Crise no casamento: Como lidar com a rejeição do cônjuge

É importante confirmar se a rejeição existe realmente e, caso confirmada, buscar maneiras de superar a decepção amorosa e reconstruir a vida.

29,168 views   |   70 shares
  • Somos seres sociais, almejamos amar, ser amados e temos ainda a necessidade de sermos aceitos. É intrínseco ao ser humano desejar a aprovação do outro e é por isso que a desaprovação ou a rejeição causa tanto sofrimento. No entanto, é preciso que entendamos que as pessoas pensam de forma diferente e têm desejos opostos aos nossos, portanto, nem sempre seremos prioridade para aqueles que o são para nós.

  • A luta de pessoas conscientes deve ser a de saber lidar com essas frustrações e, por mais dolorido que seja, superá-las.

  • Esclarecer

  • Nem sempre a rejeição é verdadeira, pode ser que seu cônjuge esteja vivendo um mau momento, esteja muito envolvido no trabalho ou com qualquer outra dificuldade. O melhor a fazer é conversar com ele e, sem cobranças, esclarecer seus pensamentos; questione os sentimentos dele e ouça com atenção. Caso a sua ideia seja confirmada, não se exponha ou se humilhe; o amor não acontece por pedidos ou insistência. Declarações de amor, para alguém que já deixou claro que não corresponde a esse sentimento é totalmente infundado. Não vale a pena implorar amor; busque respeitar a si mesmo, respeitando a vontade do outro.

  • Valorização pessoal

  • A rejeição costuma ser um golpe muito violento na autoestima, portanto muito cuidado em valorizar a pessoa que você é. Não deixe que isso transforme você em alguém revoltado e de mal com a vida; não se permita denegrir a própria imagem. Não é porque você não é amada como gostaria que vai deixar de se amar e amar a própria vida. Evidencie para você mesmo as suas qualidades e dê vazão aos seus bons sentimentos, mantendo-se bem consigo mesmo, embora a alma ainda sofra.

  • A volta por cima

  • É muito difícil sentir-se rejeitado pela pessoa que ama, no entanto, pior é ficar esperando que isso mude, ou seja, que por alguma razão essa pessoa volte a gostar de você novamente. Pessoas que paralisam as próprias vidas na esperança de transformar desprezo em amor, optam por ampliar seus sofrimentos. O momento é de dar a volta por cima, não para mudar a opinião dele ou das pessoas ao seu redor; isso é essencialmente para você. Assim, desvie sua atenção para outras atividades, envolva-se em algum projeto que lhe seja interessante tanto profissional, como pessoal.

  • Mudança de foco

  • Você não é menos nem mais do que ninguém por ter passado por uma decepção amorosa, pense no futuro e afaste pensamentos negativos. O importante é ultrapassar essa fase com autoconfiança e seguir adiante na certeza de que ser feliz é uma escolha íntima. Segundo Martha Medeiros: “Despedir-se de um amor é despedir-se de si mesmo. É o arremate de uma história que terminou, externamente, sem nossa concordância, mas que precisa também sair de dentro da gente”.

  • Advertisement

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Compartilhe em um segundo!

Mediadora de Conflitos, educadora com MBA em Gestão Estratégica de Pessoas, apresentadora do programa Deixa Disso com dicas de relacionamentos. Dois livros publicados: “Uma fênix em Praga” e “Mediando Conflitos no Relacionamento a Dois”.

Website: https://www.youtube.com/user/SuelyBuriasco

Crise no casamento: Como lidar com a rejeição do cônjuge

É importante confirmar se a rejeição existe realmente e, caso confirmada, buscar maneiras de superar a decepção amorosa e reconstruir a vida.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr