4 segredos para construir uma relação perfeita

Confira estas 4 dicas para aprender a falar a mesma língua no casamento, construindo intimidade emocional e blindando seu casamento.

21,664 views   |   25 shares
  • Talvez o pensamento primeiro que nos venha quando tocamos no assunto sobre falar a mesma língua nos lembre de casais de nacionalidades diferentes onde ambos falam línguas diferentes, tentando se comunicar. É interessante notar que muitas vezes conhecemos casais que mal entendem a linguagem um do outro, enquanto outros casais que falam a mesma língua não têm o mesmo sucesso no entendimento.

  • Aqui algumas dicas para aprender a falar a mesma língua que seu cônjuge:

  • 1. Expressar sentimentos negativos de forma construtiva

  • Sentimentos negativos nos vêm de acordo com as diversas situações de vida que temos todos os dias. Dependendo de nossa atitude, poderemos ter momentos de angústia, amargura, decepção, frustração ou ressentimento. Isso é normal a todos os mortais.

  • Para ter um casamento de sucesso porém, é importante que saibamos como expressar tais sentimentos ao cônjuge. Se você joga todas as suas frustrações nas costas do outro de forma descontrolada ou violenta, as consequências para o restante da família podem ser desastrosas.

  • 6 soluções definitivas para melhorar a comunicação no casamento
  • Os sentimentos negativos precisam ser expressados e assim a empatia e o trabalho em equipe ser estabelecido na prática. Falar de algo que não se gosta é mandatório antes que a atitude do outro cresça a ponto de perder o controle.

  • Algumas regras que ajudam a expressar sentimentos de forma construtiva:

    1. Não exagere.

    2. Não compare com outras relações que teve no passado.

    3. Use frases que começam com "Eu" ao invés de "Você". Sempre prestando absoluta atenção a não culpar o outro já que ambos têm responsabilidade numa situação.

    4. Não generalize, seja específico em relação à situação.

  • 2. Ouvir sentimentos negativos sem se defender

  • Ouça o que o outro tem a dizer e tente identificar o sentimento dele. Assuma suas faltas e se desculpe. Isso economiza tempo e imbute respeito e admiração entre o casal.

  • 3. Expressar sentimentos positivos sem inibição

  • Seja afeição, apreciação, aprovação, admiração e respeito. Esses são sentimentos positivos porque geram reações positivas em quem os sente. Faz parte do sucesso do casamento que ambos os cônjuges saibam expressar muitos dos sentimentos positivos, inspirando assim o outro a fazê-lo também.

  • Advertisement
  • 4. Ouvir sentimentos positivos com gratidão

  • Algumas pessoas não aceitam elogios, sentem-se mal, negam ou tentam justificar as coisas boas desmerecendo a si mesmas ou o outro que o diz, julgando-o interessado em algo diferente. Isso precisa mudar. É necessário reconhecer as próprias qualidades, e ser grato quando alguém as reconhece, e dizer apenas "obrigado".

  • 6 segredos para construir intimidade emocional no casamento
  • Enfim, se ambos os cônjuges aplicarem essas regras simples de saber como se expressar e saber ouvir, estarão rumo ao entendimento e aceitação um do outro, e falarão a língua universal do amor.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Clique abaixo para compartilhar

C. A. Ayres é mãe, esposa, escritora e fotógrafa, pós-graduada em Jornalismo, Psicologia/Psicanálise. Visite seu website.

Website: http://caayres.com/

4 segredos para construir uma relação perfeita

Confira estas 4 dicas para aprender a falar a mesma língua no casamento, construindo intimidade emocional e blindando seu casamento.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr