Crescimento do bebê: Entendendo cada fase de desenvolvimento

Uma lista de habilidades desenvolvidas do nascimento ao terceiro ano de vida.

1,068 views   |   shares
  • A chegada de um novo membro da família traz consigo uma alegria indescritível!

  • A capacidade de aprendizado do bebê é tão rápida que parece não haver limites para quantidade de estímulos que ele é capaz de assimilar.

  • Para ter uma noção mais exata de cada etapa desse desenvolvimento – e também para se preparar para o que ainda está por vir – confira a lista a seguir:

  • 1ª Etapa: do nascimento aos 3 meses

    • Durante o primeiro mês, o bebê enxerga a uma distância de até 30 cm;

    • O fato de chorar não significa necessariamente tristeza – chorar ainda é a única maneira dele se comunicar com o mundo a sua volta;

    • Acompanha com o olhar objetos que movem e fixa o olhar em cores vibrantes;

    • Movimenta braços e perninhas;

    • Gosta de ser embalado;

    • Demonstra atenção quando falam olhando diretamente para ele e volta-se em direção ao som;

    • Coloca a mão na boca com frequência;

    • Ocasionalmente, levanta a cabeça, mesmo ainda não sendo capaz de sustentá-la por muito tempo.

  • 2ª Etapa: de 3 a 6 meses

    • Sorri quando sorriem para ele;

    • Ri e grita;

    • Olha fixamente nos olhos das pessoas;

    • Brinca com os pezinhos e mãozinhas;

    • Estende a mão para pegar objetos que estejam ao seu alcance;

    • Coloca na boca tudo o que estiver em suas mãos;

    • Gosta de pequenos passeios e observa com atenção tudo a seu redor;

    • Reconhece as pessoas de seu convívio;

    • Consegue manter-se sentado com apoio;

    • Começa a reconhecer o próprio nome;

    • Já começa a balbuciar.

  • 3ª Etapa: de 6 a 9 meses

    • Senta sozinho;

    • Aprende a usar os dedinhos para pegar e soltar objetos por vontade própria;

    • Rasga papéis utilizando as duas mãos;

    • Estica os bracinhos se indicarmos que vamos pegá-lo no colo;

    • Recusa o alimento que não o agrada;

    • Vira-se para trás;

    • Pode começa a engatinhar.

  • 4ª Etapa: de 9 a 12 meses

    • Consegue erguer-se, apoiando nos móveis;

    • Consegue colocar-se na posição sentada e sair dela sozinho;

    • Imita expressões do rosto das pessoas e tenta imitar os sons;

    • É capaz de passar objetos de uma mão para outra;

    • Come com as mãos;

    • Começa a segurar objetos com o polegar e o indicador, em movimento de pinça;

    • Coloca objetos em um recipiente para tornar a retirá-los;

    • Empilha objetos para depois derrubá-los;

    • É capaz de construções simples;

    • Gosta de historinhas;

    • Fala suas primeiras palavras;

    • De mãos dadas, caminha para frente.

  • Advertisement
  • 5ª Etapa: de 12 a 24 meses

    • É capaz de caminhar sozinho ou com pouca ajuda;

    • Rola, pula e imita ações;

    • Persegue e empurra;

    • Abre e fecha portas e gavetas;

    • É muito curioso;

    • Diz “não” com bastante frequência;

    • Reconhece a si mesmo no reflexo do espelho e em fotografias;

    • Consegue tirar os sapatos e algumas peças de roupa;

    • Entende mais do que consegue falar e já capaz de formular frases curtas;

    • Entende o significado dos possessivos “meu” e “seu”;

    • Pede as coisas que quer;

    • Faz muitas perguntas e exige bastante a atenção dos adultos.

  • 6ª Etapa: de 24 a 36 meses

    • Revela se é destro ou canhoto;

    • Expressa amor e raiva;

    • Usa o nome das coisas quando deseja se referir a elas e já combinas várias palavras em uma frase;

    • Consegue se vestir sozinho;

    • Tem um controle maior sobre os esfíncteres – hora de começar a tirar a fralda;

    • Mesmo que não goste de dividir os brinquedos, aprecia brincar com outras crianças;

    • Consegue andar em um triciclo;

    • Continua dizendo “não” com bastante frequência;

    • Já é capaz de andar, correr, dançar, pular e se pendurar nas coisas;

    • Entende instruções simples.

  • É importante ressaltar que as etapas de desenvolvimento variam muito de um bebê para outro.

  • Minha filha mais velha andou sem apoio com 11 meses. Fiquei desesperada quando meus gêmeos, que vieram na sequência, completaram 1 ano sem sequer demonstrar que estavam prestes a andar. O pediatra me acalmou em relação a isso dizendo que ele próprio só andou com 24 meses!

  • Tenha paciência e, qualquer dúvida em relação ao desenvolvimento de seu bebê, converse com o pediatra.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Compartilhe com seus amigos e familiares..

Marilia Condé Aguilar é advogada, escritora, esposa e mãe. Adora pesquisar e está sempre em busca de soluções práticas para ajudá-la a equilibrar suas responsabilidades familiares e profissionais.

Website: http://lar-umpedacinhodoceu.blogspot.com.br/

Crescimento do bebê: Entendendo cada fase de desenvolvimento

Uma lista de habilidades desenvolvidas do nascimento ao terceiro ano de vida.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr