Os sinais mais comuns e os sintomas da dentição nos bebês

Enquanto alguns bebês passam pelo período de dentição tranquilamente, outros ficam agitados, irritados e choram com intensidade. Veja quais os sinais mais comuns de que os dentinhos estão nascendo, e o que pode ser feito.

12,817 views   |   36 shares
  • Os dentes de leite começam a despontar, em geral, a partir do sexto mês de vida, um a cada mês.

  • Normalmente, nascem primeiro os incisivos centrais da arcada inferior, seguidos pelos dentes circunvizinhos. Os próximos são os incisivos centrais da arcada superior.

  • Mas nem sempre é dessa forma. Tanto a ordem do nascimento dos dentes pode variar – podendo começar, até mesmo, pelos incisivos laterais – quanto a idade em que a dentição se inicia. Não é tão incomum ver crianças tendo seu primeiro dentinho aos três ou aos 10 meses. A erupção precoce ou tardia dos dentes, em geral, não é sinal de patologia alguma.

  • No entanto, alerta a odontopediatra Carmem Sílvia P. de Carvalho, “muitos bebês podem ter sua dentição mais lenta, com erupção do primeiro dentinho aos 12 meses."Ela alerta a procurar"sempre um profissional especializado para que a boca do bebê seja examinada. Embora os casos de não formação dos dentes de leite sejam muito raros, as ‘anodontias’, como são chamadas, podem ocorrer e serem parciais ou totais.”

  • Veja quais sinais indicam que seu bebê está em fase de dentição:

  • 1. Salivação excessiva

  • O bebê está sempre com o queixo e a região do tórax úmidos. É importante protegê-lo com um babeiro (ou babador) para que ele não se resfrie nem fique assado. É comum que os bebês, em fase de erupção dos dentes, fiquem assados nas bochechas, queixo e pescoço. Por isso, proteja a pele dele com pomada contra assaduras, além de trocar a sua roupinha a qualquer sinal de umidade.

  • 2. Agitação acima da média

  • A agonia que sente faz com que ele se movimente incansavelmente. A agitação pode até mesmo interferir no seu sono.

  • 3. Coceira na gengiva

  • É algo que realmente incomoda. Ele coloca as mãozinhas na boca, ou qualquer outra coisa que tiver nas mãos. Por isso, cuide para que ele não tenha acesso a nada contaminado.

  • Advertisement
  • 4. Gengivas inchadas e avermelhadas

  • Além do inchaço e vermelhidão, podem surgir alguns hematomas na região em que os dentinhos estão despontando.

  • 5. Irritabilidade e choro intenso

  • Ele joga os brinquedos longe e fica, em algumas ocasiões, inconsolável. Muitos médicos defendem que a gengiva não dói durante o processo de dentição. Eles atribuem o choro da criança ao desconforto causado pela coceira e outros sintomas relacionados ao episódio.

  • 6. Febre baixa

  • Em torno de 38 graus.

  • 7. Perda do apetite

  • 8. Vômitos e diarreias ocasionais

  • A salivação excessiva provoca um acúmulo de enzimas no estômago que acaba causando vômitos. Mãozinhas sujas e objetos contaminados por bactérias e vírus entram no organismo causando além de vômitos, diarreias.

  • Veja o que pode ser feito para aliviar os sintomas:

    • Providencie mordedores de silicone gelados. Seria interessante comprar dois. Vá alternando de forma que enquanto ele usa um, o outro fica no gelo.

    • Dê-lhe líquidos bem frios, como gelatina e iogurte. Além de aliviar os sintomas, vão hidratá-lo, pois ele pode perder muito líquido durante a salivação e a diarreia.

    • Leve ao pediatra. Ele vai avaliá-lo e, se julgar necessário, poderá indicar um medicamento para ser aplicado no local. Não esqueça de que, até o primeiro ano de vida, o bebê deverá ser levado mensalmente ao pediatra para consultas de rotina.

  • As reações ao processo de dentição variam de criança para criança. Alguns bebês passam por essa fase apresentando poucos sintomas, e reagindo tranquilamente a eles. Outros, porém, têm vários sintomas intensificados.

  • A dentição estará completa (20 dentes) até o terceiro ano de vida. Conforme o bebê vai crescendo e os demais dentinhos vão surgindo, os sintomas vão se tornando cada vez mais brandos, pois seu organismo estará mais maduro e o processo de dentição não será mais novidade para ele.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Nos ajude a divulgar a mensagem...

Erika Strassburger mora no Rio Grande do Sul, tem bacharelado em Administração de Empresas, escreve e traduz artigos para o site Família, é cristã SUD, pintora amadora de telas a óleo e mãe de três lindos guris, o mais velho com Síndrome de Down.

Website: http://erikastrassburger.blogspot.com.br/

Os sinais mais comuns e os sintomas da dentição nos bebês

Enquanto alguns bebês passam pelo período de dentição tranquilamente, outros ficam agitados, irritados e choram com intensidade. Veja quais os sinais mais comuns de que os dentinhos estão nascendo, e o que pode ser feito.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr