4 pensamentos que mudarão seu casamento

Atualmente as taxas de divórcio são altíssimas nos Estados Unidos. Mas você pode tomar a iniciativa de mudar sua própria atitude e, talvez, decidir o destino de seu casamento.

864 views   |   5 shares
  • Às vezes, ser casado é simplesmente difícil. A taxa de divórcio nos Estados Unidos não seria de 50 por cento se todos os casamentos fossem fáceis. Há momentos em que seu cônjuge faz algo que a faz pensar se ele está mentalmente abalado. Ou momentos em que parece que o antes "irritante" agora se tornou insuportável. Nesses momentos, perceba que você pode assumir o controle de sua situação.

  • Eu não posso mudar o outro, eu só posso mudar a mim mesmo

  • Por mais que você goste de pensar que tem algum controle ou influência sobre o seu cônjuge, ele ainda tem a sua própria autonomia. Ele vai tomar suas próprias decisões ainda que você dê ou não conselhos e sugestões. Concentre-se no que você pode mudar. Quando seu marido esquece, pela terceira vez esta semana, de limpar a pia após barbear-se, pense em como você pode se comunicar efetivamente com ele sobre isso ou como mudar seu próprio modo de reagir. Quando ele deixa de elogiá-la por seu novo vestido ou penteado, tente mostrar-lhe como você gosta de ser elogiada. Coloque mais responsabilidade sobre si mesma para fazer o casamento funcionar. Talvez você faça algumas coisas que ele gostaria que você mudasse também.

  • Vocês nunca vão naufragar juntos, vão apenas se afastar

  • A autora do livro "To Love, Honor, and Vacuum", Sheila Gregoire disse que uma vez leu sobre um experimento realizado ao largo da costa do Brasil. "Cientistas", disse ela, "lançaram duas garrafas ao mesmo tempo no oceano. Dentro das garrafas havia mensagens que diziam: 'Entre em contato com este número de telefone para uma recompensa'. Cerca de 100 dias após as garrafas serem lançadas, uma foi encontrada na costa do Equador (ao noroeste, do outro lado do continente sul americano). Da outra não se teve notícia por um ano, mas, eventualmente, foi encontrada na Tanzânia - um país com costa para o pacífico do outro lado da África."

  • Sheila usou essa experiência como uma analogia sobre o casamento. Vocês podem começar no mesmo local, mas a menos que haja um esforço consciente para permanecer, vocês irão se afastar. É natural, mas não inevitável. Ela sugere que maridos e esposas deveriam "fazer coisas juntos - qualquer coisa - todos os dias. Certifiquem-se de rir juntos. Encontrem passatempos. Basta estar juntos. Caso contrário, vocês vão encontrar-se afastados meio mundo de distância, mesmo sem perceberem o que aconteceu..."

  • Concentrar-se em oitenta por cento, e não em vinte por cento

  • Advertisement
  • Outra ideia é fazer um backup da situação por um momento. Talvez uma lista de todas as coisas que você ama em seu cônjuge. O que ele faz que lhe agrada, lhe faz rir ou se sentir amada? Douglas A. Abbott, PhD em estudos sobre crianças e famílias, deu o exemplo de um homem casado que gosta de oitenta por cento das qualidades de sua esposa. Ele aprecia que ela é "uma boa cozinheira e dona de casa, ela o acompanha em muitas de suas atividades de lazer e consegue gerenciar o tempo com sabedoria" e uma série de outros atributos positivos. No entanto, ele não gosta que ela esteja acima do peso, não tão atraente como ela costumava ser, e que ela evite socializar. Em vez de focar nos oitenta por cento da sua mulher que ele realmente ama, o homem escolhe o divórcio devido aos míseros vinte por cento que o incomodam.

  • Tente aplicar isso ao seu próprio relacionamento. As coisas que o incomodam no seu cônjuge são apenas os vinte por cento? E os outros oitenta por cento que realmente o tornam uma pessoa fantástica? Talvez você tenha acabado de se concentrar nas coisas erradas.

  • Faça para si mesmo

  • Há alguns dias decidi que eu tenho a ver com a desordem em casa. Vou realmente me esforçar a partir de agora. O meu marido não fica muito mais satisfeito quando ele chega em casa do trabalho e vê como a casa está bem limpa? Então, eu aspirei a poeira, limpei, varri, pensando o tempo todo que grande surpresa será. Então meu marido chega em casa, exausto do trabalho, estatela-se no sofá e liga a TV sem olhar ao redor nem uma vez. Isso me fez erroneamente pensar no quão pouco ele aprecia meus esforços. Agora eu percebi que há algumas coisas que eu só preciso fazer para mim. Devo concentrar-me na limpeza porque eu gosto de uma casa arrumada. Eu deveria focar no quanto eu gosto de uma boa refeição. Você vai perceber que suas expectativas serão muito mais razoáveis para você e seu marido, e você não vai ficar decepcionada quando ele não a elogiar imediatamente por seu trabalho duro. Afinal, ele é só um homem normal.

  • Traduzido e adaptado por Stael Pedrosa Metzger do original 4 thoughts that will change your marriage, de Katie Nielsen.

  • Advertisement

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Compartilhe agora...

Katie Nielsen se formou em inglês com ênfase em escrita técnica. Ela já foi professora de inglês e é uma escritora com obras publicadas.

4 pensamentos que mudarão seu casamento

Atualmente as taxas de divórcio são altíssimas nos Estados Unidos. Mas você pode tomar a iniciativa de mudar sua própria atitude e, talvez, decidir o destino de seu casamento.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr