Como superar a insegurança

Aprenda um exercício simples para tornar-se autoconfiante instantaneamente.

1,902 views   |   shares
  • A palavra segurança é oriunda do latim s?c?rus, que significa livre de perigo. Com a adição do prefixo in, obtemos a palavra insegurança,que por sua vez significa não seguro, não firme. Desta forma, o indivíduo inseguro é caracterizado por experimentar tensão quando exposto a situações sociais em que acredita estar sendo julgado por outras pessoas. Quando colocado diante de uma plateia, de um entrevistador ou mesmo de uma pessoa por quem tenha um interesse especial, a pessoa insegura sente-se literalmente ameaçada, e seu corpo apresenta uma reação bastante similar a que teria caso fosse colocado na frente de um urso feroz. O corpo se prepara para lutar ou fugir.

  • É importante que você compreenda que é perfeitamente natural sentir-se um pouco inseguro frente a situações sociais que o coloquem fora de sua zona de conforto. Até os mais bem renomados oradores, atores e políticos dizem sentir-se desta maneira antes de boa parte de suas apresentações. Nós sabemos, entretanto, o quanto nosso desempenho pode ser limitado quando estamos nervosos, por isso é muito importante aprender a lidar com suas inseguranças e vencê-las.

  • Neste artigo, você aprenderá um exercício simples e eficiente que o ajudará a enfrentar situações difíceis, como uma entrevista de emprego ou uma apresentação em público, com mais autoconfiança.

  • Nosso exercício se passará em torno de duas premissas: a primeira é que alterando conscientemente sua linguagem corporal, você torna-se capaz de mudar seu humor. A segunda premissa é que você é capaz de associar sentimentos (como alegria, raiva, autoconfiança, etc.) a determinados gestos, sons, ou a quaisquer outros estímulos externos. Essa associação é feita a um nível subconsciente e é conhecida como reflexo condicionado. Depois de criada, essa associação pode ser usada para fazer com que esses sentimentos venham à tona instantaneamente, bastando para isso que o estímulo externo se repita. Em outras palavras - e isso é tudo que você precisa compreender - você pode transformar um gesto específico (como, por exemplo, um estalar de dedos) em um gatilho emocional para a sensação de autoconfiança.

  • Nosso exercício é constituído de três fases simples:

  • Primeira fase: A postura

  • A primeira parte do nosso exercício se baseia na compreensão de regras simples de linguagem corporal. Você com certeza sabe quem é o superman. Nos quadrinhos, não por acaso, o homem de aço é frequentemente desenhado com o peito estufado, pernas separadas, cabeça erguida e com os braços dispostos de maneira que os punhos acabem apoiados na própria cintura. Essa posição foi escolhida para o maior dos heróis por transmitir a impressão de autoconfiança. Basta ver o herói nesta posição, e nós logo associamos a ele um grande poder pessoal.

  • Advertisement
  • Nosso exercício se inicia com você tomando essa mesma postura, ou seja, imitando a pose do superman, porém, com uma pequena alteração inicial. Coloque-se de pé, em uma postura ereta, e depois levante o queixo de maneira que ele fique paralelo ao chão. Os braços, entretanto, devem inicialmente estar relaxados, paralelos ao seu corpo (e não com as mãos na cintura, como faz o super-homem).

  • Segunda fase: visualização

  • Depois de assumir essa linguagem corporal, queremos que você relembre um momento de sua vida no qual tenha se sentido completamente cheio de autoconfiança. Pode ser um show de mágica que você tenha apresentado para sua família quando era uma criança; pode ser uma entrevista de emprego na qual tenha se sentido totalmente seguro e confortável; pode até mesmo ser o dia em que abordou seu cônjuge pela primeira vez; qualquer momento é válido.

  • Agora feche seus olhos, relembre esse momento com o máximo de detalhes. Lembre-se das cores, dos sons que você ouviu, do cheiro no ar. Veja as pessoas ao seu redor, como parecem impressionadas com seu desempenho e felizes por tê-lo ali. Agora, caso ainda não o tenha feito, reincorpore-se na cena, reviva o momento. Perceba que para você as pessoas em volta parecem insignificantes, cada indivíduo nas proximidades está lá apenas para colaborar com o seu show.

  • Agora volte sua atenção para dentro de si. Observe como seus braços e pernas parecem mover-se de maneira precisa, coordenada; perceba sua respiração profunda e relaxada. Agora, se você desejar, pode inclusive notar a maneira com que seu coração bate de forma regular, tranquila, enquanto uma incrível sensação de poder e confiança parece crescer dentro de seu peito e se espalhar por todo o corpo, chegando até a cabeça, que abriga uma mente concentrada, enchendo-a de paz. Desfrute dessa sensação de poder absoluto.

  • Terceira fase: O gatilho

  • Quando você perceber que sua autoconfiança chegou a um nível elevado, é chegado o momento de criar seu gatilho emocional. Até agora seus braços ainda estavam posicionados paralelos ao corpo; neste momento, porém, você os moverá de forma a pressionar seus punhos fechados contra a sua bacia, como se quisesse formar um triângulo com os braços; esse será o seu gatilho para a autoconfiança. Agora você está exatamente na postura do super-homem, e deve estar sentindo-se como o próprio. Permaneça nesta postura por DOIS MINUTOS inteiros. Durante esse tempo, continue a reviver a cena e a desfrutar desse sentimento de poder.

  • Advertisement
  • Refaça esse exercício todos os dias, durante os próximos 3 dias. Sempre que você precisar realizar uma entrevista ou apresentação, procure por um local calmo (como um banheiro, por exemplo), e refaça esse exercício. Quando chegar sua vez de falar, pressione os punhos contra sua bacia para disparar seu gatilho de confiança. Você certamente será muito bem-sucedido.

  • Dois avisos importantes

    • PREPARE-SE: Nem toda a tecnologia do mundo pode ajudá-lo a encarar uma apresentação para a qual você não está preparado. Uma boa dica é sempre praticar suas apresentações com pessoas próximas, com quem você sinta-se confortável.

    • Existe um distúrbio conhecido como Transtorno da Ansiedade Social,__que muitas vezes é confundido com a timidez extrema. Portadores desse distúrbio precisam de auxílio médico para que os sintomas sejam amenizados.

  • Utilize esse exercício regularmente e você ficará impressionado com os resultados. Boa sorte!

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Clique abaixo para compartilhar

Pedro Santos é estudante de direito pela Universidade P. Mackenzie e Practitioner em Programação Neurolinguística.

Como superar a insegurança

Aprenda um exercício simples para tornar-se autoconfiante instantaneamente.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr