Como preparar sua casa para emergências

Como tornar sua casa um porto seguro contra as tempestades da vida.

145 views   |   shares
  • A velha estorinha infantil dos três porquinhos contém uma lição muito importante: é preciso estar preparado para os infortúnios da vida.

  • Ninguém espera pelas situações de emergência, elas simplesmente acontecem e pegam a grande maioria despreparados. Na verdade, ninguém gostaria de ser como os personagens da estória que saem correndo em busca de socorro, mas poucos estão dispostos a construir uma “casa de tijolos”, porque dá muito trabalho e quando tudo vai bem, isso parece absolutamente desnecessário. Mas, se você tem o desejo de tornar seu lar um refúgio do mundo não somente no sentido espiritual, seguem algumas dicas de como fazê-lo. Escolha os itens que forem possíveis e estiverem ao seu alcance no momento, e lance metas a longo prazo sobre os demais que achar relevantes.

  • 1. Produção alimentícia caseira

  • Se você tem um espaço grande de quintal, pode considerar o cultivo de algumas árvores frutíferas. As hortas são uma grande ajuda em caso de crises de abastecimento nos mercados ou crises financeiras pessoais. É possível cultivar muitos tipos de verduras e legumes em espaços pequenos, dê preferência aos que sua família mais gosta de comer. Uma segunda milha seria para quem mora na zona rural: a criação de galinhas (para carne e ovos) e uma vaca (para leite).

  • 2. Armazenamento

  • Obviamente , não é viável produzir em casa tudo que consumimos, mas é possível armazenar grande parte do que costumamos usar ao preparar as refeições, existem várias técnicas que aumentam a durabilidade dos alimentos e também muitos produtos com data de validade de muitos anos, como alguns enlatados, por exemplo. Quem se dispõe a fazer um armazenamento, no entanto, precisa organizar um rodízio de consumo, e não simplesmente esquecer tudo guardado. Seguem alguns itens interessantes para armazenar além de comida:

    • Água potável.

    • Roupas/Agasalhos.

    • Cobertores.

    • Kit costura.

    • Lanternas/Pilhas ou baterias.

    • Produtos de higiene (papel higiênico, sabonetes, álcool em gel, detergentes, esponjas, sabão em pó, cloro, etc).

    • Kit primeiros socorros.

    • Remédios da família.

    • Extintores.

    • Gás de cozinha.

    • Ferramentas.

    • Meios de cozinhar sem gás (churrasqueira ou tijolos para fazer uma armação, carvão ou lenha, fósforos, grelhas, etc).

  • Advertisement
  • 3. A casa

  • Verifique que o telhado tenha telhas (à prova de granizos) presas firmemente para que não se soltem em caso de uma ventania mais forte. Verifique também que o madeiramento e forro ou laje estejam em boas condições. As paredes não devem ter trincas, infiltrações ou mofos e as portas/janelas precisam ser fortes e resistentes, além de não permitir a passagem de vento.

  • Quanto à localização, dê preferência a lugares altos, sem risco de enchentes, longe de barrancos, sem risco de deslizamentos, e muito longe de vulcões, mesmo os inativos. E em caso de prédios ou áreas abertas com árvores altas, confirme a existência de um pára raios bem instalado.

  • No Brasil, não costuma haver furacões ou terremotos, mas um passo além para quem gosta de ser prevenido seria a construção de um abrigo subterrâneo para proteção em caso de furacões, e construções resistentes à terremotos.

  • Outra coisa bem acessível e super importante é a instalação de mais de uma caixa d’água, essa é uma excelente forma de armazenar água porque mantém todo fluxo em movimento, sendo sempre renovado. Adquirir um gerador de energia elétrica também pode ser uma medida preventiva muito útil.

  • 4. Documentos

  • Guarde todos os documentos importantes juntos ou próximos em lugar seguro e alto. Por exemplo: certidões, cartões, diplomas, certificados, contas pagas, garantias, históricos, fotos, cartas, recordações, e tudo que tenha valor sentimental, que não possa ser reposto futuramente. A ideia de agrupar esses materiais, ao invés de deixá-los espalhados em cantos diferentes da casa, é a facilidade de pegar tudo rapidamente caso precise sair de repente. Apesar de não ser muito provável, existem várias possibilidades da necessidade de evacuação ou fuga.

  • 5. Reserva financeira

  • Por mais que sua casa esteja preparada, ter dinheiro guardado, no mundo de hoje, é uma das maiores seguranças. Quer seja depositado na tradicional poupança, ou em outras aplicações, o importante é que seja uma prática constante, separando suas economias mês após mês, ano após ano. Em caso de qualquer imprevisto, como doenças, acidentes ou viagens inesperadas, as reservas são literalmente um tesouro. Pode ser interessante guardar um pouco de dinheiro em casa também, em caso de impossibilidade de se chegar ao banco.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Compartilhe em um segundo!

Suzana A. Ribeiro é autora dos livros: O Elo Forte, uma história contada por quatro gerações, Um Sonho Distante, o que existe além da memória e está escrevendo o terceiro volume da série.

Website: http://escritorasuzanaribeiro.blogspot.com.br/

Como preparar sua casa para emergências

Como tornar sua casa um porto seguro contra as tempestades da vida.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr