Decidindo entre amamentar e dar mamadeira

Amamentar o bebê é uma das mais sábias decisões que a mãe pode tomar. Mas quando condições adversas impedirem-na de tal tarefa, o contato corpo-a-corpo deve ser mantido.

1,372 views   |   1 shares
  • Poucas coisas podem ser tão prazerosas para a mãe e o bebê quanto a amamentação. Alimentar o filho no peito nunca foi tão encorajado pelos profissionais da saúde como é atualmente. Isso porque, conforme centenas de estudos já feitos, o leite materno e ato de amamentar proporcionam ao bebê todos os nutrientes necessários para um bom desenvolvimento e também estimula o fortalecimento do vínculo afetivo entre mãe e filho.

  • No entanto, embora seja tão maravilhoso amamentar, não é sempre que a mãe pode cumprir com essa tarefa. Os motivos podem variar e vão desde problemas com a pegada do bebê no bico do peito ou machucados na mãe, como bico rachado, por exemplo, até a própria decisão da mãe que pode não sentir vontade de amamentar.

  • Vantagens da amamentação

  • Está mais do que provado que o leite materno é o melhor alimento para o bebê, e deve, de preferência, ser dado a ele exclusivamente até os seis meses de vida. Ou seja, até o sexto mês do bebê, se a mãe estiver em boas condições, nenhum outro alimento precisa ser introduzido na alimentação da criança. Estudos apontam muitas vantagens na amamentação exclusiva até os seis meses de vida e até os dois anos acompanhada de outros alimentos, tais como:

    • Aumenta os laços afetivos entre a mãe e o bebê.

    • O leite materno contém todos os nutrientes necessários ao bebê e em quantidades adequadas.

    • Evita alergias e infecções no bebê.

    • Alimento fácil e está sempre na temperatura ideal.

    • Não prejudica a dentição e a fala.

    • Muitas outras.

  • Mitos

  • A informação está a favor de todas as mães atualmente. Por isso, alguns mitos muito ouvidos pelas avós das mamães das gerações atuais podem ser desconsiderados.

  • Um dos mais comuns é de que o leite materno é fraco. Tal afirmação é totalmente errônea, pois ele é o melhor alimento do mundo, conforme explica detalhadamente este artigo. O caso é que muitas mães esperam que o leite humano tenha a mesma densidade do leite de vaca, mas eles são diferentes. Por isso, tenha em mente que nenhum outro alimento pode ser comparado ao leite materno, que possui tudo o que o bebê precisa para crescer bem e saudável.

  • Casos isolados

  • Advertisement
  • Não há a menor dúvida que amamentar é, de longe, muito melhor do que dar mamadeira. De acordo com este estudo, o leite materno quase nunca é prejudicial para a criança. Quando houver dúvidas, consultar um médico é sempre a melhor opção, mas são raros os casos em que a mãe deve deixar de amamentar ou substituir o leite materno por outros tipos de leite, mesmo quando se tratar de doenças. Quando as mães estão com feridas nos seios, parar de amamentar também não é adequado, já que elas quase sempre são curadas facilmente, bastando que a mãe aprenda a amamentar de forma correta. Por isso, a mãe deve fazer o tratamento enquanto mantém a amamentação.

  • Este artigo dá orientações sobre os casos isolados de mães que deverão substituir o leite materno por outros tipos de leite ou pela mamadeira. Ainda assim, cada caso deve ser tratado de forma exclusiva, e a mãe sempre deve procurar o médico antes de tomar a decisão de substituir a amamentação pela mamadeira e outros tipos de aleitamento.

  • Se a mãe precisar dar a mamadeira, é importante que ela mantenha o contato direto com o bebê, ou seja, ela deve segurá-lo no colo para dar de mamar, e não deixá-lo sozinho. Mesmo quando a mãe precisar trabalhar fora, a amamentação pode continuar sem problemas, até os dois anos ou mais do bebê. Para mais informações sobre os benefícios incontáveis da amamentação, assista a este vídeo produzido pelo Ministério da Saúde. E lembre-se: em caso de outras dúvidas, recorra ao ginecologista.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Nos ajude a divulgar a mensagem...

Márcia Denardi é jornalista, musicista e uma mãe e esposa loucamente apaixonada pelos filhos e pelo marido. Tem como objetivo profissional usar a informação para fortalecer as famílias. Curta a fan page www.facebook.com/blogmarciadenardi.

Website: http://marciadenardi.blogspot.com

Decidindo entre amamentar e dar mamadeira

Amamentar o bebê é uma das mais sábias decisões que a mãe pode tomar. Mas quando condições adversas impedirem-na de tal tarefa, o contato corpo-a-corpo deve ser mantido.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr