Adolescência feliz: 7 dicas para lidar com o desenvolvimento de personalidade de seu filho

7 dicas para aprender a lidar com as mudanças de personalidade dos filhos através dos anos.

2,615 views   |   1 shares
  • Alguns acreditam que a criança já nasce com a personalidade que apresenta. Já outros dizem que nasce como uma tábula rasa e o ambiente a molda. Outros acreditam que a criança traz parte de sua personalidade e o ambiente também ajuda a aparar as arestas. Isso tudo independe de masculino ou feminino. Seja lá como pensamos, acompanhar o desenvolvimento da personalidade da criança é uma aventura, ora gratificante, ora desafiadora, que depende do amor e respeito dos pais por suas diferenças.

  • Independentemente também do tipo de personalidade de seu filho, algumas regras são inerentes a todos. Algumas dicas de como lidar com as diferentes personalidades que conhecemos de forma que podemos motivar todas elas a serem melhores:

  • 1. Focar sempre no lado positivo

  • Mantenha a atenção nas coisas que seu filho faz bem. Ele, com certeza, possui talentos e habilidades que merecem ser reforçados separadamente de como ele se expressa, sente e reage às circunstâncias. Ouça seus filhos, eles possuem uma inteligência própria, e são sensíveis e admiráveis.

  • 2. Ver o lado positivo nas coisas negativas, e compartilhar com outros adultos que passam o tempo com seu filho

  • Muitas vezes os pais levam tempo a perceber que as diferenças dos filhos em relação às outras crianças, na verdade, são grandes qualidades. Ajude os outros adultos que conhecem seu filho e têm contato com ele diariamente a perceber isso também, como professores, família, pais dos amigos.

  • 3. Ser honesto sobre as diferenças de seu filho em relação às outras crianças

  • Explique-lhe honestamente suas diferenças em relação às outras crianças. Seu filho tenderá a reagir de forma melhor se se sentir entendido e apreciado. Seja flexível e ensine-o a ser tolerante e atento para a diversidade.

  • 4. Não rotular seu filho

  • Jamais faça isso com seu filho e com ninguém mais. Não é porque uma criança reagiu mal a um ensinamento que ela é uma criança má ou desobediente, e deve ser radical no tratamento para com ela. Cada um é um indivíduo diferente, e seus filhos são diferentes de você, quanto mais dos outros.

  • 5. Ensinar seu filho a estar preparado

  • Advertisement
  • Será necessário que seu filho aprenda a fazer e cumprir compromissos na vida. Aprender bons hábitos como ser pontual, estar sempre com roupas limpas e ter o cabelo bem aparado, bem como falar bom linguajar e respeitar os outros, pode prepará-lo para todos os tipos de experiência, independente de sua personalidade.

  • 6. Aceite que ser pai e mãe requer sacrifício

  • Algumas crianças requerem mais energia dos pais que outras. Tenha certeza que você assuma a responsabilidade que lhe cabe como pai ou mãe, e entenda que estes privilégios em sua vida precisam estar equilibrados. Não deixe que problemas no casamento, no trabalho, dívidas, TPM ou qualquer outro influencie na sua condição maternal ou paternal. Faça questão de cuidar de si mesmo(a) também. Descanse quando puder, tenha uma vida equilibrada, com lazer e tempo para cuidar do casamento e das coisas que gosta.

  • 7. Obtenha ajuda

  • Não carregue todos os problemas nas costas, principalmente os que são causados por filhos e suas personalidades. Aprenda a pedir ajuda e a aceitar ajuda do cônjuge, avós, professores, e outros membros da família. Façam atividades em conjunto e esteja sempre estimulando o contato familiar, para que a criança aprenda das outras pessoas, e consiga sentir-se parte de um todo.

  • Diferenças nas etapas do desenvolvimento de personalidade entre filhos pode causar certa frustração nos pais. Às vezes, conhecer outras mães e pais que passam por problemas parecidos pode ajudar, restaurando a necessidade de manter uma boa perspectiva e esperança.

  • Não desista de seu filho. A maioria dos pais e mães passam anos querendo que seu filho seja isso ou aquilo, mas se esquecem de reconhecer que ele já é bom. Admire-o. Ele é um ser vivo, humano, que você ajudou a formar, a criar e a inspirar. E merece o respeito que precisa em casa, pois a vida não ensina com a mesma gentileza.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Compartilhe com seus amigos e familiares..

C. A. Ayres é mãe, esposa, escritora e fotógrafa, pós-graduada em Jornalismo, Psicologia/Psicanálise. Visite seu website.

Website: http://caayres.com/

Adolescência feliz: 7 dicas para lidar com o desenvolvimento de personalidade de seu filho

7 dicas para aprender a lidar com as mudanças de personalidade dos filhos através dos anos.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr