carro na garagem e um bom emprego para manter um padrão razoável de vida.

  • Mas a vida não é um conto de fadas. Cada conquista geralmente é precedida de muito sacrifício. A chave para um casamento de sucesso é o planejamento. Objetivos e metas precisam ser definidos bem antes da cerimônia.

  • O período do noivado é a época perfeita para fazer esse planejamento. O artigo "O bom tempo do noivado: vantagens e preparação" relaciona as áreas da vida em que uma preparação prévia é necessária.

  • Vou falar neste artigo sobre algumas preocupações financeiras importantes que o casal precisa ter antes do casamento.

  • Levando em conta que os problemas financeiros são um dos maiores, senão os maiores, causadores de brigas e dissolução de casamentos, é necessário dar uma atenção extra a esse ponto. Vou dar algumas sugestões que poderão ajudar:

  • 1 – Definir o padrão de vida que terão inicialmente

  • Considero este o ponto inicial da vida financeira do casal. Muitos casais se casam e querem ter um padrão de vida que não podem sustentar. Isso talvez aconteça por alguns motivos:

  • Porque tinham um bom padrão de vida na casa dos pais

  • Muitos jovens não levam em consideração que seus pais levaram uma vida inteira para adquirir seu patrimônio e ter um bom padrão de vida. Eles não podem esperar que em um ano de casados vivam no mesmo padrão.

  • Por competição

  • Infelizmente essa é uma triste realidade. Muitos jovens querem ostentar um padrão de vida, pelo menos, compatível com o dos amigos, primos ou vizinhos. Sentem-se diminuídos se não tiverem um carro, uma casa, mobílias ou tecnologias no mesmo patamar.

  • Deste modo, o casal precisa estar ciente de que vai ter que abrir mão de muito daquilo com que estava acostumado até se consolidar.

  • 2 – Definir o papel de ambos nas finanças da família

  • É comum que durante o namoro e noivado ambos estejam trabalhando. Então, seu planejamento inicial é feito baseado na soma dos rendimentos. Mas é importante estimar por quanto tempo vão poder contar com as duas rendas. E estabelecer bem o papel do marido e da mulher nas finanças da família se faz necessário.

  • Advertisement
  • Vou exemplificar. Muitos casais decidem de comum acordo assumir os papéis tradicionais – ela como mãe e dona de casa, ele como provedor do lar. Para que não seja um baque nas finanças, isso deve ser planejado e não decidido de uma hora para outra.

  • 3 – Definir o tamanho da família

  • Planejamento familiar é a decisão de quantos filhos o casal pretende ter. Vocês podem achar estranho para os dias de hoje, mas conheço vários casais que planejam ter quatro filhos ou mais. Conheço tantos outros que têm muitos filhos. Todos têm uma vida financeira estável justamente porque houve planejamento.

  • É claro que nem sempre um casal terá a quantidade de filho que deseja. Ainda assim, ninguém peca por ser previdente.

  • 4 – Organizar as finanças

  • Este é um assunto que já foi abordado muitas vezes neste site. Todo casal que quer ter uma vida financeira estável precisa ter total controle sobre o dinheiro que entra e o que sai. E fará isso através de um orçamento.

  • 5 – Evitar despesas e dívidas desnecessárias

  • Vocês precisarão se planejar para não comprar tudo o que veem pela frente. Vocês formarão uma família, precisarão destinar os recursos mais para o bem comum do que para o individual. Você vai aprender mais sobre isso no artigo "6 dicas para aprender a viver com o que ganha".

  • 6 – Investir no futuro

  • Vocês devem traçar metas específicas de investimento, como:

    • Estabelecer um percentual do rendimento destinado à poupança.

    • Reservar uma parte da renda para investir na educação.

    • Planejar-se para, no devido tempo, adquirir um imóvel e/ou um carro.

    • Planejar-se de forma a, assim que for possível, contratar um plano de saúde e fazer alguns seguros, como de vida e do carro.

  • Vários outros itens podem ser acrescentados nesse planejamento, conforme a realidade de cada casal. A ideia principal é proporcionar uma tranquilidade financeira logo no primeiro dia de casamento. E manter as rédeas da vida financeira ao longo da vida. Isso não acontecerá a menos que o casal se apoie mutuamente e trabalhe para esse fim.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Compartilhe em um segundo!

Erika Strassburger mora no Rio Grande do Sul, tem bacharelado em Administração de Empresas, escreve e traduz artigos para o site Família, é cristã SUD, pintora amadora de telas a óleo e mãe de três lindos guris, o mais velho com Síndrome de Down.

Website: http://erikastrassburger.blogspot.com.br/

6 metas financeiras para o casal antes do casamento

O planejamento financeiro deve acontecer antes bem antes do "sim" no altar. Quanto mais organizado e previdente o casal for, menos problemas terão relativos ? s finanças.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr