Sintomas a observar se seu bebê tem alergias

Logo que o bebê nasce, a mãe fica cheia de preocupações e uma delas sem dúvida é a alergia. Assunto que sempre causa dúvidas.

10,773 views   |   28 shares
  • As alergias são reações anormais do próprio sistema imunológico a qualquer substância estranha. Poderíamos dizer que é um "exagero" de defesa orgânica. As alergias não são, portanto, doenças, mas trazem sérios problemas à saúde e podem levar à morte em casos graves, por anafilaxia.

  • Podem ser de origem genética ou ambiental. Ou seja, se os pais têm alergias é muito provável que os filhos venham a ter também, além dos fatores ambientais de risco como: umidade, ácaros e baratas, poluição, poeira, fumo, picadas de insetos, animais, fungos, pólen, plantas, produtos químicos e alguns tipos de alimentos e medicamentos.

  • Sintoma de alergia ambiental

  • Pele

    • Manchas avermelhadas espalhadas pelo corpo do bebê, principalmente nas dobrinhas e partes internas dos cotovelos e joelhos.

    • Eczema atópico (pele avermelhada na face).

  • Antes de procurar um médico verifique se há alguns dos seguintes fatores de irritação da pele:

    • Tecidos como lã, sintéticos, náilon ou flanela;

    • Produtos químicos como talco, xampu ou creme hidratante;

    • Sol e calor.

  • Caso haja alguns destes fatores de irritação, elimine-os, se os sintomas persistirem procure o pediatra. Caso a irritação na pele seja acompanhada de vômito e inchaços, leve a criança imediatamente a um setor de emergência.

  • Sintoma de alergia das vias respiratórias

    • Resfriados de longa duração (resfriados e gripes desaparecem em uma ou duas semanas, alergias não).

    • Sintomas de rinite (nariz escorrendo, vermelho e entupido, espirros, olhos lacrimejantes, coceira no nariz, respiração pela boca).

    • Sintomas de asma (bocejos interrompidos, respiração cansada, tosse, chiado no peito, dificuldades para amamentar, falta de ar).

    • Irritação na garganta.

  • Elimine os alérgenos e fatores irritantes das vias respiratórias:

  • Poeira, mofo, animais domésticos, bichos de pelúcia, cortinas, tapetes, carpetes, roupas de lã. O ambiente deve ser arejado e livre de objetos empilhados, excesso de decoração e de tecidos. As roupas do bebê e as de cama e toalhas devem ser lavadas com sabão de coco ou neutro. Não use amaciante perfumado. O quarto não deve ser varrido, deve ser limpo com um pano úmido para não levantar poeira. Só use o aspirador longe do bebê. Evite talcos e loções. Use sabonetes e xampus neutros. A restrição ao fumo é absoluta. Mais dicas aqui.

  • Advertisement
  • Sintomas de alergia alimentar

  • A recomendação para que o bebê só seja amamentado até os seis meses de idade evita o contato com alimentos alérgenos e fortalece o sistema imunológico do bebê. As alergias alimentares podem surgir mesmo antes dos seis meses de idade.

  • Mesmo sendo apenas amamentado o bebê pode apresentar alergias alimentares. Em raríssimos casos do leite materno e mais comum devido a alimentos ingeridos pela mãe. Leite de vaca e ovos ingeridos pela mãe que amamenta podem provocar reações alérgicas em bebês, pois a proteína animal ativa o sistema imunológico e pode provocar reações.

  • Observe seu bebê e caso surjam os seguintes sintomas, procure o pediatra.

    • Diarreia;

    • Sangramento nas fezes;

    • Refluxo gástrico;

    • Reações na pele (urticárias e dermatite atópica);

    • Excesso de gases e inchaço abdominal.

  • Sintomas adicionais:

    • Choro excessivo;

    • Alterações do sono;

    • Reações alérgicas graves: inchaço da face, olhos ou lábios.

  • Caso haja inchaço, procure uma emergência hospitalar,

  • pois esse inchaço pode se espalhar para a garganta bloqueando a respiração.

  • Alergia ou intolerância?

  • Os bebês que já usam outros alimentos além do leite materno podem apresentar alergia ou intolerância a alguns alimentos.

  • Na alergia, os sintomas aparecem rapidamente, às vezes só pelo cheiro ou contato com os alérgenos, como no caso do leite. Já na intolerância, os sinais surgem de acordo com a quantidade ingerida. Os mais comuns são:

    • Glúten - Substância encontrada no trigo, no centeio, na aveia e na cevada. É altamente tóxico para quem tem a doença celíaca (intolerância ao glúten).

    • Lactose – É o açúcar do leite e causa intolerância.

    • Proteína do leite – Nesse caso é alergia. O alérgico não pode ingerir leite ou derivados.

  • Alergias alimentares mais comuns e seus sintomas

  • Leite e derivados

  • diarreia, problemas respiratórios, urticária facial e febre alta.

  • Ovos

  • náuseas, problemas respiratórios, alterações na pele, dor de cabeça, dor de estômago e urticária.

  • Amendoim

  • alteração na pele, inchaço, falta de ar.

  • Soja

  • dor de cabeça como pontada, irritação na pele, inchaço nos lábios, olhos ou outras partes do corpo, coriza, dor abdominal, vômitos, diarreias e, em casos mais extremos, tonturas, falta de ar, obstrução das vias respiratórias e queda de pressão.

  • Advertisement
  • Frutos do mar

  • coceiras pelo corpo, inchaço nos lábios, boca e faringe.

  • Trigo

  • dor de estômago, inchaço, rinite alérgica e asma.

  • (Fonte: site)

  • A maioria das crianças, principalmente as que vivem em áreas urbanas, apresenta algum tipo de alergia. Alergias não são tratadas com antibióticos, mas quando não são bem tratadas podem levar à necessidade do uso destes medicamentos. No geral as alergias são tratadas com anti-histamínicos, corticóides, vacinas, higiene ambiental e dieta restritiva.

  • Procure sempre o pediatra e nunca dê a seu filho qualquer medicamento que não seja prescrito por um profissional de saúde. E não ofereça nenhum alimento além do leite materno até os seis meses de idade.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Gostou? Compartilhe com seus amigos!

Stael Ferreira Pedrosa é escritora free-lancer, tradutora, desenhista e artesã, ama literatura clássica brasileira e filmes de ficção científica. É mãe de dois filhos que ela considera serem a sua vida.

Website: http://tedandoumaideia.blogspot.com.br/

Sintomas a observar se seu bebê tem alergias

Logo que o bebê nasce, a mãe fica cheia de preocupações e uma delas sem dúvida é a alergia. Assunto que sempre causa dúvidas.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr