Sinais de que você está levando a vida muito a sério

Se você acha que precisa levar tudo muito a sério para ser uma pessoa respeitável ou um profissional competente, você precisa ler este artigo.

7,278 views   |   21 shares
  • Levar a sério as responsabilidades e assuntos importantes da vida é uma atitude admirável e necessária para que as coisas fluam adequadamente. Mas a seriedade em excesso deixa de ser algo admirável e passa a ser enfadonho tanto para a pessoa que assim age quanto para quem convive com ela.

  • Veja os sinais de que você está levando a vida demasiadamente a sério:

  • 1- Diminuição ou perda do senso de humor

  • As coisas começam a perder a graça. Todos estão rindo de algo engraçado e só você fica de cara fechada. Tal atitude é justificável quando a piada for de péssimo gosto, como as que envolvem assuntos imorais ou as que fazem apologia ao deboche ou à perseguição contra outras pessoas.

  • 2- Desvalorização de momentos de descontração

  • Você tem dificuldade para descontrair. A situação está bem crítica se você não dá mais valor para os momentos de lazer e diversão, e passa a achá-los perda de tempo.

  • 3- Tensão muscular

  • Seus músculos dos ombros, da testa e do maxilar ficam tensos, podendo até doer.

  • 4- Imediatismo

  • Você está sempre com pressa, quer resolver tudo logo. Acha que não pode se dar ao luxo de parar para respirar e descansar.

  • 5- Tempestade num copo d’àgua

  • Você vê seus problemas através de uma lente de aumento. Por isso qualquer pequeno contratempo é motivo de reclamações, irritação, cobranças e acusações exageradas. 

  • 6- Mágoa

  • Se você leva muito a sério tudo o que é dito e feito, vai certamente magoar-se à toa.

  • 7- Insatisfação

  • Nada acaba sendo bom o bastante.

  • 8- Dificuldade para delegar

  • Você tem dificuldade de delegar algumas tarefas e responsabilidades, e acaba ficando sobrecarregado.

  • 9- Dificuldade para dormir

  • Pensar demais nos assuntos pendentes pode fazê-lo perder o sono.

  • 10- Sintomas de doenças relacionadas ao estresse

  • Taquicardia, dores no estômago, ansiedade são outros sinais de que você precisa maneirar na forma como encara suas responsabilidades.

  • 11- Irritabilidade

  • O humor afetado, a dificuldade de relaxar e de dormir, a tensão muscular e o acúmulo de responsabilidades geram irritabilidade. Ela acabará afetando seu rendimento e o seu relacionamento com as outras pessoas.

  • Como você pode ver, a pessoa que leva a vida muito a sério tende a sair prejudicada e a interferir negativamente no ambiente à sua volta. Por outro lado, pessoas negligentes com suas responsabilidades, ou demasiadamente irreverentes, ou que fazem piadas em momentos inoportunos, acabam sendo rotuladas como infantis ou irresponsáveis, além de não cumprirem adequadamente seus deveres.

  • Advertisement
  • Achar o ponto de intercessão é a saída para ser uma pessoa responsável, séria e, ao mesmo tempo, bem-humorada. Charles Chaplin disse: “O humorismo alivia-nos das vicissitudes da vida, ativando o nosso senso de proporção e revelando-nos que a seriedade exagerada tende ao absurdo.”

  • Em vez de complicar a sua vida, simplifique. Ria de si mesmo e conte uma boa piada. Crie ou retome o hábito de observar as nuances da vida. Você se tornará uma pessoa mais produtiva e mais feliz.

Quer histórias inspiradoras e edificantes na sua caixa de entrada?

Compartilhe com seus amigos e familiares..

Erika Strassburger mora no Rio Grande do Sul, tem bacharelado em Administração de Empresas, escreve e traduz artigos para o site Família, é cristã SUD, pintora amadora de telas a óleo e mãe de três lindos guris, o mais velho com Síndrome de Down.

Website: http://erikastrassburger.blogspot.com.br/

Sinais de que você está levando a vida muito a sério

Se você acha que precisa levar tudo muito a sério para ser uma pessoa respeitável ou um profissional competente, você precisa ler este artigo.
Advertisement
Compartilhe conosco sua opinião
 

Agradecemos você ter se inscrito em nossa lista de e-mails. Por favor, aproveite os últimos artigos.

tumblr