15 soluções naturais para os enjoos matinais na gravidez

Veja soluções naturais para evitar e combater as náuseas matinais durante a gravidez.

4,837 views   |   23 shares
  • Cerca de 80% das mulheres grávidas sentem enjoos, especialmente pela manhã, durante os três primeiros meses de gestação. Eles costumam surgir a partir da quarta semana. Esses enjoos podem ser causados pela mudança hormonal, a queda da pressão arterial e, em raros casos, alterações psíquicas.

  • Para algumas mulheres, os sintomas são bem intensos. Para outras, mais leves. Os enjoos matinais são sintomas bem característicos de uma gravidez. E, para muitas mulheres, esta é a parte mais difícil da gestação.

  • “Como podem atravessar a barreira imposta pela placenta e chegar à circulação fetal”, diz o Dr. Drauzio Varella, “nenhum medicamento deve ser ingerido sem ouvir o obstetra.”

  • O melhor mesmo é buscar uma solução natural contra os enjoos. Veja algumas sugestões:

  • 1. Coma algumas bolachinhas de água e sal ao se levantar pela manhã

  • 2. Respire fundo com a coluna bem reta

  • Ainda na cama, feche os olhos, respire fundo. Estique bem as costas para evitar pressionar o estômago. Tente desviar o pensamento daquela sensação ruim. Fique assim por alguns minutos.

  • 3. Levante-se da cama calmamente

  • Movimentos bruscos podem causar tonturas e, consequentemente, enjoos. Faça isso também ao longo do dia, quando tiver que se levantar de uma cadeira, ou virar para o lado.

  • 4. Não tome água em jejum

  • Primeiro coma algo, depois a tome aos poucos. Você pode pingar umas gostas de limão na água. O limão ajuda a evitar náuseas.

  • 5. Alimente-se a cada duas horas

  • Coma porções pequenas. O estômago cheio favorece as náuseas da mesma forma que o estômago vazio.

  • 6. Cheire casca de limão

  • 7. Evite alimentos gordurosos

  • A digestão desse tipo de alimento é bem mais lenta.

  • 8. Evite alimentos que se transformam em glicose rapidamente no organismo

  • Como doces e os que contêm farinha branca.

  • 9. Evite álcool, cafeína e tabaco

  • 10. Coma Grãos, cereais e alimentos com proteínas

  • Segundo o Dr. Drauzio Varella, “Um estudo mostrou que refeições ricas em proteínas reduzem as náuseas com mais eficácia, do que aquelas com o mesmo número de calorias fornecidas por carboidratos e gorduras”.

  • Advertisement
  • 11. Evite cheiros fortes e enjoativos

  • Se você já não gostava de alguns cheiros antes, tente manter-se longe deles agora. Evite passar perfumes e usar produtos de limpeza com aroma adocicado. Prefira os cítricos. Na cozinha, alguns cheiros podem impregnar o ambiente, como o das frituras. Mantenha o banheiro higienizado. Alguns odores também podem favorecer os enjoos.

  • 12. Saia e respire ar puro

  • 13. Tome líquidos gelados

  • Bebidas geladas e azedas combatem a náusea ao diminuir a hipersalivação que as gestantes costumam ter, enquanto que as bebidas quentes e doces podem piorar o enjoo.

  • 14. Evite dormir logo após as refeições

  • 15. Sobre gengibre, vitamina B6 e acupuntura

  • Em vários sites eles são indicados para reduzir o enjoo matinal em grávidas. Porém, uma matéria publicada neste jornal contradiz essas indicações. Segundo o site, estudos recentes mostram que “embora o gengibre parecesse útil em alguns casos, a evidência geral de sua eficácia era ‘limitada e inconsistente’.O estudo também analisou os dados sobre os suplementos de vitamina B6 e o enjoo matinal, nada convincentes, e analisou a acupuntura, que, de acordo com os pesquisadores,‘não mostrou nenhum benefício significante para mulheres grávidas’.”

  • Mesmo não havendo fortes evidências de eficácia no uso desses tratamentos, dizem os pesquisadores, as mulheres podem usá-los, desde que consultem seus médicos.

  • Observação importante

  • Se você está com náuseas e vômitos severos e constantes, converse com seu médico. Eles podem causar desidratação e desnutrição, o que, às vezes, requer hospitalização e prescrição de medicamentos.

  • Segundo este site, ”Em casos graves, tal é a intensidade e a frequência de vômito, que a perda de líquidos, eletrólitos e nutrientes é suficiente para causar desidratação, desnutrição e alterações na acidez do sangue. Esta condição é chamada hiperêmese gravídica (HG) e necessita de internação e administração de fluidos parenterais.”

  • Advertisement
  • Este estado traz consequências graves não só para a mãe, mas para o bebê. Segundo este site, “uma pesquisa publicada no Journal of Developmental Origins of Health and Disease, [mostra que] bebês nascidos de mães que tiveram HG são 3,6 vezes mais suscetíveis a desenvolver ansiedade, transtorno bipolar e depressão na vida adulta.”

  • Sendo assim, faça o que estiver ao seu alcance para evitar náuseas e vômitos. Não hesite em procurar ajuda, sempre que necessário. É a sua saúde e a do seu bebê que estão em jogo.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Se gostou, compartilhe o artigo...

Erika Strassburger mora no Rio Grande do Sul, tem bacharelado em Administração de Empresas, escreve e traduz artigos para o site Família, é cristã SUD, pintora amadora de telas a óleo e mãe de três lindos guris, o mais velho com Síndrome de Down.

Website: http://erikastrassburger.blogspot.com.br/

15 soluções naturais para os enjoos matinais na gravidez

Veja soluções naturais para evitar e combater as náuseas matinais durante a gravidez.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr