3 atitudes para resolver problemas de relacionamento familiar

"Não permita que um problema a ser resolvido se torne mais importante que uma pessoa a ser amada".

13,279 views   |   43 shares
  • Assim são as famílias, não há família perfeita, e todas terão algum dia algum problema a resolver. As pessoas, embora da mesma família, são diferentes, pensam de forma diferente, interpretam palavras e situações de forma diferente e, principalmente, agem de forma diferente.

  • Às vezes tanta diferença pode gerar conflitos, atritos e desentendimentos, se não soubermos lidar de modo saudável com essas questões corremos o risco de criar mágoas e feridas que levam anos para cicatrizar, e no pior dos casos, não cicatrizam nunca, provocando rompimentos de laços familiares.

  • Cuidado com as emoções

  • Geralmente tentar corrigir alguém quando se está irritado não é uma boa ideia, espere o clima esfriar, para que se possa conversar sobre o assunto com maior clareza e não movido pela emoção e sim pela razão. Quando reagimos movidos pela emoção podemos ser injustos, inconsequentes e levianos.

  • Não condenar a pessoa

  • Condena-se o erro que a pessoa cometeu, mas nunca a pessoa. Devemos demonstrar que o que é inaceitável é a atitude da pessoa e não a pessoa em si. Por exemplo, se um filho deixou o quarto desarrumado você não deve dizer que é desorganizado porque neste caso você está condenado à pessoa, você deve mostrar a ele que o quarto está desorganizado e precisa ser arrumado, neste caso você demonstra que a atitude não está adequada.

  • Fale sobre seus sentimentos e perdoe sinceramente

  • Falar sobre o que lhe magoou será como purificar o coração e providenciar para que as feridas se cicatrizem, quando guardamos as coisas para nós mesmos teremos dois resultados, ou todo bom sentimento que temos em relação à pessoa será substituído por raiva, ódio e mágoa e a cada coisa mínima se poderá "estourar" em um ataque desmedido, ou você começará a somatizar, ficando até mesmo doente. Perdoar também é essencial para que esse processo de purificação seja completo.

  • Problemas de relacionamento familiar são comuns em todas as famílias, mas o que não é comum é deixar que esses problemas tornem-se maiores dos que os laços familiares que os ligam. Será necessária uma boa dose de altruísmo e humildade, mas seremos muito mais felizes se pudermos ter nossos familiares ao nosso lado sempre.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Gostou? Compartilhe com seus amigos!

Taís Bonilha da Silva, estudante de Psicologia, atua na área da Saúde Mental. Participa do Programa de Monitoria na Universidade na disciplina de Análise do Comportamento. Esposa e mãe de 2 filhos.

3 atitudes para resolver problemas de relacionamento familiar

"Não permita que um problema a ser resolvido se torne mais importante que uma pessoa a ser amada".
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr