3 formas básicas para ajudar os filhos a lidarem com decepções

A coisa mais importante que você pode ensinar seu filho é autodomínio, e mesmo assim se a vida lhes trouxer decepções, há 3 formas básicas para que você entre em campo para ajudá-los. Veja quais são.

2,170 views   |   1 shares
  • A filha chega em casa chorando e se tranca no quarto. O pai vê e vai até a porta e bate, pedindo baixinho se pode entrar. A filha abre a porta e em lágrimas se lamenta por uma amiga que a magoou. O pai chega mais perto, ouve atentamente as explicações, diz que a entende, assegura-a de que a ama muito. A filha aceita o apoio e informa que no dia seguinte, ela e a amiga têm um passeio marcado, e que tudo vai ficar bem. O pai sorri e a abraça.

  • 3 coisas básicas existiram para que esse tenha sido um exemplo de sucesso

  • _1. Atenção:_ total do pai aos sentimentos da filha e à situação.

  • _2. Respeito:_ o pai considerou a dor da filha seriamente, não começou com conselhos nem julgamentos, não criticou a amiga.

  • _3. Confiança:_ ele expressou amor incondicional e ela se sentiu forte novamente e responsável.

  • Em outras palavras, ele a apoiou até que ela pudesse resolver por si mesma a situação, e ter autonomia para suportar sua própria dor e seguir adiante.

  • Essa pode ser uma cena comum. Como pais, precisamos apenas exercitar algumas habilidades valiosas que ajudarão nossos filhos a encararem a vida com mais disposição e a aprenderem que a vida tem momentos ruins e bons, e ambos são fontes de aprendizado.

  • A força do silêncio

  • Um silêncio atencioso é um voto de confiança, respeito e amor. Estar ali e ouvir demonstra que nos importamos, que os aceitamos como são e independente de como se sentem, e que eles podem se sentir seguros em desabafarem sua dor e serão respeitados por isso.

  • Muitas são as situações onde irmãos se degladiam, e dizem coisas horríveis um ao outro, e depois de minutos, estão brincando juntos novamente. Quando palavras de decepção e frustração são expressas nos ouvidos de pais amorosos, a criança sobrepuja facilmente a situação, ganha experiência e felicidade novamente.

  • Se o filho agir de maneira destrutiva

  • Se a situação é segura para todos os lados, a própria criança ou adolescente pode resolver a situação e os pais podem somente observar. A maioria dos sentimentos dos filhos giram em torno de sentirem-se sem controle, sem ninguém para ajudar ou sem força para conseguir.

  • Se a briga escala para agressão física, deve-se intervir imediatamente, mas de maneira que não se tome parte de um lado ou outro. Agressão traduz uma grande dor ou necessidade. Filhos fora de controle precisam muitas vezes de ajuda profissional, acompanhadas de compaixão, amor e compreensão.

  • Advertisement
  • Dê o exemplo de atitude

  • Uma coisa muito importante que jamais podemos esquecer é desenvolver nós mesmos uma boa atitude de calma em relação aos problemas. Podemos até tentar dar um bom exemplo, mas se não desenvolvermos essa atitude e ficarmos somente em palavras, nossos filhos verão que nossas palavras são vãs.

  • Quando nossos filhos estão desapontados com algo ou alguém, temos duas escolhas. Podemos responder com gentileza ou julgamento e controle. Algumas vezes, nós precisamos de ajuda em como lidar com nossos filhos. Mas na grande maioria das mesmas, desenvolver confiança e a habilidade de ouvir e conectar traz harmonia à vida familiar, e nos ajuda a criar filhos inteligentes emocionalmente e autossuficientes.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Clique abaixo para compartilhar

C. A. Ayres é mãe, esposa, escritora e fotógrafa, pós-graduada em Jornalismo, Psicologia/Psicanálise. Visite seu website.

Website: http://caayres.com/

3 formas básicas para ajudar os filhos a lidarem com decepções

A coisa mais importante que você pode ensinar seu filho é autodomínio, e mesmo assim se a vida lhes trouxer decepções, há 3 formas básicas para que você entre em campo para ajudá-los. Veja quais são.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr