6 passos para abordar alguém que possui problemas com drogas

O problema com drogas é algo muito sério, mas na maior parte dos casos a pessoa que enfrenta esse problema não sabe ou não quer ajuda dos familiares ou amigos.

5,793 views   |   23 shares
  • O problema com drogas tem sido um grande mal para a sociedade e as famílias. Infelizmente muitas das pessoas que só experimentam algum tipo de droga posteriormente se tornam viciados. Esse não é um problema exclusivo dos jovens e tem se propagado em todas as classes sociais e em diversas faixas etárias.

  • Para que se possa ajudar alguém que está com esse problema de vício em drogas é necessário muita habilidade e paciência. Veremos algumas atitudes que podem ajudar na hora de conversar com alguém que enfrenta esse tipo de problema:

  • 1. Avalie a amizade

  • É muito provável que a pessoa com quem você vá falar não tenha reconhecido ou não queira admitir que precise de ajuda, nesse caso, é importante você avaliar o grau de amizade e intimidade que tem com essa pessoa, pois isso pode abalar e até destruir o relacionamento de vocês. Se achar que não existe um relacionamento de confiança desenvolva-o para depois abordar esse assunto.

  • 2. Tenha paciência

  • Como se trata de um vício, por mais que a pessoa queira, não conseguirá mudar de um dia para o outro. É necessário ter muita paciência e não pressionar. Pode ser que algumas vezes você pense que não conseguirá, mas tenha paciência. Aos poucos, verá os frutos do seu esforço, mesmo que seja em longo prazo. Caso a pessoa tenha uma recaída, mostre que não aprova, mas seja tolerante e saiba que isso infelizmente acontece na maior parte dos casos, então continue.

  • 3. Seja sutil

  • Provavelmente a pessoa não será receptiva à sua abordagem, sendo assim, seja sutil. Comece conversando sobre outras coisas para que ela se sinta à vontade para conversar e, quando ambos estiverem mais confortáveis, puxe um assunto que levará ao seu objetivo. Não pense que ir direto ao assunto ajudará a ser mais franco e, principalmente, não tenha pressa para falar tudo que deseja. Vá com calma, caso contrário, a pessoa irá se contrair.

  • 4. Converse

  • Para ajudar de modo eficiente você precisa saber os sentimentos, pensamentos e ponto de vista da outra pessoa, então saiba ouvir e permita que ela se abra, ouça atentamente para ver como poderá ajudar. Se só você falar na conversa é pouco provável que suas palavras surtam algum efeito significativo. Ao invés de dizer o que deve ser feito, faça perguntas para que a pessoa reflita e procure uma resposta, assim ela mesma pensará nas atitudes que precisa tomar.

  • 5. Fale a verdade

  • Seja sincero ao falar com seu amigo e depois de terem um relacionamento de confiança fale clara e abertamente a respeito dos pontos que ele precisa mudar e por que é necessário que ele mude. Demonstre um amor verdadeiro sempre que repreender para que ele não ache que você só está querendo exercer controle ou domínio sobre ele. Não invente histórias para impressioná-lo. Se você quiser falar sobre outras pessoas e assim fazê-lo pensar a respeito de suas atitudes e as consequências que podem ter futuramente, sempre utilize histórias e pessoas reais, isso dará credibilidade ao que você está falando.

  • Advertisement
  • 6. Encaminhe para um especialista

  • Por mais que você tenha boa vontade e queira ajudar pode ser que em alguns aspectos sua capacidade de ajudar esteja limitada por não ter passado pelas mesmas experiências. Então sempre que possível incentive a busca por um especialista e clínicas de recuperação, assim a pessoa terá contato com outras pessoas que tiveram o mesmo tipo de problemas e conseguiram superar o vício.

  • A melhor forma de abordar os problemas com drogas é antes que eles surjam. Converse o quanto antes com seus filhos a respeito desse assunto tão delicado e tão presente nos dias de hoje, mostrando a eles as consequências que uma experiência pode ter. Faça-os saber, que mesmo que experimentem só uma vez, pode fazer um grande mal para sua saúde e trazer grandes problemas para a família. Se você não conversar com seus filhos sobre isso, pode ser tarde demais e se torne muito difícil a solução do problema.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Nos ajude a divulgar a mensagem...

Moroni Ataide nasceu em São Paulo é Redator e Publicitário. Já trabalhou com revisão e edição de textos, monitoria de qualidade e com treinamenos de desenvolvimento pessoal.

6 passos para abordar alguém que possui problemas com drogas

O problema com drogas é algo muito sério, mas na maior parte dos casos a pessoa que enfrenta esse problema não sabe ou não quer ajuda dos familiares ou amigos.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr