Lar-Doce-Lar

? Dicas de regras básicas que precisamos ter em casa para a boa convivência da família.

6,539 views   |   24 shares
  • É de conhecimento de todos que, qualquer sociedade, mesmo que seja apenas um pequeno aglomerado humano, entrará num caos caso não haja leis. O mesmo se aplica aos lares que não possuem regras.

  • Quando se fala em regras e leis, erroneamente se pensa que é um mecanismo de controle ou que é muito “chato” cumpri-las. Muitos até veem como uma maneira de tirar a liberdade. Mas o objetivo das regras é o oposto disso tudo. É através delas que há a civilidade e ordem em tudo. Através delas é que há harmonia em se viver em comunidade.

  • Nossos lares precisam de regras específicas para que sejam “lar-doce-lar”.

  • 1. Respeito

  • A primeira regra dentro de qualquer lar deve ser o respeito mútuo entre os membros da família. Com respeito, não haverá brigas, nem sentimentos feridos. Com respeito, cada um sabe medir seu próprio espaço e quando está invadindo o do outro. Use sempre as palavras mágicas: com licença, por favor, obrigado, desculpe.

  • 2. Horários

  • Como cada membro da família possui certos horários, como escola, trabalho, etc., é importante que todos saibam a agenda de cada um, como horários que levantam, vão para a escola/trabalho, dormir, almoço, jantar e por aí afora. Se todos contribuírem para ajudar com os horários de toda a família, será uma casa de ordem.

  • 3. Designações

  • Todos precisam de designações nas tarefas domésticas, inclusive os pequenos. Reúna a família e decida o que cada um pode contribuir para o bem estar do lar. Tarefas como lavar/secar/enxugar a louça pode haver uma rotatividade, assim como lavar o quintal, etc. Há uma infinidade de pequenas tarefas que podem ser distribuídas de forma a não sobrecarregar ninguém.

  • 4. Tolerância

  • Muitas vezes temos que ser tolerantes com nossos familiares. Isso não quer dizer que iremos concordar com coisas erradas, mas seremos compreensíveis com eventuais deslizes dos outros. Como dizem por aí: se levarmos à risca o “olho por olho e dente por dente”, haverá um monte de cegos banguelos.

  • 5. Os opostos

  • Implante a regra dos oposto. É bem simples:

  • Sujou. Lave.

  • Molhou. Enxugue.

  • Bagunçou. Organize.

  • Etc.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Compartilhe em um segundo!

Marcelo Bighetti é brasileiro. Além de escritor de fantasia e ficção científica é designer gráfico.

Contato através do email mbighetti@gmail.com ou pelo blog www.marcelobighetti.blogspot.com.

Lar-Doce-Lar

? Dicas de regras básicas que precisamos ter em casa para a boa convivência da família.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr