Como melhorar as relações íntimas com seu cônjuge

Existe alguém que tenha relações íntimas perfeitas com sua esposa? Se alguém disser que sim, está em fase de negação ou este artigo não é para ele.

18,969 views   |   9 shares
  • Há muito tempo, de passagem, escutei uma mulher que disse a seu cônjuge: "Você sabe muito sobre sexo. É um crime você não escrever um manual que ensine os homens a satisfazer suas mulheres". Ele imediatamente disse que não, mas ficou pensativo por um instante antes de acrescentar estas palavras ou outras semelhantes: "Não é uma técnica, trata-se na verdade de amar seu cônjuge. De nada adianta ensinar a alguém como e onde tocar, ou o que fazer com as diferentes partes do corpo: o importante é que ele saiba como dar e receber amor. Se o que você deseja é se satisfazer de maneira egoísta, dominar ou experimentar o que viu em vídeos, eu poderia ajudar muito pouco." E o resto desse interessante diálogo se perde nas brumas do tempo. Pensando bem, acho que em grande parte essas palavras poderiam finalizar este artigo. Mas, por precaução, vou acrescentar algumas ideias a mais que eu espero que sejam úteis a vocês, senhores.

  • Sexualidade

  • Para poder dizer como ter relações sexuais melhores devo primeiro definir o que é sexo. Quero dizer, o sexo não é o mesmo para todas as pessoas, e em um extremo temos quem considere que o sexo não é mais do que uma necessidade fisiológica que deve ser cumprida com um corpo, ou seja, quem vê o outro como uma coisa, um meio para obter prazer. No outro extremo estão os que veem o corpo como um símbolo do pecado e em um outro extremo tem quem o veja como o meio de trazer filhos à Terra, somente isso, e nada mais. Eu imagino que neste mapa é possível encontrar outros extremos, mas em meio a todas essas posturas existem tantos pontos de vista intermediários que é impossível fazer generalizações, mas uma coisa é certa: a chave para a construção de relacionamentos bons ou maus é a maneira saudável na qual você as vive.

  • Relacionamentos saudáveis

  • E sublinho a palavra "saudável", pois existem patologias do amor, patologias sociais, patologias da autoestima, por isso, talvez, como uma base para falar das relações sexuais devo começar falando sobre relacionamentos, mas não sexuais, mas humanos. Normalmente você se casa com aquela pessoa pela qual se apaixonou pela primeira vez, e uma pessoa se apaixona de alguém que primeiramente foi seu amigo. Se não houver primeiro uma amizade, ter relações íntimas com alguém sempre será uma sensação que não satisfaz completamente.

  • Corrija-me se eu estiver errado: ter relações sexuais com sua esposa lhe une a ela e fortalece o amor que sentem um pelo outro. Uma das certezas de minha vida é que o prazer das relações íntimas plenas serve para unir marido e mulher na fidelidade, lealdade, respeito mútuo e em um propósito comum.

  • Advertisement
  • Relações perfeitas

  • Portanto, as relações sexuais são muitas vezes uma amálgama de cinquenta por cento de paixão e cinquenta por cento de ternura e respeito. Mas se você permitir que nesta ligação entre um pouquinho que seja de egoísmo, de desejo de autossatisfação, a relação diminui, torna-se uma cópia pirata do verdadeiro amor. Acho que a vida me ensinou que cada um deve ser atencioso e sensível às necessidades e desejos de seu cônjuge. Qualquer comportamento que possa ser entendido por nosso cônjuge como egoísta, indecente ou desenfreado na relação íntima, pode nos levar, em casos extremos, ao abuso ou violência. Mas no mínimo vai levar ao desencanto e, a ambos, ao distanciamento e a perda do amor no relacionamento.

  • Então não há uma questão técnica sobre como melhorar as relações conjugais?

  • Claro. A pessoa tem um dever moral com seu cônjuge de compartilhar pensamentos e ideias. Em um artigo anterior eu dei alguns exemplos sobre como compartilhar suas ideias e ações de maneira ampla. Sobre esse assunto, quero fazer uma advertência muito séria: se você realmente quer aprender a ter melhores relações sexuais, evite a pornografia. Acredito sinceramente que a pornografia é um veneno para os relacionamentos, pois causa, no mínimo, dois danos a pessoa:

    • Porque afeta sua libido, uma dependência psicológica à pornografia, que os especialistas chamam de "anorexia sexual".

    • Porque distorce sua percepção de si mesmo, de seu cônjuge e do que são as relações íntimas.

  • Acredito que você concorda comigo que um homem que tem o hábito de ver pornografia não pode ver uma mulher, nem a si mesmo, da mesma forma que uma pessoa que não tem esse hábito os vê. A pornografia não é inocente, nem tem aspectos didáticos: distorce a percepção das coisas como realmente são. Como disse um amigo: "Quem vê pornografia e depois acha que vai fazer o que viu na cama, é como uma criança que vai ao circo e depois quer brincar de trapézio no teto de sua casa".

  • Então, além desses princípios básicos sobre relações em casal, não há ideias concretas sobre o que poderia ser feito para ter melhores relações com o cônjuge? Sim, é claro.

  • Leia também este outro artigo "6 conselhos para melhorar suas relações íntimas com seu cônjuge", onde lhe dou alguns conselhos práticos que tenho certeza que lhe ajudarão na vida sexual em seu casamento.

  • Advertisement
  • Traduzido e adaptado por Sarah Pierina do original Como mejorar las relaciones intimas con tu pareja, de Oscar Pech.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Nos ajude a divulgar a mensagem...

Oscar Pech nasceu no México, é conselheiro. De seus 50 anos, 26 tem sido dedicados a sua carreira de conselheiro, de escritor, do ensino e do "coaching".

Como melhorar as relações íntimas com seu cônjuge

Existe alguém que tenha relações íntimas perfeitas com sua esposa? Se alguém disser que sim, está em fase de negação ou este artigo não é para ele.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr